Posts com a Tag ‘voo’

EU E TUDO MAIS, O POR QUE DE TUDO EXISTIR?

- sábado, 22 de abril de 2017

céu azul Eu cheguei em Salvador depois de uma viagem maravilhosa, vindo do Recife com um céu azul, ao chegar o tempo estava totalmente nublado, meu cunhado foi me pegar, apreciei as minhas deliciosas esfirras árabes ainda no aeroporto. Ao pegar a avenida paralela, o papo de minha mulher com seu irmão é sobre como a realidade deles é. Ele relatando como difícil está arrumar emprego e sobre ter tipo contratempos com o carro por causa da chuva. Chegamos em casa logo começou a chover e eles já estavam sem agua na torneira desde quarta-feira, eu ri muito de toda a situação, almoçamos bem, minha sogra fez uma comida especial e lá fomos nós passar a tarde jogando cartas. Eu para continuar no meu mundo e na minha realidade, tentei colocar o meu ponto de vista, sobre os acontecimentos e voltar a fazer tudo ficar melhor.

Então, eu me diverti muito em conversar sobre o porquê de tudo isso estar acontecendo, a Lava Jato sempre aparecendo nas conversas, e eu tentando mostrar que para mim, tudo se resume em mais; alegria diversão e expansão do que eu quero. E eu sempre faço isso com o meu foco, ativando tudo o que quero e com a minha atenção, fazendo tudo sempre ser mais e a ficar cada vez melhor. Então, o que eu sou, quem eu sou, por que eu sou, o por que eu nasci e até o por que tudo isso existe a minha volta e também a forma como é tudo montado, é apenas para que eu me divirta ainda mais, para que eu possa ter mais alegria, para que eu possa ver tudo se desdobrar e me maravilhar com a expansão do Bem Estar bem na minha frente.

Eu sinto um desejo de sempre produzir mais e mais valor a minha volta e na minha vida. Eles até tentaram entender, mas aceitar é mais complicado. E não é minha intenção faze-los mudar de ideia. Essa é a minha diversão de me aprimorar na arte da permissão. Eles mesmos, no jogo de cartas, ainda se preocupam muito mais em ganhar, e eu em me divertir mais. E assim, sem eles perceberem, na primeira partida que era individual, eu ganhei todas as mãos e só perdi a última, que era para fechar os dois mil pontos, e mesmo assim, eu me diverti muito, e ganhei a outras partidas, fomos jantar a chuva foi embora e a agua chegou, e tudo voltou a ser pura diversão de voltar a fazer tudo ser sempre mais e; melhor, melhor e melhor… Eu adoro e aprecio muito sentir e me divertir mais, com todo esse poder e liberdade em sempre me expandir ainda mais…