Quando as crenças resistentes ficam evidentes…

11 de dezembro de 2014 por
Publicidade

fluxo Não existe momento da verdade maior do que quando se toca no tema vida. tem gente que sobrevive em vez de viver com o medo da morte. Todas as pessoas que tem essa crença resistente de que existe “morte”, de que essa transição para o não físico é ruim, ele além de se borrar de medo do que nunca existiu, ainda aterroriza as outras pessoas com seus medos ilusórios, e clamam por justiça. Geralmente eles acham injusto diversas transições para o não físico. Mesmo sabendo que estamos também usando um corpo animal, e que a única coisa que nós difere dos outros animais é justamente podermos ir bem mais a fundo nessa resistência ao fluxo, apenas alguns animais selvagens que já conviveram por muito tempo com o homem, copiam todas essas vibrações mais baixas, geralmente eles tem alegria e o medo que é seu instinto de sobrevivência, muito raro se vê um animal deprimido, e eles são sempre bem mais no fluxo.

Como os Abraham nos relembram sempre. Esse corpo é apenas um mecanismo de foco. Mas, há aqueles que se sentem como satisfação da vida e tal conexão com a Fonte de Energia, que entendem que não há separação alguma entre o que é físico e não-físico; que entendem que não há nem mesmo um lapso de consciência, que “a morte” é uma questão de fechar os olhos nesta dimensão e, literalmente, abrindo os olhos de uma na outra dimensão. E isso, na verdade, é a forma como toda a morte é, não importa como ele a olha, e até que ponto… A re-emergência em fonte de energia é sempre uma coisa deliciosa. E é sempre mais uma escolha…