Posts com a Tag ‘Ser físico’

EU SOU PURA VIBRAÇÃO…

- domingo, 25 de junho de 2017

minha-vida Sempre ao me abstrair um pouco mais dessa realidade já manifestada, já estando bem mais consciente de quem eu realmente sou… O ser vibracional responsável por toda a realidade que está se manifestando agora, procurando dar muito mais ênfase ao meu lado vibracional do que na realidade física já manifestada, eu mesmo consigo recuperar grande parte do controle do que vai se manifestar. Porque tudo o que eu vejo no físico, é apenas a consequência da energia que se traduz em vibrações. E essa energia que eu sou é eterna. E a minha essência é totalmente vibracional.

A minha base vibracional é também a base do meu ser físico. E essa fonte vibracional que o meu ser é, também é o meu futuro eu. Eu sou um ser em eterna expansão. E mesmo ainda estando nesse corpo físico, eu continuo contribuindo com a minha parte não física a se manifestar, aqui e agora. Mas, jamais eu sou só esse ser físico. O meu ser físico é muito importante para mim, ele é a minha parte que está na vanguarda para criações fantásticas, na linha de ponta do pensamento, que surgiu com o propósito de focar na diversidade dessa realidade de tempo e espaço, apenas para ativa-la, para que eu, enquanto ainda nessa forma física, pudesse sempre conseguir chegar a novas respostas relativas ao que é, ou que há de melhor para mim, aqui e agora…

Desmistificando a imagem de Deus, e principalmente deletando os intermediarios…

- segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Deus é a fonte de energia do Bem Estar, a fonte de tudo o que existe, e que tem um só fluxo, um único fluxo, o do Bem Estar, tudo o que você considera mal é, apenas a sua própria resistência a esse mesmo fluxo.

Deus desejou você, e nunca deixou de estar com você, e nesse desejo, deixou inerente a esse ser físico, o seu próprio desejo maior de; liberdade, felicidade e expansão, você mesmo pôde sentir que, desde que você nasceu nesse mundo de; tempo, espaço e distância que, não só você, mas todos nós procuramos desesperadamente por esses três desejos, em todos os lugares e em todas as coisas.

Ele criou um meio perfeito de comunicação entre nós, e respeitando sua própria criação, sem tirar um milímetro sequer da nossa própria liberdade como seres físicos, nós deixou o direito de criar quantos mundos quiséssemos, então implantou em nós o nosso GPS emocional, com uma escala emocional relacionada com o tempo, espaço e a distância desse mundo novo, que nos diria exatamente que; se estávamos deixando o fluxo fluir por nós, se estávamos indo com o fluxo e também se permitiríamos que esse próprio fluxo retornasse pra nós.

Se o fluxo estivesse fluindo por nós, e nós seguindo o fluxo e apreciando receber o retorno, tudo seria sempre muito divertido, seriamos sempre alegres, permissivos e principalmente expansivos.

Cada vez que nós resistíssemos ao fluxo, sentiríamos a principio um pequeno desconforto, se criássemos mais resistências, sentiríamos algumas dores pelo corpo, se persistíssemos, criaríamos as doenças em nós mesmos e se mesmo assim, nós nos mantivéssemos ainda resistentes ao fluxo, então, criaríamos doenças mais graves ou bateríamos as botas.

E mesmo assim, apenas retornaríamos bem mais cedo e muito mais rápido ao próprio fluxo do Bem Estar, porque nós teríamos cumprido nossa missão de experimentar esse mundo de muitas maneiras, de todas as possibilidades que pudéssemos criar, e como somos parte da energia maior, seriamos eternamente um feixe da energia do fluxo do Bem Estar em eterna expansão.

Então nesse desejo de enviar seus próprios feixes de energia, a experimentar um mundo de tempo e espaço, para que nós feixes dessa mesma energia, nunca, jamais deixássemos de desejar, de viver em liberdade, felicidade e expansão, esse mundo teria de ser repleto de contrastes, e que esses mesmos contrastes provocariam sempre em nós, muito mais desejos, a iniciar pelo desejo ao oposto ao que esse contraste representaria para nós, naquele exato momento.

Continuaríamos sempre com a nossa liberdade intacta, poderíamos por um lado, continuar alinhado ao fluxo do Bem Estar, deixando-o fluir por nós e permitindo o seu retorno em forma de desejos realizados, e que para isso, bastaria apenas que, continuássemos focados na alegria do desejo realizado, ou pelo outro lado, criando cada vez mais resistências, permanecendo focado na falta desse desejo, no próprio contraste que o criou, criando com essas resistências, uma oscilação na escala emocional, na qual, poderíamos saber exatamente onde estávamos em relação a esse desejo.

Saberíamos também desde o inicio de nossa excursão como seres físicos que, somos seres que vibram, porque o próprio desejo é uma vibração, e copiaríamos esses desejos vibrações antes mesmo de começar a falar e andar, e assim copiando vibrações dos nossos pais e das pessoas a nossa volta, nós saberíamos exatamente e com toda a certeza que, para desejar não seria preciso nem falar e muito menos suplicar, e sim, apenas deliberadamente sentir, vibrar.

Então, pra você basta vibrar, o que a vida com toda certeza, pode lhe dar. Apenas cumpra sua missão, e divirta-se muito que, em breve iremos nos reencontrar para continuarmos eternamente a brincar.