Até mesmo a morte é uma escolha sua…

14 de julho de 2013 por
Publicidade

Amante 1 Nunca enfrente nada, a não ser que isso lhe traga muito mais alegria. Enfrentar uma feijoada é uma delicia. Um vento na cara andando de quadrículo na beira da praia é maravilhoso. Uma cavalgada num cavalo baio é de arrepiar. Uma onda em cima de uma plancha de surf é o máximo. Uma preliminar de sexo é uma viagem muito louca. Com duas mulheres maravilhosas ao mesmo tempo é pura doideira boa, por demais da conta…

Mais nada, absolutamente nada do que jamais me fara, eu mesmo me sentir bem, aqui e agora, eu farei. Nem mesmo a morte que é um ciclo inevitável dessa vida, se deve enfrentar. Porque mesmo uma doença antes da morte, é só mais um sintoma da sua própria resistência ao fluxo de Bem Estar. Eu fico rindo dessas loucuras, que não fazem ninguém se sentir bem, que as pessoas ainda fazem, a maioria delas pensam mesmo, que tem que ficar primeiro doente para então poder morrer.

Elas até desejam isso mesmo, já que fazem e pagam por anos e anos, os seus fajutos planos de saúde, só para enfrentar as doenças que elas acreditam que são inevitáveis. O gazado mesmo, é ver muitos delas, depois de idosos, entrarem na justiça para tentar ter o que pagaram a vida toda para esses planos idiotas. Tem até gente que compra caixão a prestação, que vai pagar enquanto estiver vivo… E o mais hilário ainda, é que elas, quando ainda mais novos, elas mesmas provocam essas doenças, procurando sempre por algo errado. Elas pensam, já que estou pagando, lá vou eu… Vê se não tem uma doencinha qualquer ai doutor! E tome exames… Coisa mais idiota isso, não?

Ela poderia ser como um gato, que escolhe simplesmente ser atropelado. Ou bater as botas de tanto fazer sexo. Ou, você poderia simplesmente deitar em sua cama, numa noite muito feliz, tão contente e sem nenhuma preocupação, apenas não querendo mais nada neste mundo físico, e só ressurgir em pura energia positiva… Qualquer um pode se jogar para fora dessa vida, da maneira que ele mesmo escolher. Veja que a maioria dos seus ídolos escolheram uma overdose…


  • Alice

    Billy, como posso ajudar uma pessoa doente?

  • http://www.vibreleve.com Eduardo Billy

    Primeiro passo é esquecer que ela está doente… Se sentindo alegre, pensando nela boa, e passando para ela a vibração de Bem Estar, fazendo ela copiar essa sua vibração de bem estar…

    Pode ser; passando o dia contando piada para ela e vc rir muito, vendo filmes de comédias com ela, pode ser cantando, fazendo-se de palhaça, jogando um jogo divertido, pode ser mostrando fotos de momentos lindos, pode ser contando uma bonita historia de viver, pode ser lendo um bom livro para ela. Enfim, pode ser tudo aquilo que faz vc e ela se sentir bem, esquecendo a doença dela, se por algum motivo qualquer, pode ser até uma visita de alguém, esse pensamento de doençaa voltar, imediatamente voltar a buscar razões para se sentir bem…

    Tinha um amigo meu de adolescente, que se quebrou todo num desastre, os médicos diziam que ele iria ficar mais de um ano de cama, eu fiz isso com ele, em menos de três meses ele já estava de pé, andando comigo pelas ruas, sua mãe ainda me é grata até hoje…

  • Alice

    Muito bom!
    Obrigada por ajudar :)