Posts com a Tag ‘replicar’

POR QUE EU APENAS APRECIO MAIS?

- sexta-feira, 21 de julho de 2017

drone-tripulado Tudo o que é hoje não poderia ser se não fosse o que era antes. Eu já fui religioso, e como todo mundo também fui doutrinado a mais essa falsa premissa da gratidão, isso fazia com que eu ainda continuasse a acreditar que, não sou eu quem crio tudo na minha vida. Então, se eu sentia que alguma coisa muito ruim acontecia, e saia logo, sempre procurando uma razão ou um motivo para isso acontecer fora de mim, ou um culpado qualquer, e do mesmo jeito, se alguma coisa boa acontecia eu procurava a quem agradecer, pessoa ou divindade. E assim eu nunca era consciente de que era eu mesmo quem tinha escolhido, focar e dar a minha poderosa atenção, para que isso viesse a acontecer e ser sempre mais em minha vida…

Vivemos em um mundo Quântico. “Os átomos, tem sempre que se comportar assim como eu observo”. E cada pessoa é um observador. Apenas a maioria ainda está observando o que poucos já observaram antes, o que eles ainda dizem que esse é o único jeito certo de se observar. E isso é física Quântica. E eu realmente aceitando o mundo Quântico, regido pela Lei da Atração, onde semelhante atrai semelhantes, sempre vou ter a clareza de que fui eu, com a minha vibração que atrai aquilo, e se eu gostei, eu posso replicar essa mesma vibração para outras coisas que eu ainda quero, assim como também posso evitar coisas indesejadas, ao ficar por menos momentos em algumas vibrações de falta, apenas procurando um alivio, para não mais atrair essas coisas indesejadas. E só assim, foi que eu pude entender que tudo é um só processo, eu jamais preciso fazer coisas diferentes para atrair coisas diferentes, tudo é uma viagem ou uma jornada totalmente emocional…

A PALAVRA É… DIVERSÃO…

- sábado, 13 de maio de 2017

apreciando O ego resistente é muito racional, está sempre complicando tudo, ele quer palavras sagradas, quer mais rituais complicados, exercícios difíceis e com muita força de vontade, ele adora esforço, os remédios para todos os seus muitos males, tem de ter uma bula enorme. E tudo se resolve apenas com mais; diversão, alegria, felicidade e apreciação. Esse é o único remédio que cura tudo. “Bem Estar”.

E eu descrevo três modos simples de se entrar no seu natural Bem Estar, e o cara diz que não pode ser assim tão simples. Ou seja ele ainda não aceita que só o Bem Estar existe. Eu escrevo sobre replicar emoções ou vibrações, que é apenas mais uma diversão gostosa de se fazer em qualquer lugar, é só eu voltar a me lembrar da sensação que eu tive e adorei fazendo determinada coisa, que eu volto a sentir essa mesma sensação agora, isso é replicar.

Mas, as pessoas não aceitam essa simplicidade, por ainda não acreditar que tudo só pode ser mais, que não existe uma só possibilidade de se excluir algo. Então, todos os pensamentos já pensados, todas as sensações já sentidas estão na Fonte, eu só preciso desejar sentir de novo que o meu eu interior que nunca se deligou da Fonte, acessa e me coloca na hora, onde eu quero estar, em qualquer vibração que eu já vibrei em um momento atrás…

EU ADORO REPLICAR A VIBRAÇÕES…

- sexta-feira, 12 de maio de 2017

comemorando Tudo aquilo que alguém ainda acredita que ela tem que; repetir, repetir e repetir, para poder voltar a sentir uma vibração, essa que ela realmente gostou muito de sentir naquele momento, isso é apenas mais um vício. Não é só as drogas que viciam as pessoas, tudo aquilo que a pessoa precisa voltar a fazer mais e mais vezes, para ela mesma poder voltar a se sentir bem é um vício, assim como tudo aquilo que se pensa, ou a ideia de que jamais se poderá chegar lá, onde se quer chegar, sem isso. Existem pessoas que são viciados em estarem nas suas igrejas para se sentirem bem, e outras se viciam em barzinhos ou em points da moda, tudo o que se faz para tentar sentir prazer depois de fazer, é viciante.

E na verdade, a maioria nem percebe que elas apenas poderiam replicar mais essa sensação gostosa, sem precisar estar viciada, em estar fazendo sempre as mesmas coisas, em todos os momentos, todos os dias ou três vezes na semana. Muita gente me pergunta, porque você está sempre em lugares diferentes, inclusive nas praias, nunca te vejo sempre na mesma barraca. A minha resposta é que eu adoro ser livre, tem dias que eu tomo cerveja, e nunca tomo a mesma cerveja, no outro dia só agua de coco, em outro com Whisky, no outro tomo um vinho, em alguns cachaça e em outros só agua mineral. Eu não frequento nem os mesmos restaurantes, adoro conhecer gente nova, novas ideias. E na hora que eu quero sentir qualquer sensação que eu já senti, eu posso apenas replica-la sem precisar daquilo ou daquele lugar. Eu mesmo já fiquei de porre sem tomar nenhuma gota de álcool… Numa apresentação da Barca do Sol com o Egberto Gismonti na Concha Acústica da Urca, minha namorada na época, fumava um baseado com os amigos, e um deles me ofereceu um tapa, e a Taninha disse a eles, esse ai não precisa disso, ele fica doidão sozinho…

REPLICANDO VIBRAÇÕES… (Abraham)

- terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Esther Hicks O primeiro passo é eu mesmo reconhecer como é que esse pensamento me fez sentir… Eu dei a minha intenção de algo acontecer e isso realmente aconteceu. E perceber isso é muito importante. Para que eu mesmo possa replicar aquela relação com o pensamento. Quero me sentir desse mesmo jeito em relação com aquilo, com isso também… É ai que se encontra a oportunidade, de eu mesmo conseguir o que eu quiser, sobre qualquer coisa. Quanto mais eu conseguir reconhecer coisas como essa, mais eu estarei em um lugar vibracional em que poderei ver isso já acontecendo, como se fosse um filme. E é isso que é a manifestação. Eu preciso reconhecer que tudo é sempre a mesma coisa. “As coisas que eu quero e que estão acontecendo, são todas elas manifestações exatamente iguais, as que eu ainda quero e ainda não estão acontecendo”. Que é exatamente o mesmo processo, eu só oscilo um pouco menos nas que estão dando certo, do que nas que não estão. “E onde eu oscilo mais” e quero me pegar no ato de oscilar. Que é quando estou introduzindo frases que me mantém nessa oscilação.

Eu jamais tenho que ficar preocupado em eliminar essas frases, eu apenas tenho que enfatizar mais as que eu quero, que são as que já me fazem sentir bem. Jamais é uma questão de parar as coisas. Porque quando eu digo que não vou pensar naquele pensamento, esse é exatamente o pensamento que eu pensei mais agora, de novo. E o que eu quero é trocar esse pensamento por um outro pensamento. Porque quando eu encontro com um pensamento de algo que eu já acredito, de algo que eu me importo, e já acredito mesmo, e ainda me foco nisso, de uma forma sem resistência, o que eu pratico é… “A VIBRAÇÃO” e não o pensamento. Porque quando eu encontro um pensamento, uma crença, alguma coisa, um assunto, pelo qual eu tenho um desejo e no qual eu já acredito… Algo como; Eu quis estar na cadeira, e falar com Abraham, e eu sabia que essa seria a minha experiência. Eu sabia disso… Eu pude sentir isso… Eu pude sentir a ausência da oscilação… Havia uma certeza, uma clareza sobre isso, eu pude sentir, eu pude sentir o alinhamento disso, pude sentir que havia um momentum suficiente ocorrendo, que era provável que seria uma experiência que eu poderia; ver, ouvir, cheirar, tocar e sentir, não somente para mim, mas para todos, gravado em fita. Eu pude sentir, isso é o quanto eu pude sentir aquilo.

Então, ao eu focar nessa coisa, nessa experiência que eu sabia, que senti, que vivi, que sou eu, aqui e agora. Eu mesmo pratiquei o sentimento daquela vibração, pratiquei a vibração daquilo, não o pensamento, foi a vibração… Aquela vibração de saber… Então o que sei além do assunto estar na cadeira? Eu sei que eu crio a minha própria realidade… Eu sei que sou um criador deliberado… Eu sei que posso me focar e ativar coisas… Eu sei que pensamentos se tornam coisas… Eu sei que a energia da Fonte está ciente de mim… Eu sei que eu tenho um ser interior… Eu sei que eu tenho um vórtice… E junto com todo esse saber que estou praticando, como acabei de fazer, sobre o que sei… Eu estou praticando, estou mantendo, estou praticando a frequência vibracional que permite os mesmos resultados, em relação a todos os assuntos que já estiveram em minha experiência. A menos que eu volte a ter um pensamento contraditório, um pensamento com grande momentum em oposição a isso, o qual eu já posso resolver facilmente, apenas voltando a praticar mais os pensamentos daquilo que já sei. E isso já está muito bem claro para mim.

Porque se eu pensar sobre as coisas que eu quero e que já estão funcionando, aquelas coisas que eu ainda quero e que não estão, vão agora começar a funcionar. Se eu pensar sobre as coisas que eu quero e que já me fazem sentir bem agora, as coisas que eu quero e ainda não me fazem, começarão a me fazer sentir cada vez melhor. Isso sim é alcançar um ambiente vibracional que é condutivo a permissão das vibrações que já se combinaram para fluir em minha experiência realizada. E assim é como a criação acontece. Como a evolução funciona. Como a expansão funciona. Como eu mesmo posso conseguir tudo o que quero. Tudo o que eu desejar. E é também, como tudo aquilo que eu ainda quero, encontra o caminho até a minha experiência. Eu apenas foco naquilo que está funcionando, e aproveito o sentimento disso, simplesmente! Ah! Eu sabia daquilo, eu lembro daquilo, daquele sentimento, eu adoro aquele sentimento, aquele sentimento de saber, de alinhamento… Eu sabia, eu simplesmente sabia… Eu sabia, eu sabia e sabia mesmo…

E assim eu vou avançando mais… Eu sabia que eu seria incrivelmente rico, eu sabia disso… Nem sempre eu soube, mais ai eu soube que estaria na cadeira, foi quando comecei… Eu sabia que estaria na cadeira, e então eu estava lá sentado, recebendo as respostas dos Abraham. Então, eu soube o que não sabia antes, sobre a manifestação. Eu sabia disso, de forma vibracional. Eu não precisei ver evidência disso para saber. Isso é magnifico! Eu já não preciso mais ver evidências para saber, por causa da minha evidência vibracional que eu sinto. E quando eu já não preciso mais das evidências que eu ainda não tenho, que elas estejam lá… Para eu chegar aonde eu quero chegar… Então, só agora eu já posso chegar a qualquer lugar, que eu ainda vier a desejar estar lá… Porque quando eu já não preciso mais que a evidência já esteja lá… Quando eu não preciso mais da evidência para apoiar no meu desejo, eu já tenho a evidência vibracional que serve para tudo. E ai é só replicar, só relembrar o sentimento que já senti.

REPLICANDO OU CRIANDO UMA ANCORAGEM…

- terça-feira, 7 de junho de 2016

ancoragem Eu adoro ser feliz e bem mais livre, e nada melhor do que se ter ferramentas, que nos leve a um lugar especifico no momento que mais precisamos estar lá, não importando as circunstâncias. Tudo na realidade, só se passa na nossa cabeça, na nossa imaginação, e portando é maravilhoso saber replicar ou usar ancoragens de momentos felizes, bem no meio de circunstâncias ou momentos indesejadas. E essa arte de replicar ou usar ancoragens, é uma coisa muito simples e gostosa de se fazer, que é apertar num mesmo local especifico no meu corpo, todas as vezes que eu estiver escandalosamente feliz, porque isso não é só guardar momentos de muita sensação de felicidade, ou de apreciação, para trazer de voltar em minha mente, aquela visualização que me traga também todo aquele sentimento gostoso, bem no meio de um momento indesejado, de uma circunstância desagradável. Isso também serve muito bem, para se voltar mais rapidamente ao natural fluxo de Bem Estar, assim como também serve para nos transportar, para um ponto de atração mais positiva, de tudo aquilo que ainda queremos, que já criamos, mas que ainda estão esperando esses momentos mágicos, para nos chamar para o nosso próprio vórtice criativo, fazendo essas interpretações vibracionais, agora fazerem parte da nossa realidade física.

REPLICANDO VIBRAÇÕES DE CRENÇAS DOMINANTES…

- quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

I Essa é talvez a minha maior crença dominante, de que: “Eu só tenho aquilo que eu acredito”. “Eu jamais terei algo que eu não acredito”. E eu realmente quero me sentir daquele mesmo jeito, daquele jeitinho que eu senti quando percebi que isso era verdadeiro, eu acreditei tanto que eu até podia sentir; o cheiro, o sabor, a aparência, o barulho e até o sentimento de toca-lo mentalmente. E eu quero sentir mais isso com aquilo, e aquilo também, e com mais isso, e isso e mais isso… Isso sim é replicar mais… Essa é a minha maior e mais fácil oportunidade de eu mesmo conseguir tudo o que eu quiser, sobre qualquer coisa… E isso funciona igualzinho pata tudo e qualquer coisa, e tudo é TUDO…

Como os Abraham me relembram, eu só oscilo vibracionalmente um pouco menos, nas coisas que já estão dando certo na minha vida, e oscilo bem mais e com frequência, nas coisas que não estão dando certo para mim. E eu quero ser mais consciente e mais deliberado do ato de me pegar oscilando. Porque como eu sei que jamais poderei excluir um só pensamento, eu só preciso dar mais enfase, enfatizar mais, os pensamentos que eu menos oscile agora, e que já me façam me sentir melhor. E fazendo isso, o que eu estou praticando é a minha vibração e nunca os meus pensamentos. Porque quando eu mesmo sei, que eu já senti, que eu já vivi ou vivenciei, isso que eu já sou agora, eu pratiquei o sentimento daquela vibração, eu pratiquei mesmo a vibração daquilo, agora.

Então, o que mais eu já sei, além desse assunto que eu acredito que eu já sei? Eu sei que eu entrei em uma realidade que já existia. Eu sei que posso criar em qualquer realidade que eu estiver. Eu sei que eu sou um criador deliberado. Eu sei que tenho infinitas escolhas. Eu sei que a vida é um Big Hiper Selfe Service. Eu sei que tudo é um contraste e que tem dois lados, o lado do Bem Estar e o lado da falta do mesmo. Eu sei que todo desejo; pensamento, pessoas, coisas e eventos, são contrastes que me fazem sempre desejar mais. Eu sei que eu posso focar apenas no que quero. Eu sei que circunstâncias nunca importam, o que importa é eu me sentir bem. Eu sei que pensamentos se tornam coisas. Eu sei que a energia da Fonte está ciente de mim. Eu sei que eu tenho um ser interior além do ego. Eu sei que eu tenho um poderoso vórtice criativo. E junto com todo esse saber que eu estive praticando, pensando e escrevendo sobre o que eu sei de verdade, eu mesmo estive praticando e mantendo está mesma frequência vibracional que me permite os mesmos resultados, em relação a todos os assuntos que já estiveram em minha própria experiência. E se eu jamais voltar a deixar passar, de míseros 69 segundos, aqueles pensamentos resistentes, que eu mesmo poderia parar de pensar ao procurar um alivio imediato, e assim, voltar a resolver tudo, apenas pensando mais deliberadamente e consciente em tudo aquilo que eu já sei, que eu confio, que eu acredito, que já se transformou em uma das minhas crenças dominantes, eu posso tudo… Porque eu olhando para minha vida, eu mesmo pude perceber que, eu só tenho aquilo que eu mesmo acreditei e jamais pude ter algo que eu jamais acreditei.