Posts com a Tag ‘netflix’

ABUN DA MOLLY…

- segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

como Este final de semana eu revi duas histórias fantásticas, uma eu criei em 2015 que foi a história de ABUN, que fala sobre as crenças de ABUN, que pode ser você, e a outra eu revi pela Netflix, “Como não esquecer essa garota”. Que é uma história do cara que não quer esquecer a Molly, sua namorada, mas ele tem a perda das memorias novas, todos os dias, dia a dia. E o mais incrível é que cada vez que eu vejo, eu tenho uma nova percepção de cada uma dessas histórias. A de ABUN, eu escrevi, primeiro com o intuito de mostrar como as pessoas ainda estão amarradas em suas velhas crenças resistentes, e ao rever eu percebi que eu posso me divertir ainda mais, colaborando com milhões de pessoas, porque não com bilhões delas, a todos criarem suas novas crenças, afinal crenças são só pensamentos semelhantes pensados, muitas e muitas vezes, e pensamentos viram coisas… E eu adoro me divertir ganhando muito dinheiro…

Já o filme do cara que perde as memórias, não só quem escreveu, mas quase todos que veem o filme, pensam que a trama principal é ele o Gus, e nunca a Molly, eu também tive essa percepção na primeira vez. Mas, agora eu quero explorar a minha nova paixão pela Molly, ela sim é a peça mais importante, porque ela me mostrou o que é mais importante e que eu não via. Nós, pessoas normais, esquecemos de ser novos todos os dias, a grande maioria só é mais do que é, por justamente ficar preso nas memorias dos dias passados, que quase sempre se repetem, mudam os personagens, a locação, mas as histórias são as mesmas. A maioria não perde a memória, porque ainda repete quase sempre os mesmos pensamentos. E a Molly, me mostrou que eu posso acordar todos os dias, já construindo novas crenças, e que isso pode ser maravilhoso para todas as pessoas, escandalosamente divertido, fácil e ainda pode ser uma ideia de alguns bilhões de dólares. E é isso que eu vou fazer, transformar pensamentos em coisas, e eu adoro me divertir sempre ganhando muito dinheiro…

SAINDO DE UM FEITIÇO…

- sábado, 28 de julho de 2018

era uma vez Eu adoro tanto ver essa série “Era uma vez”, do NetFlix, que vira e meche eu acabo vendo de novo. Ela me dá mais clareza para muitas coisas que eu não conseguia enxergar. Os egos resistentes, ainda hoje, enfeitiçam as crianças e adultos com suas muitas resistências, e como na vida real, a série mostra que isso sempre acontece lentamente, as crenças resistentes ao Bem Estar, essa maldição vem chegando e envolvendo tudo aos poucos. Mas, sempre quando se consegue sair de qualquer feitiço, é sempre como uma explosão imediata que vai se espalhando em um círculo exponencial por todos os lados, libertando tudo de tudo…

O feitiço mais forte que nos leva a todos os outros é a crença de que não se tem escolhas, a segunda maldição é acreditar na necessidade de sobrevivência. Isso é até muito fácil de se implantar em qualquer pessoa, já que todos nós fazemos de tudo, apenas para nos sentir melhor, então é só tirar quase toda a energia de alguém, implementando o medo, a depressão, a impotência, a tristeza e o desespero, que qualquer outra emoção que tiver só um pouquinho a mais de energia, vai me fazer sentir melhor, e isso para o ego resistente é aceito como uma coisa boa, que realmente é, se ele não parasse de querer mais energia…

Mas, como ele ainda não estava consciente e nem subiu ele mesmo deliberando isso, ele é iludido pensado que se sentir melhor é alegria, e que alguém preocupado com ele é alguém o amando ou que ser grato é já estar no Bem Estar. E assim ele mesmo para de subir na sua escala emocional. O medo quando já implantado, faz com que qualquer pessoa acredite que o que os outros criam, tem algo a ver com eles, e a verdade é que cada um só faz algo para ele mesmo se sentir melhor, nunca por alguém…

A SINCRONIA PERFEITA…

- sexta-feira, 6 de julho de 2018

tomorrowland Adoro e aprecio entrar nessa sincronicidade perfeita. Eu acredito que pensamentos se transformam em coisas, para isso ser minha percepção, eu mesmo vou tomando nota de todas essas maravilhosas evidências e escrevendo sobre elas. E como Tesla dizia, eu também adoro os números; 3, 6 e 9, e hoje é dia 6 e somando com, o mês e ano, ainda dá 6. Acordei com a palavra “percepção” em minha cabeça, ao sair caçando pela Internet encontrei, artigos maravilhosos sobre como melhorar minha percepção e ainda achei o jogo “CogniFit”, que é um aplicativo para smartphone, enquanto baixava no meu Galaxy S9, eu liguei a minha smart tv, para ver se tinha entrado a nova temporada de “Anne”, no NetFlix, e de cara achei o filme que entrou hoje também, “Tomorrowland”, que é uma explicação lúdica do meu “eu físico” e do meu “Vórtice” criativo. Tomorrowland é o Vórtex, o lugar onde tudo é possível. E ainda recebo dos Abraham essa citação maravilhosa, onde diz. Todo ser físico neste planeta é meu parceiro na co-criação, e se eu puder aceitar isso e apreciar mais a diversidade dos desejos e crenças, todos nós teríamos uma experiência muito mais expansiva, satisfatória e muito divertida… Comprovando que eu estou em total sincronicidade com o meu natural fluxo de energia/informação de puro Bem Estar, e isso sim, é uma sincronia perfeita…

ERA UMA VEZ…

- quinta-feira, 15 de março de 2018

era uma vez Estou apreciando muito essa série. Realmente existem infinitas realidades paralelas, mundos completamente diferentes, infinitas possibilidades, uma riqueza sem igual e sem fim. E ainda tem gente que pensa que isso é apenas uma única história, como essa contada na série da Netflix. Eu vejo que as pessoas que mais sofrem nessa vida são as pessoas que ainda querem que todo mundo seja igual. Isso até ainda é conseguido em alguns lugares como a Coreia do Norte, onde as pessoas sobrevivem o tempo todo, tendo o medo como base de tudo, elas mesmas escolheram não ter escolhas. Esse pais e melhor exemplo do reforço da sincronicidade resistente, ao natural fluxo de Bem Estar…

Tirando as crenças resistentes impregnadas nas histórias dessa série, “Era Uma Vez”. Ela é um maravilhoso, ou melhor, um magnifico exemplo de como eu mesmo posso usar ainda mais a minha percepção, agora com muito mais liberdade. E assistindo seus capítulos, fica mais fácil e mais natural tirar de vez, essa coisa de ainda se querer um final para tudo. Nem mesmo eu mesmo escolher alguma forma de eu mesmo voltar a ser pura energia da Fonte, é um final, e isso sempre acontece quando eu paro de desejar mais. Porque são os infinitos contrastes, os infinitos objetos de desejo que sempre chamam mais a energia que dá a vida, a realmente tudo…

VIVER OU SOBREVIVER, É MINHA ESCOLHA…

- segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Anne With Ou eu estou sempre; crescendo, expandindo e melhorando, ou estou apenas sendo mais do que já sou, o que é o mesmo que eu escolher apenas sobreviver. E como eu faço parte ativa de um Universo em eterna expansão, deixar de acompanhar o fluxo, essa melhora, tudo isso me faz sentir ainda mais, a ausência de meu natural fluxo de energia e informação de Bem Estar, que é a falta que isso me causa agora, pela minha própria resistência ao que eu já sou. Um ser em eterna expansão. Eu jamais posso ser menor do que já sou. E tudo isso acontece, apenas porque ou eu estou dando a minha poderosa atenção para onde estou indo ou estou dando atenção para onde estou agora. E jamais importando para onde eu estou dando atenção, isso é sempre a minha própria vibração e o Universo está combinando tudo com isso que eu vibro agora… A vida é para ser sempre mais divertida, se não é, estou apenas sobrevivendo…

SEM LIMITES…

- quinta-feira, 20 de julho de 2017

acessos a fonte Eu adoro acessar a Fonte de energia e informação de Bem Estar, ainda consciente e bem mais deliberado. Então, eu tenho vários tipos de acesso, eu notei que para ter novas ideias, eu uso mais a meditação, limpando a mente dos pensamentos do ego. Mas, para receber as muitas respostas, eu já uso vários acessos; Abraham, Osho, Bashar, minha criança interna e muitos filmes e séries do cinema ou da TV, e sabendo tirar as crenças resistentes de quem as escreve, é um acesso válido. Como eu sou realmente sem limites, eu tenho 24 horas de Internet ilimitada, quando eu vejo uma série que responde muitas de minhas perguntas, ainda mais agora com o Netflix, eu não paro enquanto eu não terminar, eu uso em casa minha smart TV ou um dos meus notebooks na beira da piscina, na praia uso os meus smartphones, e assim, tenho acesso ilimitado o tempo todo, e a pouco entrou a série Limites, que é uma continuidade do filme “Sem Limites”. Eu não parei de ver…

Ontem, eu acordei de madrugada como sempre, levantei para pensar e recomeçar a realimentar minhas novas crenças escrevendo sobre o que penso, diminuindo as chances do ego resistente, a tentar voltar a querer dominar o momento, fazendo eu voltar a pensar pensamento dos outros. Já ao levantar o meu nariz começou a sangrar e não parava, acabei indo parar em um hospital com minha pressão lá em cima, voltei para casa e passei o dia em casa pensando. Os médicos dizem que foi algo que comi, mas eu sei que era o ego que eu sou, tentando processar as muitas informações que ainda estão chegando, e com o fluxo de Bem Estar aumentando cada vez mais, para ele é impossível. E a verdade é que o meu cérebro físico, não suportou tanta resistência dos; Como? Onde? Quando? E quem? Com o ego tentando processar toda essa gama de informação nova, só com as merdinhas das crenças resistentes que ele ainda tem, as quais eu não mais as deixo crescer, eu já não as realimento mais. E se eu voltasse a ficar com medo ou preocupado, era tudo o que ele queria para voltar a ser o dono do momento.

O único fator que a maioria dos seres humanos, que o ego resistente ainda desconhece, que é muito bem entendido pelos animais irracionais, é que o fluxo de energia e informação de Bem Estar é verdadeiramente; abundante, ininterrupto, ilimitado e flui naturalmente; E que todos nós já somos, seres abençoados que já vivemos em uma atmosfera totalmente de graça. E a menos que alguém esteja fazendo algo para resistir ao seu natural fluxo de Bem Estar, ele será seu. A internet está ai para isso, para eu procurar mais evidências de Bem Estar que abunda, e eu sendo um defensor do meu próprio Bem Estar, em vez de um advogado para me livrar do que já não me faz sentir bem. Então, pouco a pouco, a minha própria experiência pessoal começará a tomar forma, de uma forma bem mais satisfatória para mim mesmo…

O FOCO NO LIXO DOS OUTROS…

- quarta-feira, 21 de junho de 2017

house-of-cards-banner-slice Ninguém pode ainda estar focado em todas essas trapalhadas, nessas histórias sórdidas, que já dão banho até nos seriados da Netflix, com todo mundo esperando; a acusação do Temer, seus comparsas do PMDB serem denunciados, Cunha ser condenado, Aécio atrás das grades, Lula ser preso, a Dilma perder seus direitos políticos, a JBS falir ou fazerem uma grande cerca em volta da esplanada dos ministérios, transformando o centro do governo, num presidio de segurança máxima… E ainda esperar ter uma vida normal, sem sofrer consequências, veja que a maioria vem perdendo seus empregos, lojas fechando, mercadorias faltando, os crimes e a violência aumentando e elas muito ligadas nisso tudo, ainda pensando e querendo realizar todos os seus desejos do dia a dia. As pessoas adoram ficar; focadas, dando atenção a tudo isso que elas perpetuam, elas formam grupos para ser contra e ainda ficam compartilhando todo esse lixo pelas redes sociais, se já não bastasse as mídias de massa. E elas fazem isso sem ao menos perceber, que elas mesmas estão se privando do seu próprio ponto de atração que elas deveriam ter, para atrair tudo aquilo que elas consideram bom…