Posts com a Tag ‘Reatores de plasma’

ESSE MUNDO ESTÁ BATENDO AS BOTAS…

- segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

drone tripulado Assim como eu sei que bater as botas nessa vida física é apenas uma troca de perspectiva dessa extensão da Fonte que sou e que é eterna. Durante todas essas minhas muitas jornadas emocionais que eu já tive literalmente, o eu ego físico, também já fiz inúmeras trocas de perspectivas de vida, o que também se poderia chamar de bater as botas para esses mundos. E eu adoro estar sempre na linha de ponta do pensamento, ou seja, eu estou sempre bem na frente dessa grande massa que ainda vive pensamentos de pessoas que já viveram há muitos séculos atrás e que não tem mais nada a ver com toda essa vida atual, que nunca para de ser; abundante, prospera e de se expandir eternamente…

Eu já vivo e me vejo em uma realidade de carros movidos a reatores de plasma e autônomos, e até mesmo de drones tripulados que, com esses reatores de plasma, nem combustível e nem mesmo de bateria precisarão ter. Isso sim é pura liberdade que já traz mais felicidade expandida. Eu já me vejo morando em lugares fantásticos, podendo chegar e sair em um drone, até mesmo visitando alguém nas cidades, onde eu poderei parar meu drone já na sala de quem eu fui visitar, seja no 36º ou 99º andar, onde nem mesmo elevador será mais preciso. Eu já me vejo num mundo muito mais livre de todas essas crenças limitadas e resistentes de todos esses egos ainda não alinhados com a Fonte de energia/informação de puro Bem Estar. O meu mundo já é outro há muito tempo, se alguém ainda não o vê, é porque ele mesmo ainda não mudou de perspectivas…

Qual o propósito da vida? Desejar estar lá? A diversão já começou…

- sexta-feira, 19 de abril de 2013

A nossa atual sociedade é fruto de muitos desejos de todos os nossos antecessores, onde a consciência de quem nós realmente somos, ainda era muito suprimida pelo medo e a insegurança que imperava no homem primitivo e até mesmo na sociedade medieval, onde as grandes guerras eram bem mais frequentes. E eles achavam que esse era o propósito de se viver. Hoje ainda temos nossas guerras, não mais por territórios, mas por interesses económicos e energéticos.

Então, nasceram nossas religiões guerreiras e suas muitas escolas do fazer, fomos orientados desde pequenos que, devemos pagar um preço, a fim de se ter alguma coisas ou chegar em algum lugar na vida e, nesse processo, que agora eles estão tentando nos obrigar a fazer com que nossos filhos, a partir dos 4 aninhos, continuem a acreditar que, chegar lá deve ser muito importante, mesmo nossos filhos vendo que, com toda essa velocidade que a informação que chega agora, os fazem, toda essa geração dos anos 60 e 70, ainda muito mais ignorantes que, a própria sociedade medieval.

Por mais que as coisas estejam mudando com rapidez com a Internet, com a velocidade em que a informação chega, eles não enxergam e nem querem ver, talvez nem consigam entender direito, querem levar pra Internet o mundo velho, portanto, eles continuam querendo fazer com que acreditemos que esse deve ser o seu propósito. Estudar pra se chegar lá, trabalhar duro pra se chegar lá, passar a vida toda fazendo coisas que não se gosta e, muito menos trazem mais felicidade, agora, para se chegar lá, onde?

Se você não está recebendo a alegria, agora, então você não chegou a lugar nenhum. A sua liberdade, a sua felicidade e a sua expansão é realmente onde você e toda a humanidade está indo. O mais importante é a sua jornada, a sua experiência, aqui e agora. Use a sua imaginação, pesquise pela Internet, as crianças já estão dando um banho até nos mais velhos empresários, garotos de 8 a 17 anos, ficando milionários e bilionários, da noite para o dia, se divertindo muito, nós já temos hoje uma fonte de energia limpa e barata, sem precisar do petróleo, nem álcool e muito menos da energia nuclear.

A energia limpa e barata de reatores de plasma é real. Eles estão desesperados e continuam fazendo com que as pessoas foquem, no pré sal, no álcool e nas usinas nucleares, por meio das mídias convencionais. Mas muitas crianças e ainda todas as que, nascerem daqui pra frente, já sabem que a alegria é o único propósito de estarmos aqui. A diversão já começou…