Posts com a Tag ‘sentidos’

O MEU ACORDO VIBRACIONAL…

- domingo, 18 de novembro de 2018

foco e atenção O que é um acordo vibracional, esse meu compromisso vibracional? É a escolha que eu mesmo faço sobre a sincronicidade que eu mesmo vou dar, ao meu foco, a minha atenção e ao meu sentimento de agora. E isso funciona assim: Eu escolho o que focar, não importa o que seja, se isso já me traz mais Bem Estar, eu ativo isso despejando mais energia e informação que passa por mim, por míseros 18 segundos em cima disso, ou seja, eu mesmo permito o fluxo de Bem Estar passar por mim e ir preencher o objeto de atenção e vir de volta a Fonte, cooperando com a expansão de todo o Universo com mais essa energia e informação eternamente expandida na Fonte de Bem Estar…

Agora! Se eu foco e sinto ausência de Bem Estar, eu não ativo nada. Mas, em ambos os casos eu levo apenas 69 segundos de; atenção não dividida, de pensamentos e de sentimentos, sincronizados, para fazer isso ser sempre mais. Eu sou um interprete vibracional de tudo. Eu interpreto o “Bem Estar” ou a sua “ausência” em algo ou alguém; ao ver, ao ouvir, ao saborear, ao pegar, ao cheirar, até mesmo quando estou só observando, ou imaginando e até simplesmente apreciando. Os pensamentos que eu acho que serão queridos ou não, eventualmente se tornam manifestações se o meu acordo vibracional for suficiente… E assim, eu poderia dizer, que ao lançar pensamentos de apreciação sobre essas coisas que me fazem sentir bem, que sou eu, preenchendo o compromisso vibracional, cheio de todos os tipos de coisas, que vão me agradar quando eu mesmo chegar lá…

UMA EXTENSÃO DA FONTE DE BEM ESTAR…

- sexta-feira, 8 de maio de 2015

café-da-manhã-em-familia Eu sou uma extensão da Fonte em eterna expansão… Sou um ser vibracional, eu vibro e sinto de volta pelos meus cinco sentidos a vibração de tudo aquilo que pensei, para assim formar uma imagem perfeita da minha criação. Eu penso que sinto o cheiro, mas eu sinto a vibração em forma de odor, todos os meus cinco sentidos são receptores de vibrações, tudo nesse mundo é emocional. Eu mesmo comecei a resistir a tudo isso ainda criança, cada esforço sem alegria, por menor que seja, já é um início de uma resistência minha ao meu natural fluxo de Bem Estar.

Onde há lazer, onde há diversão nunca existirá esforço, toda a ação física é uma ação inspirada por uma emoção. E como tudo é uma viagem completamente emocional, eu preciso sentir alegria em toda a minha aventura, do desejar até realizar por completo o meu desejo, seja ele qual for. E eu percebi isso vendo o lado da falta nos contrastes que eu venho encontrando pela vida. Pessoas que não sente prazer e nem mesmo o sabor ao se alimentar, seja a hora que for, elas estão comendo e se sentindo mal ao mesmo tempo, sempre vendo as aventuras mal sucedidas de outras pessoas, que elas nunca tiveram o menor contato, é lá no outro lado do mundo.

São pessoas que não apreciam mais a beleza de uma criança brincando, porque tem que se esforçar em trabalhar, muitas das vezes sem alegria alguma, tudo para quem sabe lá na frente, sentir o que já poderia estar sentindo agora. São pessoas que já não percebem a beleza do Bem Estar no som que elas ouvem, nas coisas que elas mesmas pegam no seu dia a dia, e até naquilo que elas falam, por que agora elas estão bem mais viciadas, em falar e focar, apenas na realidade que elas mesmas vivem e que nunca quiseram viver.