Posts com a Tag ‘soluções’

Quer ser útil a si mesmo?

- quarta-feira, 23 de abril de 2014

Tesla Se você pretende ser útil a você mesmo, o seu olhar nunca é sobre o contraste, aquilo que te ensinaram nas igrejas e nas escolas a chamá-lo de problema, mas o seu olhar deve estar em cima da alegria do desejo que nasce ao encontro desse maravilhoso contraste, sentir é tudo antes de tudo. E jamais fazer o que a maioria por suas crenças limitantes, ainda fazem, os chamam de problemas e gastam suas preciosas energias, tentando fazer o impossível que é, achar a solução com seu foco jorrando energia que, só faz tudo isso crescer ainda mais, inclusive isso que você mesmo agora sabe com certeza que não quer. E isso é bem diferente, quando você está procurando uma solução, você está se sentindo positivo, sua emoção é de Bem Estar, mas quando você está olhando para apenas o contraste, tentando resolver esse seu problema, está sentindo agora emoções negativas, suas ações são muito mais resistentes ao puro fluxo de energia e informação de Bem Estar..

Thomas Edison levava anos até relaxar e parar de pensar no problema, para em alguns momentos, deixar a informação entrar, e mesmo assim, ainda tentava fazer as coisas de acordo com as suas crenças limitantes, querendo provar que não era mais aquele garoto que foi expulso da escola. colocava tudo no papel, com medo de errar, sua mente voltava a racionalizar tudo, suas melhores ideias, como a energia continua e a lampada foram logo superadas… Nikola Tesla, sentava e vinha tudo pronto em sua cabeça, tudo direto do Vácuo quântico, seja lá por qualquer individualização cooperativa que fosse, alguns dizem que eram ETs, não importa. O que importa é que ele não colocava nada no papel, que não fosse preciso naquele momento, para alguém apenas poder entender o que ele já sabia e tinha tudo guardado na sua cabeça, onde jamais o ladrãozinho do Thomas Edison poderia lhe roubar de novo, e assim, ele criou a energia alternada que nos proporcionou ter hoje, a energia que temos em nossos lares, e uma lampada melhor, criada sem testes e mais testes, pensada e patenteada em apenas uma semana, bem diferente das 2000 mil tentativas em anos do limitado e muito ovacionado pelos egos também limitados, Thomas Edison…

Tendo acesso a toda a sabedoria do Universo…

- quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Quando eu vim para esse mundo, eu escolhi ter muitos contrastes logo de cara, meus pais eram pobres, minha mãe era uma lunática testemunha de Jeová, e como eu gostava muito mais de me sentir bem, do que ser mimado, então eu já desejava muito mais que qualquer criança, e eu mesmo fui pedindo muitas respostas, e logo cedo descobri que eu tinha um estado de Buda dentro de mim, o que hoje eu chamo de meu “eu interior”. Então, eu sempre tive duas perspectivas na vida, muito diferente da maioria das pessoas.

Da perspectiva humana, a mais difundida, pelas religiões e suas escolas, muitas das vezes, eles tentaram me fazer acreditar que eu tinha que trabalhar duro para superar os meus obstáculos e satisfazer as minhas carências e até para resolver os meus menores problemas. Mas eu pude perceber que, muitas das vezes, com essa atitude e essa abordagem idiota, eu apenas trabalha muito mais, e pior, contra mim mesmo, o que ainda hoje muitos nem percebem e fazem isso como se fosse natural. E isso é de uma ignorância sem tamanho porque, a minha atenção para os obstáculos, sempre os tornava maiores e mais teimosos. A minha atenção para a escassez, não só a tornava maior, mas também, mais prolongada. E a minha atenção para um problema, apenas impedia de eu mesmo, ter qualquer resposta imediata ou até uma solução para o problema.

Eu antes, ainda fazia horas e horas de meditação, tudo por causa da antiga tradição budista, dos japoneses cabeça dura. Porem hoje, nessas ocasiões, eu apenas faço uma pequena pausa para uma meditação de apenas 15 minutinhos, dando a minha total atenção para a minha respiração e ao ritmo natural do meu corpo, transformando qualquer ativação vibracional problemática que eu já tinha posto em curso na minha vida, em completamente nula e sem efeito. E, na ausência dessas minhas resistências ao Bem Estar que, eu mesmo estava criando com minha mente física, a minha vibração natural de Bem Estar começava a subir até eu me alinhar com a vibração mais elevada das soluções que, a muito eu mesmo estava esperado.

Até mesmo muitos budistas, ainda hoje não perceberam isso. E essa é, uma verdadeira iluminação, ainda nesse corpo físico. Perceba que, é na minha meditação que, eu sempre encontrei; a ausência dos meus desejos, a ausência das minhas dúvidas, a ausência dos meus obstáculos, das doenças, carências e todos os tipos de problemas. E agora, sem tudo isso que, apenas existia na minha mente física que, eu mesmo a silenciei por alguns minutos. Agora, nesse meu contato com o meu “eu interior”, eu imediatamente passo a ter acesso, somente as soluções e a novas ideias que, eu sempre encontro em abundância que, é exatamente o que eu estava procurando.

E essa é a parte que eu mais gosto, a prova real da minha mudança vibracional que, se torna muito evidente de duas maneiras: primeiro, eu me sinto bem melhor imediatamente, eu encontro o meu profundo Bem Estar, e logo em seguida vem a prova real inconteste, no meu lado físico da vida. Uma real melhoria financeira e substancial, sempre começa a fluir para mim, a partir de uma variedade bem maior que antes e de diferentes direções.

Esse é todo o segredo para o Sucesso. Mas é apenas para quem realmente quer mudar a sua vida para; Ser, Ter e Fazer, aqui e agora, tudo o que se quer, isso ainda nessa mesma vida física, nesse maravilhoso corpo e no meu mundo de, muitas escolhas e de muitos desejos.

Eu posso ter a resposta pra tudo, tudo mesmo?

- domingo, 24 de junho de 2012

Claro que você pode sim… Para se ter todas as respostas e todas as soluções para tudo o que desejamos, aqui e agora. Apenas é preciso que, você mesmo faça uma viagem completamente emocional, de onde você mesmo está, até onde está a resposta, que está no seu próprio vórtice que, você mesmo criou nessa mesma jornada emocional. Essa viagem sempre começa saindo de um pequeno “alivio” até chegar ao maximo de sua “apreciação” do seu desejo já realizado, de dentro do seu próprio Vórtice.

Sua alegria sempre trás soluções, sua raiva apenas alimenta mais os problemas…

- terça-feira, 20 de março de 2012

Quando você vê alguém vivendo algo terrível, coisas comuns nos dias de hoje que pode ser; o sofrimento dos parentes do Wanderson que morreu atropelado pelo Thor, filho do Eike Batista, as crianças que são vitimas dos padres pedófilos que são protegidos pelo Vaticano, ou as pessoas passando fome no nordeste mesmo estando num país que é absolutamente abundante e com muito dinheiro, ou aquelas pessoas com seus filhos morando em favelas montadas com caixotes e papelão ao redor dos luxuosos prédios dos bairros nobres, ou até mesmo as pessoas que vivem sendo enganadas e extorquidas pelos religiosos sem escrúpulos, ou mesmos as pessoas humildes que vivem sendo usadas por nossos políticos corruptos que querem se manter no poder.

Em qualquer desses casos, sempre um foguete de desejo para a solução disso é atirado para fora de você.

Então, se você começar a se concentrar apenas na sua solução disso, você mesmo vai começar a se sentir melhor imediatamente. E agora, você faz parte da corrente que é parte da solução de qualquer coisa que, você mesmo encarou como um contraste, algo que você realmente não quer e imediatamente desejou o oposto.

Existem pessoas que só sabem ser contra, se sentem mal e querem por que querem, apenas botar sua raiva e sua indignação para fora, e então começam a fazer campanha pela internet, sair nas ruas de caras pintadas ou querem que se faça mais leis idiotas contra isso e aquilo, e isso só resultará em você mesmo que continua a se sentir mal, a criar mais e mais resistência ao seu próprio Bem Estar, então você não é mais parte da solução, você continua a fazer parte de tudo aquilo que mantém o problema em foco, dando a ele toda a sua energia vital para que esse problema se perpetue ainda mais.

O que cada um de nós precisa realmente fazer é; em primeiro lugar, pensar em buscar razões para voltar a se sentir bem, e depois disso, apenas focar na solução e nunca no problema em si. Não é se sentindo mal que você ira fazer alguém que está sofrendo, se sentir bem, e muito menos fazê-lo apenas focar na solução que ele tanto deseja.