Posts com a Tag ‘Paz’

O BRASIL NO CAMINHA PARA A PAZ…

- quarta-feira, 14 de novembro de 2018

paz Realmente foi uma guerra literalmente essas últimas eleições, veja o que os Abraham me responderam sobre essa questão… É interessante que o caminho para a paz seja frequentemente uma guerra. Nós, como você, não concordamos que está melhorando as coisas, mas não achamos que estão erradas; e nós entendemos o pensamento por trás disso. E se você se envolver em cada desentendimento de cada ponto da Consciência, sua vida estará em uma disputa. Finalmente você tem que dizer: “Isso não é sobre mim. Eu não fiz essa guerra. Eu não escolhi esta guerra. Eu não entendo essa guerra. Não vou pensar nessa guerra, e não vou usá-la como desculpa para não me sentir mais bem”…

Adoro receber minhas respostas. É preciso mesmo, agora voltar a focar mais no que realmente queremos ativar daqui para frente, para literalmente fluir com a mudança de tudo para melhor e já não mais voltar a ficar ainda pensando no que sabemos que não queremos, em tudo aquilo que estava errado, o que faria tudo voltar a ser apenas mais do que já é. Esse é o momento de cada um colocar a sua poderosa atenção não dividida, naquilo que desejamos e sabemos que sempre será mais, simplesmente porque faz parte das nossas escolhas, conscientes e deliberadas, que faremos daqui para frente. Esse é o momento de exercermos o nosso poder e saborear o momento da cocriação deliberada, convocando todas as extensões da Fonte de Bem Estar que somos nós, para que juntos e cooperativos, possamos fazer um Brasil sempre ainda melhor…

O BEM ESTAR EM 1º LUGAR…

- sexta-feira, 3 de junho de 2016

apreciando Parece bem simples, mas é muito difícil as pessoas aceitarem isso nas suas vidas, colocar o seu natural Bem Estar em primeiro lugar. E sabe o por que? A maioria das pessoas têm muita dificuldade em delegar as coisas a sua gerente Lei da Atração, ou até mesmo querer delegar, porque todos já vem desde criança, ao largarem as brincadeiras e diversões pela escola e estudos, justificando a sua própria existência através do seu esforço físico, com o seu trabalho duro, e ainda doutrinaram a maioria a igualar o seu sucesso com a luta, logo passaram a equiparar os seus resultados com mais luta. E assim, a maioria das pessoas começaram a vestir a sua luta diária como se fosse um distintivo de honra. E tudo isso é o oposto de se permitir o natural fluxo de Bem Estar.

Embora o mundo já seja mais Quântico, e olha que isso começou há mais de 200 anos, ainda se vive nessa sociedade baseada na física Newtoniana resistente. As escolas esconderam Nikola Tesla e o poder econômico escondeu a física Quântica. A única coisa que ainda importa para as pessoas é o seu sucesso ou a sua realização pessoal, é alcançar as coisas que ela deseje alcançar. Então, chegou a hora de se definir novos padrões, e se alguém já está se sentindo desconfortável com os padrões que ela mesma definiu durante a vida, o que se tem a fazer é ajustar tudo de novo, devemos dar uma pausa para pensar mais por nós mesmos, em vez de continuar a pensar e repetir os pensamentos dos outros. Dê-se o benefício da dúvida. Iluminar-se mais. Escolha que tudo seja mais simples e mais fácil. Ir bem mais devagar. Se acalme numa praia ou num banco da praça. Divirta-se mais. Ame-se mais. Ria muito mais. Apreciar mais a vida. Tenha absoluta certeza que tudo está bem. Eu jamais posso errar. Os átomos estarão sempre dando a forma que eu observar, e ninguém nunca ira obter tudo já feito. Tudo está em eterna expansão.

Eu fui um verdadeiro idiota… Ainda bem que, eu sou sempre novo, aqui e agora…

- domingo, 10 de fevereiro de 2013

Verdade! Eu fui um grande idiota, por muitos e muitos anos, porque todo aquele que faz as suas guerras, mesmo que internas, esse sim, é um verdadeiro grande idiota. E eu venho fazendo minhas guerras a muito tempo. Seja contra as religiões, os políticos, contra esse conservadorismo que eu realmente não gosto e até contra a todo tipo de pobreza. Quando na verdade, eu deveria entrar em paz, com onde eu estou agora, e eu devo mesmo, fazer as pazes com todas as pessoas, com todos os acontecimentos do mundo.

Não é só fazer as pazes com o meu amigo, ou com o meu irmão que andei brigado… É também estar em paz em relação com o local onde verdadeiramente quer ser meu amigo, que é onde estou, aqui e agora. Eu realmente preciso sentir que tudo está bem comigo, até onde eu acredite que nada ainda está bem.

Essa turma do barulho, meus contrastes; Lula, Renan, o Garotinho e a Rosinha, o Silas Malafaia e até o Edir Macedo, e toda essa politica suja, e mais todas essas leis idiotas… São simplesmente, as respostas a tudo o que o povo está pedindo. A Lei da Atração nunca deixa de atuar, ela é uma Lei Universal. E eu tenho que passar a permitir tudo, mesmo que eu não goste, mesmo que cada um deles, cada uma coisa dessa, seja para mim, apenas mais um contraste. Para assim, pelo menos eu mesmo parar de resistir a tudo o que eu mais quero, aqui e agora. E passar a permitir a tudo o que eu realmente quero.

E hoje, eu mesmo tenho a certeza absoluta que, o que me fez ficar até esse momento, distante de todos os meus grandes desejos que, eu mesmo já desejei e lancei ao Universo, e que a Fonte de energia do Bem Estar que cria mundos, já tem tudo prontinho, tudo pra mim, me esperando no meu próprio vórtice que, eu apenas tenho que ter maestria em fazer girar, ao voltar a ser muito mais feliz em todos os momentos. E tudo será meu… Afinal o que são todos esses meus desejos, perto ou comparados com todos esses; mundos, planetas, galáxias e até o próprio Universo, criados pela Fonte?

Ontem mesmo, ao escrever, pensar e refletir na praia e até vivenciar com lagrimas de alegria, a vida da minha musa Ivete Sangalo, só então percebi a tudo o que venho resistindo. Veja bem, embora ela jamais tenha aceitado a manipulação que a rede Globo queria fazer, como a que fez com o Rei Roberto Carlos que aceitou, de só aparecer na Globo. E nem por isso ela esperneou ou quis fazer uma guerra pessoal, ao contrário, ela fez as pazes, substituiu e muito bem a Xuxa e até fez novela. E assim ganhou muito com tudo isso. Veja que ela não só fez as pazes com o seu irmão aloprado, mas lhe deu um emprego de 100 mil por mês, e pode ter absoluta certeza, ela ganhou muito com tudo isso. Ela sempre esteve em paz, mesmo enquanto ele ainda não estava. E mesmo hoje, ele voltando a entrar em guerra com ela, com toda a certeza, ela sempre estará em paz com ele. E é isso o que faz dela, ser sempre uma grande mulher, jamais importando onde, com o que ou quem. Ela é exemplo até para muitos homens que se consideram grandes em tudo, inclusive eu. E depois disso, sendo assim, eu mesmo desejo e dou a minha poderosa intenção agora, de realmente estar em paz…

Eu desejo viver a minha vida… Para isso, eu preciso deixar os outros viverem as deles…

- domingo, 20 de janeiro de 2013

Uma das coisas que eu só vim perceber lendo os Abraham e que, até custei muito a conceber isso, é que, eu jamais devo me preocupar com esse meu mundo, ele não está com problemas, ele está vivo, e é apenas cheio de contrastes. Eu só tenho que escolher o que eu quero viver, e deixar com que os outros vivam, o que eles querem viver. Isso sim é permitir. E também, jamais me preocupar com os outros. Seja eles; meus pais, minha companheira, meus filhos, netos ou amigos. Porque eu apenas estaria antecipando emoções ruins em minha vida, de algo que nunca existiu ainda. Afinal, eu só crio o que vibro, e ainda tenho que passar um tempo focado nisso, dando a minha atenção não dividida pra isso, para só então, isso vir a ser, a minha realidade.

E até porque, quem se preocupa por demais com as outras pessoas, sempre se preocupam bem mais do que essas mesmas pessoas, se preocupam com elas mesmas. Elas apenas enxergam que agora, é você quem está vivenciando o mundo delas. E desse seu modo agora, de não permissão, de preocupação, você jamais pode ser um bom exemplo de Bem Estar. Ninguém nesse modo de preocupação tem nada de bom para dar. Esse é o motivo do qual eu passei, a só pensar em quem eu amo de verdade, quando eu estou muito feliz, me sentindo muito bem.

Então, agora, nesse exato momento, há muitas pessoas em guerras, há agora, milhões de pessoas no campo de batalha que, estão muito mais vivas, do que elas mesmas já estiveram antes. É só ver o que está acontecendo nos países do Oriente Médio, até mesmo na Europa. É bem melhor do que quando essas pessoas estavam depressivas em seus lares, só remoendo ódio, dor e reclamando da vida, quando elas mesmas estavam bem mais presas em seus guetos e no extremo da linha de ponta das emoções, ligadas ao medo. Eu jamais devo tentar proteger as outras pessoas da sua própria vida. Eu preciso deixá-los ter a sua própria experiência enquanto, eu mesmo me concentro em minha própria experiência.

Pare de se iludir, nunca haverá uma PAZ permanente…

- sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Esse é um mundo em eterna expansão e, como só existe um único fluxo de energia de Bem Estar, sempre haverá resistências a ele, para que assim, possa sempre existir novos desejos, e que eles sejam imediatamente lançados ao próprio Universo, expandindo tudo. Então, jamais se preocupe, ou se desanime por nada, porque sempre haverá guerras. Haverá sempre aqueles que vão fazer agravar nas outras pessoas, um senso de problemas, a fim de promover a solução que eles mesmos já têm a sua própria opinião formada sobre. E assim você nunca vai entrar em acordo, como uma consciência de massa, de que este é “o único caminho”. Haverá sempre divergências e, portanto, haverá sempre agitação, haverá sempre algum tipo de guerra.

Mas, como o Bem Estar sempre abunda, e como eu só posso incluir mais, sempre mais de tudo, a própria experiência dominante da maioria das pessoas será sempre a de um Bem Estar, e sempre teremos muito mais coisas em comum. E sendo assim, eu mesmo sempre poderei decidir a qualquer momento, em que parte deste jogo eu quero jogar. Assim, eu posso usar qualquer coisa como desculpa para me alinhar com o Bem Estar, ou eu posso usar qualquer coisa também como minha desculpa para não me alinhar. Então meu amigo, a única coisa que realmente é, o cerne desta questão é, o meu próprio poder pessoal.

E isso é o que todo mundo é, de alguma forma; um Ser em eterna expansão que deseja muito, que permiti ou resiste e que, faz de tudo para viver fisicamente o seu próprio Bem Estar.