Posts com a Tag ‘LADOS’

BIFURCADO SIM, BITOLADO JAMAIS…

- quarta-feira, 22 de maio de 2019

aquecimento Toda e qualquer partícula desse Universo é bifurcada, ou seja, todas as coisas, inclusive eu, sou uma criatura bifurcada, e como eu, tudo tem a sua própria consciência. Eu tenho o meu lado de energia e informação de Bem Estar e também o meu lado da ausência desse mesmo Bem Estar. Eu só estou no lado do Bem Estar quando estou consciente e deliberado, e por estar consciente eu tenho escolhas e por estar mais deliberado, eu sei que onde eu coloco o meu foco, eu tenho 18 segundos para ativar o que eu quero e, sempre quando completo 69 segundos, eu mesmo faço o que eu estou dedicando a minha atenção ser sempre mais em minha vida…

E como o próprio Universo é bifurcado esse mundo também, e o lado que eu escolho com o meu foco e minha atenção não dividida, é sempre o que dita em qual lado do mundo eu estou vivendo. O lado da ausência de Bem Estar é reagente e tudo lhe é ordenado de fora, e quem realmente dita onde está o foco de quem vive nesse lado são; as outras pessoas, as coisas, a radio, o jornal, a Tv, as circunstâncias e os eventos, aos quais a pessoa está reagindo agora. E sendo assim, não existe injustiça, não existe culpados. Apenas existem escolhas, infinitas escolhas. Eu só tenho que me colocar feliz e depois fazer o que der para fazer enquanto eu estiver feliz, e se não me sinto mais feliz, eu paro e lá vou eu, atrás de voltar a ser bem mais alegre agora…

AS GUERRAS QUE ESTÃO SENDO TRAVADAS…

- domingo, 17 de abril de 2016

manifestações sexta Quando eu vejo esses dois lados em guerra, isso agora focado por mim, me entristece um pouco, porque para mim essas guerras já não fazem mais sentido existir, pois hoje eu já sei muito bem que, uma guerra causa apenas mais dor, sem nenhum benefício para ambos os lados. A guerra realmente transforma as pessoas e ainda mostra mais as suas piores dores, que qualquer pessoa ainda pode sentir, tanto fisicamente quanto emocionalmente, o que não deixa de ser um interpretação totalmente vibracional. Mas, o que eu penso sobre isso, também acontece dentro de mim, quando eu mesmo começo a fazer mais essa separação dentro de mim: “isso é ego, e isso é o meu eu interior”. Geralmente os piores pensamentos e até os indesejados comportamentos, são automaticamente dados ao ego, eu mesmo já fiz isso muitas vezes, e assim eu mesmo passava a ser mais ” vítima ” dessa minha própria história. E os Abraham me relembram que, quem cria esse tipo de separação dentro de si, está criando para si mesmo, as piores dores que podem ser criadas, como são criadas em uma guerra entre grupos de pessoas.

E a cada dia tem mais um confronto novo, e a cada confronto tem mais vítimas caídas pelas estradas da consciência. Essa divisão não traz mais sabedoria para ninguém, traz apenas mais divisão, e ela só enfraquece mais, a cada pessoa ativada. O ego e o meu eu interior, são apenas duas faces da mesma moeda. E para se estar nessa realidade, experienciando ser uma extensão da Fonte em eterna expansão, esse ser humano que sou eu, na linha de ponta do pensamento, é preciso que haja sempre essas duas partes. O ego jamais precisa ser excluído e nem se quiser se pode fazer isso. como os Abraham dizem, ele precisa voltar para o lugar de cocriador, apenas isso. O meu eu interior decidi o que fazer através da alegria, da felicidade que ele mais envia em todos os momentos e o ego apenas executa permitindo apenas mais disso. Mas, é justamente o contrário, o que mais acontece para grande maioria das pessoas, quando elas mesmas deixam apenas mais o ego pensar e executar, sem que o seu eu interior seja chamada na conversa, e sempre quando isso dá um desconforto, sempre é colocado o ego como o vilão que essa consciência é, e assim, sempre as pessoas acabam se colocando mais no lugar de vítima da sua própria história. Dizendo que o culpado são suas crenças enraizadas.

E quem é vítima jamais consegue mudar qualquer coisa em sua vida. Mas, quem começa a comandar mais a alegria na sua própria vida, sempre vai comandar mais, inclusive o ego. Quanto mais tranquilos estivermos, quanto mais nos perguntarmos, para nós mesmos, o que deve ser feito agora? Quanto mais aceitarmos as pessoas e as circunstâncias e também pararmos de criticar a tudo e a todos, mais os nossos ouvidos vão estar abertos para a voz do meu eu interior, e então, o ego será o “faz tudo” dessa nova consciência e não mais o chefe. O eu interior cria com mais energia de felicidade sendo sempre despejada mais e o ego apenas executa. Focando e dando mais atenção ao que ele escolher mais. Simples assim, sem brigas ou desconfortos, ambos os dois lados, são eu mesmo como um todo, sem nos ferirmos um ao outro, porque mesmo que eu fizesse isso, ferindo a minha mão direita ou a esquerda, isso só me traria mais dor e desconforto, porque as duas são extremamente úteis para mim mesmo, aqui e agora.