Posts com a Tag ‘Ser Interior’

NÃO HÁ PROTEÇÃO ALGUMA…

- quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

daimoku As religiões, todas elas, foram criadas ou idealizadas pelo ego resistente de alguém, ao seu próprio fluxo natural de energia e informação de Puro Bem Estar, e assim, elas disseminaram essa falsa premissa protetora, de que Deus ou uma divindade estaria protegendo a pessoa que fizesse tudo certinho, que suplicasse ou fizesse algo fisicamente, para pagar de alguma forma essa proteção que nunca existiu. A prova está aí bem na nossa cara, circunstâncias ou eventos indesejados, criados pelo próprio homem, que envolvem pessoas que vinham pedindo proteção, como a própria mídia vem buscando como evidências…

O meu Ser Interior está sempre me orientando em direção ao que eu estou querendo. A minha própria felicidade. Nunca estará me protegendo de uma coisa ou de outra. Eu mesmo saí de minha cidade natal em 96, bem na época da primeira grande enchente, e também deixei de ir ver; minha mãe, meus filhos e meus amigos, exatamente no ano e no mês, do segundo desastre e até mais feio, que aconteceu em Friburgo. As pessoas dizem, eu tenho proteção. E na verdade, eu apenas sigo a orientação do meu Ser interior, eu sigo apenas a minha felicidade, até em apenas pensar em quem eu amo, primeiro eu busco a minha alegria, a minha apreciação, isso sim me leva a uma alegre jornada vibracional, que me traz tudo o que eu mais quero na vida. Ser sempre mais feliz…

E é por isso que eu adoro me juntar a tudo o que é delicioso sentir. Eu relembrei que, eu sempre crio porque sou um criador e jamais porque algo precise ser criado. O meu momento de criação é sempre alegre, jamais por necessidade. Tudo o que eu crio é porque criar é uma delícia. Até encontrar soluções para os problemas criados pelos outros é uma delícia. E eu vivo, e sempre estou perguntando ao Universo, porque até as suas respostas são deliciosas. Sempre que eu me alinho com quem eu realmente sou de verdade, tudo muda para melhor e eu sempre me sinto ainda mais feliz. Eu até sei que o meu alinhamento não é uma coisa duradoura. E não é porque a cada momento, o meu Ser interior estará eternamente me chamando para eu me sentir ainda melhor, ao manifestar, ao realizar mais um delicioso desejo…

O QUE EU ESTOU SENTINDO AGORA?

- domingo, 16 de setembro de 2018

Eu-na-praia1 Existe uma grande diferença entre eu estar alinhado com o meu Ser Interior ou só estar sendo mais um observador reagente, um ego ainda mais inconsciente. O meu Ser Interior quer que eu manifeste tudo o que eu decidir que quero experimentar agora. Meu Ser Interior gostaria que eu soubesse que eu tenho valor e a capacidade de; ser, ter ou fazer, qualquer coisa nessa vida. Meu Ser Interior gostaria que eu cumprisse todos os meus desejos e caprichos que eu pudesse identificar agora. Isso sempre me traz mais sentimentos de mais; liberdade, alegria e expansão…

Só o ego ainda resistente e limitado, quer que eu ainda manifeste, apenas aquilo que já foi decidido pelos meus pais, pelos mais velhos ou pelos outros. Só o ego resistente e inconsciente ainda quer que eu pense, que não tenho escolhas e que eu preciso sobreviver. Só o ego resistente acredita que eu preciso aprender alguma coisa nessa vida e que eu posso ser culpado de alguma coisa ou que eu ainda posso errar. Que eu justifique a minha existência com sofrimento e esforço. Só o ego resistente gostaria que eu mantivesse essa sincronia resistente pelo resto de minha vida. Além disso, só fazer tudo ser apenas mais o que já é, e isso sempre me traz mais; medo, tristeza e limitação. A escolha é sempre minha agora…

ESCOLHO O QUE ME TRÁS MAIS FELICIDADE…

- sábado, 25 de agosto de 2018

drone tripulado 2018 Jamais há escolhas conscientes e deliberadas que sejam realmente um desvio, que me levará para longe de onde estou querendo estar, tudo o que eu faço é porque eu mesmo quero muito me sentir melhor, e também porque o meu Ser Interior, está sempre me orientando para o próximo momento alegre, e o próximo e o próximo. Portanto, eu jamais devo me preocupar em fazer uma escolha errada, porque não há nada disso, eu jamais posso errar. Eu estou sempre encontrando o meu próprio equilíbrio. E isso é um processo sem fim…

EU SEMPRE TIVE BOAS IDEIAS…

- sexta-feira, 24 de agosto de 2018

ideias novas Eu me lembro que sempre quando estive realmente no meu natural fluxo de Bem Estar, mais alinhado com o meu Ser Interior, as ideias vinham facilmente e elas sempre foram muito fáceis de implementar. Foi assim com a ideia da minha primeira agência de publicidade ENC, da campanha “Sorria Manaus”, a ideia de montar minha própria editora, a ideia do meu primeiro jornal, o “CLASSITUDO”, um jornal só de classificados grátis, o primeiro do Brasil. Foi assim com a ideia do primeiro supermercado de Moda Intima do Brasil. Foi assim com a ideia da campanha “Friburgo Capital da Moda Intima”. É sempre foi muito divertido enquanto eu estive nesses muitos processos de realizações, e nem mesmo importava como tudo se desdobrava; nada podia dar errado, e nem me importava quando eu não fazia alguma dessas muitas ideias que tive, ser realizada, mas tudo era muito divertido quando eu fazia elas ganharem vida. E é verdade o que os Abraham me relembram todos os dias: O meu Ser Interior nunca sente limites. Então, qualquer coisa que se pareça com limites é sempre algo autoimposto. É uma escolha minha. Sou eu mesmo me limitando…

O MEU PRINCIPAL RELACIONAMENTO…

- quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

escandalosamente-feliz A principal causa de todas as resistências, de todos os problemas que eu criei, que eu mesmo venho realimentando todos esses anos de experiência nesse mundo físico de tempo e espaço é, eu ainda não colocar o meu relacionamento com quem eu realmente sou em primeiro lugar. O meu “eu interior”, essa minha maior parte não física, é puro Bem Estar, enquanto eu não buscar deliberadamente pensamentos que me permitam um bom relacionamento com ele, um real alinhamento, fazendo sempre disso, a minha principal escolha, sobre o que eu vou pensar agora, algo que jamais ira resistir o que a Fonte eternamente pensa de mim. A Fonte de Bem Estar me acha fantástico, ela não tem dúvida alguma do meu valor, da minha fantástica jornada emocional pela vida que ela mesma criou…

Sempre quando eu coloco qualquer outro tipo de relacionamento como prioridade, eu mesmo perco, ou abro mão da minha própria conexão com a Fonte, e assim, eu já não consigo ter mais bons relacionamentos com mais com ninguém, nem com; meus pais, meus irmãos, minha mulher, meus filhos, meus netos e parentes, meus amigos e até mesmo com os relacionamentos comerciais. Eu sei disso porque eu já tentei muitas e muitas vezes, fazer essa impossível tarefa, tentar me comportar de uma maneira com que eu estivesse agradando essas outras pessoas. Isso nunca funcionou. As vezes até parece que funciona naquele exato momento, mas isso faz com que eles agora se achem no direito de estar sempre cobrando mais isso de mim. E isso se torna um círculo vicioso sem fim…

Ontem eu mesmo fiz a minha própria retrospectiva de quem eu já me tornei. Sem eu deliberadamente escolher a melhor maneira de continuar a me alinhar com o meu eu interior, da melhor maneira possível que é, estar sempre buscando pensamentos que me retornem mais bons sentimentos, um caminho emocional, vibracional, de menor resistência possível enquanto eu escolho o que ativar com o meu foco e sobre o que eu vou dedicar a minha poderosa atenção, para que somente isso se torne sempre mais em minha própria experiência de agora. Eu até estarei atrapalhando agora, o meu relacionamento com as minhas próprias células do meu corpo. E assim, eu jamais poderei fazer o que realmente eu vim fazer aqui, que é; ser sempre mais livre, ser eternamente mais feliz e me divertir muito com a realização de tudo isso…

EU TAMBÉM NÃO POSSO DIZER NÃO A UMA PERGUNTA…

- terça-feira, 26 de dezembro de 2017

pensando Essa é uma das questões mais complicadas para o ego criativo, para o ego resistente então, é um desastre ou um desespero total. Assim como o Universo nunca poderá me dizer um não, seja para a vibração de uma única pergunta minha, ou de um desejo meu, eu também jamais posso negar nenhuma pergunta ou desejo de alguém que vibra, ou eu estarei voltando a não permitir nada do que eu ainda quero em minha própria vida. A racionalização do ego confunde muito essa questão, porque ele sempre quer, além de usar a sua lógica condicionada a sua realidade presente, ele ainda pensa que os pedidos ou as perguntas dos outros, são também feitas pelas suas falas ou gestos e nunca pela vibração deles. Então, os pais ainda dizem não a um filho feliz, ou para qualquer outra pessoa feliz, apenas por ainda condicionar a sua resposta, a ele mesmo ego, já ter a resposta ou a forma física de realizar o desejo desejado…

E isso só acontece porque a maioria das pessoas, ainda não levam o seu eu interior para todos os lugares onde ela vai. O meu ser interior é pura alegria, é pura felicidade, ele nunca diz não para mim, ele apenas não me acompanha na ausência do meu natural Bem Estar. E eu tenho que levar o meu ser interno, essa minha felicidade, para todos os lugares em que eu vá. Se eu sempre levar o meu eu não físico para a festa que é a vida, a minha vida será uma eterna festa! Se eu levar o meu ser interno, a comida que eu como, sempre será recebida perfeitamente pelas células do meu corpo. Todas as palavras que saiam da minha boca, será benéfica para todos aqueles que as ouvirem com as suas orelhas ou com as suas vibrações. Eu jamais deveria ir a algum lugar, sem o meu ser interno, sem estar feliz. Porque é isso o que é eu “Permitir”. E eu sempre tendo o meu ser interior presente, tudo o que acontece é e sempre será, perfeitamente orquestrado pela poderosa Lei da Atração…

A MINHA BUSCA PERMANENTE E DOMINANTE…

- domingo, 24 de janeiro de 2016

escandalosamente feliz É e sempre foi, eu mesmo me divertir mais e mais, o máximo que eu puder. Agradar mais a mim mesmo, me conectar mais comigo mesmo, ser mais eu mesmo, sempre me divertindo mais e amando mais a mim mesmo. Eu tomei essa decisão quando eu tinha menos de oito anos e minha família ainda era da fanática e resistente seita, Testemunha de Jeová, eu fui quase que banido dentro da minha própria casa, mais permanecia sempre feliz. Eu sai de casa aos 13 anos em Manaus, seguindo a minha própria felicidade. Depois larguei tudo; mulher, filhos, amigos, o budismo, meus negócios e tudo o que ainda amo muito, lá no interior do Rio de Janeiro e vim morar no nordeste, isso há mais de 19 anos atrás, apenas para seguir a minha própria felicidade. Então eu sou um dos poucos que pode dizer que, a minha busca permanente é e sempre foi a minha própria felicidade…

Muita gente ainda diz e acha mesmo que eu sou muito egoísta, e sou mesmo, com muito orgulho. E ainda me sinto muito em casa, ao me deparar com os Abraham me relembrando, que eu deveria ser sempre mais egoísta. E é até fácil de entender e sentir isso. Se eu mesmo sou, o suficiente egoísta para chegar sempre mais à essa conexão maravilhosa com o meu próprio ser interior, com o meu próprio Bem Estar, só assim, eu tenho algo valioso para dar a qualquer pessoa, principalmente para as que eu mais amo. Fora disso eu não teria nada para dar. O que tem uma pessoa infeliz para dar a não ser a sua própria infelicidade e declínio como exemplo? Eu já tive; parentes, amigos e pessoas próximas assim, vivenciei isso muitas vezes na pele. E sempre que eu sou bem mais egoísta, o suficiente para me manter e permanecer bem mais conectado com que eu realmente sou, pura alegria, puro Bem Estar, agora. Então, nesse ponto eu tenho o melhor presente que eu posso dar a tudo e a todos, a minha energia e informação do mais puro Bem Estar, já sentido, aqui e agora.

O desejo e o meu “Eu Interior”…

- quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Eu não ligo quando as pessoas dizem que o meu “Eu Interior” é, o que eles chamam de Deus, de Buda ou seja lá qual divindade que alguém criou. Cada um acredita no que quer. A diferença gritante está na forma das pessoas encararem a verdade da vida. Jamais o meu “Ser Interior” estará me protegendo de alguma coisa, ou de alguém ou de um evento. O meu “Ser Interior” está sempre me guiando em direção ao que eu mesmo estou querendo. Nunca é me protegendo do mal, de alguém ou de outra coisa qualquer.

Primeiro porque o mal não existe. Assim como também não existem problemas. O que existe é um único fluxo de energia do Bem Estar. O que as pessoas definiram como mal é a sua própria resistência ao fluxo, os diferentes sentimentos ruins são apenas nuances dessa mesma resistência ao Bem Estar. E o que as pessoas acreditam ser problemas, são apenas contrastes, que sempre podem fazer nascer nelas mesmas mais desejos que, se lançados ao Universo, sempre serão atendidos. Eles já existem no vórtice criativo.

Agora! Se você vai experimentá-lo ainda nessa existência momentânea da vida física… Só se você deixar o seu “Ser Interior” lhe guiar. E é fácil saber se você o está seguindo, porque é quando você sente um grande entusiasmo, quando você está muito feliz, é quando você consegue apreciar as coisas a sua volta, mesmo que esteja acontecendo algo desagradavel ao seu lado. Porque nesse momento ele já lhe puxou para dentro do seu próprio vórtice, e agora tudo o que você tem que fazer é ser mais geral em tudo. Apenas diga; O Sol está lindo hoje. Eu estou feliz por estar respirando esse ar maravilhoso. Tudo está bem no meu mundo. Quanto mais geral, menos resistência você mesmo cria em olhar para cada desejo seu, e começar a fazer as suas cagadas de sempre que é, querer saber; como, onde e quando esses desejos se realizarão fisicamente. O que não é da sua parte e nem mesmo o seu cérebro tem essa capacidade de saber, ele jamais foi feito para isso. Tudo que os maiores cientistas fizeram ou fazem até hoje é, apenas descrever como isso ou algo foi criado pelo pensamento de alguém, ou pela consciência infinita, nada mais.

Meditar por 15 minutos em 30 dias diretos… Porque?

- segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Meditação, é uma coisa gostosa de se fazer, mas o importante é saber que, essa meditação que fazemos para termos mais contato com o nosso “eu interior”, essa nossa energia de Bem Estar. Alguns a chamam de estado de Buda, outros de Espírito Santo ou Deus, isso não importa muito. O importante mesmo é entender que, ao fazemos os 15 minutos diários, e até esse tempo realmente não importa, fazemos isso para simplesmente tentarmos conseguir passar, dentro desses 15 minutos apenas um nanosegundo com a mente totalmente limpa, sem nenhum pensamento da mente desse corpo físico, cujo subconsciênte tem muito, mas muito lixo mesmo acumulado, que nós mesmos fomos coletando ao longo de nossa vida, seja nas escolas, com as religiões e até pela televisão que é a pior de todas, está toda hora e todos os dias na sua sala, as vezes até no quarto de dormir, e com isso criamos muitas crenças limitantes e o pior, até muitas delas dominantes.

A mesma coisa é com os exercícios, que nos é apresentado para realizarmos nossos desejos, como; Não seria bom se… Ou a caixa de desejos. O quadro de visão. Não importa qual o exercício, o importante é saber que devemos fazer 30 dias diretos sem interrupção, e também no máximo 15 minutos, para quem sabe em um segundo você mesmo sentir uma paixão avassaladora, como um orgasmo gostoso, e é esse segundinho que muda toda a nossa vida. Porque tudo é no agora, sua vida vai mudar é no seu agora e nunca daqui a um mês ou um ano, tudo acontece no seu agora.

A vida é injusta? Existe realmente injustiça?

- sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

As pessoas sempre perguntam; se a Fonte, Ser Interior, Tudo o que é ou como a maioria chama Deus, tem todas as respostas, e se todos nos somos ligados a essa fonte infinita de conhecimento, porque todos nós não recebem as mesmas respostas e as mesmas coisas?

Talvez nem seja preciso consultar isso a fonte, para se ter uma resposta clara, porque tudo é muito obvio, está na nossa cara que, nem todo mundo está fazendo as mesmas perguntas, nem todo mundo quer as mesmas coisas e ainda tem um ponto muito fundamental, nem todo mundo está no mesmo ponto de entendimento. O modo de cada um perceber e conceber é extremamente diferente.

Isso é muito sutil, uma criança só quer saber de experimentar as coisas a sua volta, os seus desejos são limitados a sua área de copiar vibrações a sua volta, e elas mudam de desejos a cada fase de crescimento, e também de acordo com as crenças implantadas nessas mesmas crianças, cada uma delas vai ter desejos diferentes, os filhos de um fundamentalista islâmico terá o desejo de ter uma arma e morrer pela causa e ganhar muitas virgens, os filhos dos cristãos já vão desejar ir pro céu e o do espírita renascer como uma pessoa melhor e por ai vai…

E tem mais, as pessoas que nasceram na miséria, a maioria já se acostumou, já se habituou a viver nela, e o pior, também desejam muito pouco, o mal estar para eles é normal e o Bem Estar apenas um sonho, os que conseguem sair desse tipo de mentalidade, já desejam um pouco mais, já os filhos dos ricos, estes nem sabem que a pobreza existe, para eles isso é apenas mais uma historia triste de Hollyood, e estes desejam tudo o que a vida já se tornou.

E como todos nós somos eternos, estamos todos sobre a mesma regência da eternidade, isto significa que, existe ai uma certa diferença de desejos, seja pela idade, sexo, localização de habitat no nosso planeta ou até mesmo de filosofia .

E é das nossas diferenças, que os desejos de todos os tipos nascem e vem para fora, e como todos esses novos desejos, cada um deles, mesmo em sua diferença, é importante, o Universo, Fonte, Tudo o que é, Deus… Responde a cada um deles, sem distinção, não pela sua suplica, prece ou gestos, mas, pelo que cada um vibra em sua própria experiência.

Portanto não existe injustiça, cada um recebe exatamente aquilo que dá pra vida, em forma de vibração. Então, você e eu só precisamos procurar razões para nos sentir bem, e vibrar o Bem Estar que assim será.