Posts com a Tag ‘Paraíba’

SER EXEMPLO DE BEM ESTAR…

- segunda-feira, 22 de maio de 2017

EM JOÃO PESSOA É bem mais fácil ser um exemplo de Bem Estar, aceitando que só o Bem Estar existe, que qualquer coisa que já não me traga mais Bem Estar, são apenas frequências da ausência desse mesmo Bem Estar. Tudo o que eu quero e faço é porque eu quero me sentir melhor. E qualquer coisa que eu quero ou faço, deve ser divertida, justamente para não ter a menor ausência de Bem Estar. Quanto mais divertida melhor. E como tudo o que existe nesse mundo físico é um contraste bifurcado, que tem os dois lados, o lado do Bem Estar e da ausência, eu posso encontrar o Bem Estar em tudo, se eu já estiver alinhado com o meu próprio vórtice criativo.

Já o lado da ausência do Bem Estar que existe em todos os contrastes, é justamente para eu jamais parar de desejar mais, e cada encontro com o lado da falta de qualquer contraste, isso me faz lançar um novo desejo. E eu só início uma sincronia resistente, que parece eternizar os momentos indesejados, se em vez de eu seguir a felicidade que nasce com o novo desejo, eu permanecer focado por mais de 18 segundos no lado da falta do Bem Estar. E assim, eu só devo voltar a me divertir mais, em praticar mais pensamentos que já me retornem mais bons sentimentos.

E isso é fácil, extremamente fácil, eu tenho além dos meus cinco sentidos, a visualização, a imaginação e a replicação de vibração, para escolher onde focar, que é exatamente o que eu vou ativar. Então, posso escolher qualquer coisa, para iniciar uma sincronicidade perfeita com o meu natural Bem Estar, poder ser, algo no meu quarto ao acordar, como uma foto, uma música gostosa ou até a bunda linda da minha mulher. Depois eu me divirto em escolher o que comer. Me divirto escolhendo e visualizando, como vou à praia, se andando, de bike ou de carro. Qualquer coisa que me tire dessa sincronia perfeita, eu imediatamente penso ou escrevo sobre coisas que me levem de volta ao meu natural fluxo de Bem Estar. Eu só uso a meditação, quando quero criar algo que ainda não existe, ou se aparece algum evento muito indesejado ou até mesmo algo indesejado acontecendo com alguém que eu ame muito. E eu também sei, que tudo que eu der a minha poderosa atenção não dividida, sempre será mais em minha vida…

ENQUANTO AS PESSOAS TRABALHAM MUITO, EU ME DIVIRTO MAIS…

- quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Hotel João Pessoa A coisa que eu mais tenho ouvido nos últimos anos é… Você é muito doido, vive nas praias, está sempre viajando, sempre frequentando os melhores restaurantes, fica sempre em hotéis a beira mar, sempre de carro novo, sempre com muito dinheiro sobrando e, eu nunca o vi doente, triste, trabalhando ou falando do seu trabalho, você nem pergunta o que faço, só pensa em diversão e no que ainda vai fazer de bom na vida… Você não vive no meu mundo. E minha resposta para tudo isso é sempre algo semelhante a isso. Realmente eu adoro me divertir mais, atraindo tudo que eu mais quero, inclusive dinheiro. O trabalho, essa coisa horrorosa, foi só uma coisa criada pelo ego, que queria escravizar os outros, com medo do desejo deles atrapalharem os seus, dando a eles um sentido de valorização as coisas que os outros ainda fazem, pensando que são valorizados, enquanto ele mesmo, o ego que criou o trabalho se divertia mais, mais e mais.

E realmente é um trabalho muito duro, muito pesado, você nem se divertir mais em todos esses momentos maravilhosos que se passam e nem percebendo que ainda não passa mais tempo no seu natural Bem Estar, quando você mesmo vive, num mundo que é puro Bem Estar, onde tudo é próspero e abundante, inclusive a escassez e o sofrimento que o ego resistente encontra, bastando dar o seu foco e a sua atenção não dividida, a tudo aquilo que ele mesmo não quer, do mesmo jeito que eu dou a tudo aquilo que mais quero, me sentindo ainda muito mais feliz, aqui e agora.

A segunda coisa que eu mais ouço é… A conversa está boa, o papo está ótimo, mas, chegou a hora de eu ir pro trabalho, hoje vai ser dureza meu amigo. Na Internet não é diferente. As pessoas estão sempre escrevendo. Eu tenho que trabalhar mais na minha visualização. Eu tenho que estudar mais e praticar mais ainda a Lei da Atração. Outros ficam o dia inteiro copiando e colando códigos numéricos de um outro ego muito doido, pela casa inteira, nas redes sociais ou compartilhando com os amigos, esperando; o Bem Estar, sua saúde ou seu dinheiro, só depois desse trabalho árduo. E eu fico rindo muito de tudo isso… Eu me divirto muito todos os dias, em todos os momentos, sempre escolhendo mais o que eu mesmo vou focar e dar a minha poderosa atenção não dividida, em apreciar mais, tudo aquilo que a vida tem de melhor, isso é tudo o que eu ou qualquer pessoa de muito sucesso e muitas realizações, mais faz na vida, nos divertimos mais e muito, com tudo aquilo que nós mesmos fazemos, aqui e agora.

Porque eu não paro de desejar?

- quarta-feira, 27 de março de 2013

Minha mãe sempre dizia, isso desde de que, eu ainda era muito pequeno… Você nunca está satisfeito com nada menino? Meus professores também diziam a mesma coisa quando, eles apenas queriam que eu repetisse, apenas aquilo que eles aprenderam a repetir, para apenas me fazer repetir mais também. Depois vieram as religiões, as seitas e filosofias, e então todas; Os testemunhas de Jeová, os católicos, presbíteros, luteranos e os budistas, todos repetiam a mesma velha pergunta. Porque você nunca está realmente satisfeito com nada, Eduardo Billy?

Eu dizia para todos eles… Isso é que a minha vida é, apenas um jogo gostoso de brincar de sempre se desejar mais, e eu já nasci de um desejo, minha mãe pode até não ter desejado fazer sexo com meu pai, mas meu pai, com toda certeza desejou, e se não fosse esse desejo, eu nem seria esse Billy criador. Eu vim para me divertir com tudo o que eu penso e sinto, enquanto faço qualquer coisa. A minha vida sempre foi e ainda será uma aventura, como se fosse uma férias sem fim, que você pode ver nessa minha trajetória agora; Uma infância e uma vida muito louca e feliz, começando em Friburgo, Lumiar, São Sebastião do Paraíba, Itaocara, Aperibé, Niteroi, Rio das Ostras, Rio de Janeiro, Manaus, São Paulo e São José dos Campos, Caragua, Ubatuba, Ilha Bela, Recife, Salvador, Paraíba, Natal, Maceió e muitas praias, muitas mesmo e você ainda fica querendo que, eu seja igual como todo mundo…

Todas as pessoas que eu passei a apreciar, foram pessoas que até hoje em dia, nunca se acomodaram em apenas repetir, o que todos queriam que elas repetissem, cada um em sua época, mas todos foram completamente diferentes; Meu avô Marino com a sua própria filosofia do Bem Estar. Os três Budas; Sidarta Gautama (Shakyamuni), Tientai da China e Nitiren Daishonin do Japão, todos com suas ideias que mudaram a minha vida. Nikola Tesla, o maior inventor de todos os tempos, dizia que, as escolas não me ensinariam a nada, tudo o que ele inventou, veio tudo pronto a sua mente. Napoleon Hill, que me abriu a minha cabeça para a transmutação sexual. Bill Gates, que abriu meu mundo para a nova tecnologia, Jerry Hicks para as muitas respostas de minha vida. Mark Zuckerberg, e sua rede social maravilhosa, a garotada dos novos alicativos e a Esther Hicks, que até hoje repete, repete e repete que, eu mesmo nunca poderei errar e que eu nunca vou fazê-lo, e ainda me recomenda a me divertir muito mais, o tanto quanto eu puder, e isso, ao longo dessa minha fantástica jornada emocional, sempre entrando e saindo do meu vórtice criativo, sempre procurando o caminho de volta, ao fluxo de energia do Bem Estar, pelo simples, mas, poderoso alivio, procurando sempre razões para me sentir bem e que, esse é o natural para mim e a minha própria vida. E que é também, a única garantia de eu mesmo poder realizar, todos os meus desejos, inclusive o da minha própria rede social Vibreleve, aqui e agora.