Posts com a Tag ‘Jogo’

A BELEZA DA DIVERSIDADE PRESENTE…

- quinta-feira, 15 de outubro de 2015

DIVERSIDADE TOTAL Nunca importa quem quer que essa pessoa seja; minha mãe, meu irmão, meus filhos ou qualquer um dos meus próprios netos, sempre será impossível eu mesmo entender o que a experiência de qualquer um deles, para ele é. Eu jamais posso pensar e sentir por quem quer que seja, a não ser por mim mesmo. Jamais existirá palavras o suficiente para eu mesmo descrever ou sequer entender, o que um outro ser está sentindo ao viver o seu agora. Todo esse sofrimento humano ao longo dos séculos só vem se agravando, sendo eternamente mais do que é, por esse exato motivo tolo. As pessoas ainda muito resistentes ao seu natural e eterno fluxo de energia e informação de Bem Estar, ainda querem que tudo seja o mesmo, e elas trabalham duro para que a mesmice seja implantada, como se isso fosse realmente possível. É uma coisa completamente sem nexo num mundo em eterna expansão. É realmente uma dura batalha, eternamente perdida. Como os Abraham sempre me relembram… Eu estou curtindo esse jogo físico, na linha de ponta do pensamento. Mas, eu nunca deixei de ser “não físico” também, alias, a minha maior parte que é muito mais sábia, por ter acesso direto a toda informação do Universo é não física, e para ela a diversidade é considerada uma coisa super importante, por ser a parte mais gostosa e benéfica da experiência da expansão, nesse jogo divertido que é a vida física, aqui e agora.

SÓ EXISTE UMA VIBRAÇÃO… A DO BEM ESTAR…

- terça-feira, 25 de agosto de 2015

vortex 2 Ou eu vibro Bem Estar ou eu não vibro nada… Tudo mais é ausência do Bem Estar, ou eu estou me sentindo bem agora, ou eu sinto a sensação de falta de estar me sentindo bem, aqui e agora. Todas essas nuances de emoções que usamos agora, são só mais frescurinhas do ego para se sentir mais importante. Sou professor… Olha como sou importante, como sou inteligente, eu descobri mais um pedacinho do Bem Estar, ou mais um pedacinho da ausência do Bem Estar. Isso é o que o próprio ego resistente criou, apenas para ser mais uma de suas crenças que, realimentam seu paradigma, esse seu sintema de crenças que o mantém no automático o tempo todo, tendo infinitas dificuldades com as infinitas mudanças e liberdade que a expansão exige mais, agora.

A minha emoção, é apenas o meu indicador de vibração, é o que indica a relação entre o meu desejo, o qual eu me dedico agora, como o jogo “VÓRTEX”, com qualquer outra crença ou pensamento que eu mesmo mantenho sobre esse mesmo desejo. Quando eu sinto uma emoção negativa, um desconforto, uma raiva sobre algo ou até um medo, o nome da emoção, nunca importa, ela sempre significa que há um desejo dentro de mim que, nesse exato momento, eu mesmo estou contradizendo com algum outro pensamento. Minhas emoções são sempre sobre o meu relacionamento com o meu próprio desejo, e nada mais. E esse é sempre o momento certo de eu mesmo começar apenas a relaxar mais sobre esse desejo, e não torná-lo uma questão pessoal, querendo saber; como, quando ou onde? Ou ficando me culpando ou com raiva de mim mesmo por ainda estar sentindo essas emoções resistentes de novo. Em outras palavras, isso é só, quantas vezes eu pensei que este pensamento fosse positivo sendo ainda muito resistente ao meu desejo. Eu só tenho de buscar um alivio e voltar a subir na escala emocional que o ego criou. RELAXA VÉIO !!!

BRASIL !!! O JOGO É PARA SER BEM DIVERTIDO…

- quarta-feira, 12 de agosto de 2015

JOGO DIVERTIDO Mas, a maioria ainda joga o jogo dos tolos. Onde só os que realmente fazem e mudam as regras quando querem, se divertem mais e sempre saem ganhando, não importa quem se divertiu muito ou pouco, ou até quem só se deu mal. Aquele que assume que, “circunstâncias nunca importam, só a sua vibração importa, só o seu Bem Estar realmente importa”. Esse sempre se diverte mais, porque ele entendeu a “regra de ouro”. “Eu faço as minhas próprias regras”. Só o Bem Estar existe, e ele é um fluxo; simultâneo, ininterrupto e eterno de energia e informação de puro Bem Estar que me mantém como uma extensão física da Fonte em eterna expansão, enquanto eu deixa-lo ir e vir, me sentindo mais;livre, feliz e expansivo, aqui e agora. Eu sou a linha de ponta do pensamento. Tudo mais é apenas a sensação da ausência do fluxo de Bem Estar sentida no agora por mim. E eu tenho o poder de sempre mudar tudo a meu favor. Só eu fecho ou abro o meu vórtice. Só eu escolho o que eu desejo focar agora, portanto sou eu quem decido o que vai ser mais na minha realidade, o que quero ou o que não quero. Porque onde eu mesmo dedicar a minha poderosa atenção, isso será sempre mais…

Vamos colocar isso na pratica… A regra adotada onde vivemos agora, no Brasil, é focar na ausência do Bem Estar, eles só ficam mudando onde você deve focar a todo o momento, para fazer a maioria se sentir ainda mais insegura, para assim, alguém assumir como o salvador da pátria que vai ditar as novas regras por algum tempo, para que aqueles que estão no comando do jogo possam se revezar e também se divertir mais, criando suas próprias regras. Então, até as mídias de massa, as televisões também mudam de lados a todo o momento, para poder mostrar que também criam suas próprias regras no jogo. E o povão fica no meio dessa divertida partida de mudança de regras e focos, apenas sendo peões no jogo dos tolos, enquanto eles ainda estiverem focados apenas naquilo que eles mesmos sabem que não querem. Para se sair desse jogo de cartas marcadas, onde quem dita as regras, sabem muito bem que só eles ganham sempre, porque eles sabem como a física Quântica funciona. “Os átomos tem de dar a forma ao que eu espero que seja”. Então, se cada um jogador não entender que só ele mesmo, saindo desse jogo e passando a alimentar a premissa ou a sua nova regra de que, “circunstâncias não importa, o que importa é o seu Bem Estar”, agora ele estará num novo jogo que é muito mais divertido, ao ver tudo isso acontecendo, só que agora de fora, apenas curtindo e apreciando mais, o que ele mesmo mais quer…

A VIDA É UM JOGO DIVERTIDO, MAS TEM REGRAS…

- sábado, 30 de maio de 2015

Jogo da vi Quando você veio para esse jogo divertido que é o mundo físico, você sabia todas as regras, Quem deixou as regras de lado foi você mesmo, porque também sabia que esse jogo nunca tem fim. Qualquer um pode sair e voltar a qualquer momento, esse jogo é; eterno, simultâneo, ininterrupto e está em eterna expansão. Para quem esqueceu as regras, vou relembra-las agora.

Todos os componentes desse jogo são totalmente vibracionais, tudo é energia e informação em diferentes, frequências, vibrações e densidades. Tudo tem sua própria vibração, mas é o seu foco quem mistura a vibração disso focado com a sua, mudando assim o seu ponto de atração. A primeira regra imutável é que semelhantes atraem semelhantes vibrações. O seu cérebro é apenas um mecanismo de foco, onde você colocar o seu foco, a sua atenção, isso será sempre mais, você só pode incluir mais energia e informação ou resisti-la o máximo que puder, até bater as botas e voltar a escolher outro ponto do jogo para voltar a se divertir mais.

Qualquer jogador pode incluir o que quiser nesse jogo, basta focar 17 segundos em qualquer coisa que queira ou que não queira. Tudo aqui é sempre mais. Jamais se pode excluir algo. Em contra partida, isso que alguém criou só se torna realidade para ela ou para quem vier a focar nisso, passando mais de 69 segundos recebendo a vibração disso de volta ou sentindo a ausência da vibração disso focado, isso se você não deixou o fluxo de energia passar por você que iria até o contraste em foco. É bom lembrar que todo contraste (objeto de desejo), tem dois lados, o lado do desejo que é o Bem Estar e o lado da falta de Bem Estar. Se você está no seu vórtice sentira o desejo, se estiver indo no sentido contrário do seu vórtice sentira a ausência do desejo.

Como não existe exclusão alguma, tudo aquilo que você mesmo criou focando 17 segundos, desde que nasceu, você se mantendo feliz, isso virá para a sua realidade, até mesmo aquilo que você não gosta, mas que também criou com seu foco, pode vir para a sua realidade a qualquer momento, se você passar mais de 69 segundos sem se sentir bem. Em suma, sua alegria, a sua felicidade trás tudo que você deseja para a sua realidade, assim como seu mal estar ou seu desconforto trás tudo que você já sabe que não gosta, desde a sua criação sem energia, e isso poderá vir para a sua realidade, agora.

AS MINHAS CRENÇAS DITAM A MINHA VIDA…

- sexta-feira, 29 de maio de 2015

centro da atração Ninguém terá e nem poderá ter uma realidade experiencial verdadeira, essa que ela mesma ainda quer ter e deseja, a não ser que ela mesma se baseie nas coisas mais fortes que ela mesma acredita. Tudo sempre é de dentro pra fora. O por que eu quero essa realidade de Bem Estar? A minha resposta é porque só o Bem Estar existe, ele é tudo o que existe e ainda é tudo o que todo mundo quer ter de tudo. Essa é a minha crença, e isso sempre vem em primeiro lugar. O como eu vou conseguir viver essa realidade? Apenas procurando mais razões para sempre ser mais feliz, apreciando tudo que eu puder, fazendo do meu mundo um Hiper Self Service, eu só foco no que me faz mais feliz. E isso sempre vem depois de eu saber o que eu quero. E o que é essa realidade que eu desejei? Uma realidade repleta de contrastes que me fazem sempre desejar mais, seja eu focando no desejo ou no lado da falta do meu desejo. Se eu foco no desejo, eu só tenho que permanecer bem mais feliz. Mas, se eu foco na falta, não tem problema algum, eu só preciso procurar um alivio imediato e jamais deixar que o meu foco permaneça 17 segundos em cima desse lado da falta de qualquer coisa. E essa é a ultima fase onde eu; penso, digo e escrevo, o que eu quero sentir…

Eu sempre respondo para mim mesmo… Qual é a minha causa? Qual é a minha crença? Por que eu existo? O por que de eu acordar cada manhã? E por que as outras pessoas deveriam se importar comigo? Porque eu só vou até aonde as minhas crenças permitam que eu vá. Eu acredito que eu vivo a realidade que eu quero, não importando as circunstâncias ou situações, portanto eu acredito pensar diferente. A forma de eu estar no controle da minha vida é primeiro eu estar no meu próprio vórtice, para depois iniciar tudo, qualquer coisa mesmo. De dentro do meu vórtice eu posso tudo, de fora eu não posso nada. Com isso eu tenho uma vida bem mais fácil e muito mais feliz. Eu atraio apenas coisas semelhantes a minha felicidade; pensamentos, pessoas, coisas e eventos. É por esse motivo que eu venho idealizando coisas como; a rede social Vibreleve, o app Attraction, o jogo Vórtice (Vórtex). Eu só quero ver o que eu quero ver, eu só quero sentir o que eu quero sentir… Bem Estar, que é o que todo mundo quer de tudo…

QUANTO MAIS GENTE FELIZ FOCAR EM VOCÊ…

- sábado, 16 de maio de 2015

felix As pessoas não tem a menor noção do poder do seu foco alegre em cima de alguém também alegre. O meu cérebro é apenas um mecanismo de foco. Eu faço a energia que cria mundos fluir pelo meu foco alegre, eu preciso estar feliz, sem felicidade eu jamais deixo fluir a energia, eu estando infeliz só recebo de retorno a ausência da energia de Bem Estar. É esse foco feliz, o que faz as pessoas serem um sucesso, fazendo apenas o que elas mais gostam de fazer, e atraindo o foco de milhares de outras pessoas, que também estão atrás de mais felicidade. Todos nós nascemos com uma inerente tríade de intenções; liberdade, felicidade e expansão. Todos nós desejamos e muito encontrar essa tríade de intenções em; novos pensamentos, em pessoas, coisas e eventos.

É isso o que faz um garoto que só gosta de jogar bola, e é muito feliz apenas com isso, atrair o foco de outras milhares de pessoas que estão felizes só em ver toda aquela felicidade e o transformam num Neymar da vida. É isso que faz um garoto que adora jogar vídeo game, e sua felicidade é tanta que milhares de pessoas no mundo inteiro focam felizes nas suas jogadas e o carinha que a mãe dizia, vai estudar, larga esse joguinho que isso não dá futuro, e hoje o garoto ganha mais de 250 mil dólares por mês, apenas para fazer o que ele mais gosta e o faz feliz, jogar vídeo game. Se você largar tudo agora, e fizer apenas o que te faz mais feliz e atrair o foco feliz de mais e mais gente, ninguém é capaz de dizer onde você pode parar, seu sucesso é completamente exponencial…

A VIDA É UM JOGO DIVERTIDO…

- sábado, 16 de maio de 2015

adoro felicidade Basta saber jogar… O que está vindo para mim sempre bate com a emoção que eu estou sentindo agora. Se estou triste, vem algo que não quero. Se estou feliz vem algo que eu quero, se estou muito feliz já apreciando muito mais a vida, agora uma chuva de desejos vem para a minha vida, transformando totalmente a minha realidade. A minha emoção é sempre um indicador do que está vindo para a minha vida. O Universo jamais quer saber se eu estou sonhando acordado, imaginando as coisas, quem sabe apenas me divertindo contando uma historia maravilhosa que eu ainda quero viver ou se estou fazendo algo mesmo ou se até estou apenas observando algo. Que se dane se estou num escritório me matando de trabalhar, ou numa loja qualquer vendendo coisas ou se estou como agora, sentado na beira da minha piscina tomando uma gelada. Ele me dá mais daquilo que eu estou sentindo. Minha emoção não cria nada. Quem cria tudo é meu pensamento que é a minha vibração. Minha emoção é apenas o indicador daquilo que eu estou criando agora. Minha emoção é só um sistema de orientação, o meu GPS emocional que me diz, segue em frente cara, quando estou me sentindo bem ou pare imediatamente infeliz e procure um alivio imediato qualquer, quando eu me sinto mal ou desconfortável com alguma coisa que pensei ou foquei agora. Meu pensamento é minha pura oferta vibracional que é igual ao meu ponto de atração agora. Qualquer um pode jogar bem, é só pensar e sentir o que vem, com toda a certeza…

VEM AI O JOGO DOS DESEJOS, VÓRTICE (VÓRTEX)…

- sábado, 9 de maio de 2015

vórtex o jogo Minha ONG e minha rede social Vibreleve estão fazendo aniver, e não podia faltar uma comemoração do tamanho da alegria desse mundo vibracional. Porque a vida já é um jogo divertido, e agora será ainda mais, para todos que quiserem jogar mais alegria em suas vidas. Se preparem, para entrar no jogo, é preciso já estar no vórtice e ainda fazer todos os outros participantes também estarem, pode ser contando uma piada, mostrando um vídeo que faça todo mundo rir, alegria é que não pode faltar no inicio desse jogo divertido. Quem começa nunca é importante e esse jogo é igual a vida, também nunca acaba e nem tem vencedores, aqui só tem gente que vibra mais felicidade, vibra mais bem Estar.

E os dados vão rolar, o tabuleiro sera redondo, como uma galaxia, um verdadeiro vórtice ou vórtex de fortes emoções que já formam o fluxo de Bem Estar. A jornada irá dizendo o que cada um tem a fazer, os desejos a colocar no seu vórtice, e os desejos que a sua alegria em focar mais, só o que quer, que os fará transbordar de energia da Fonte, os fazendo se manifestar e se tornar a sua realidade. Acredito que terá duas versões, uma em português outra em Inglês, e talvez mais uma que traduza simultaneamente, para se poder jogar com gente do mundo inteiro, uma física, em uma grande caixa redonda, com fichas e dados para se jogar em casa com as crianças, e uma versão online para quem estiver sem fazer nada poder jogar em vez de voltar a focar no que não se quer… Aproveitem a espera mandando sugestões…

O MEU VÓRTICE OU VÓRTEX…

- sexta-feira, 8 de maio de 2015

vórtex Estar no vórtice em primeiro lugar é tudo… Porque a vida é um jogo de escolhas e desejos muito bem divertido… E ela é para ser assim sempre, muito divertida e é… Eu só precisei deixar com que o meu alinhamento com o Bem Estar, sempre estivesse em primeiro lugar, tendo cada vez mais a clareza de que tudo mais é irrelevante, tudo mais são caminhos secundários, e assim essa minha jornada emocional que é a própria vida, passou a ser sempre mais prazerosa e muito mais alegre, e tudo o que eu imaginei e até o que nem eu mesmo pensei um dia em; ser, ter ou fazer, começaram a fluir facilmente para a minha vida. E como os Abraham dizem, não há nada nessa vida que eu não possa; ser, ter ou fazer. A minha imaginação é o limite. Mas a minha intenção dominante deve e é, eu mesmo ser muito mais alegre, e é o que sou de verdade. E assim o meu fazer e o meu ter sempre entram em alinhamento, uma vez que eu consiga um simples alivio ao encontrar com qualquer lado de falta de algum contraste que vier se apresentar, e nada na minha vida há de faltar, tudo eu posso assim realizar…

Jogando o jogo do Bem Estar, ou apenas resistindo mais?

- domingo, 14 de dezembro de 2014

Jogo da vi O único jogo que existe é o jogo muito divertido de viver o Bem Estar. Suas peças principais são; encontros com contrastes, foco, escolhas e permissão/vibração, que vão formando os peões do próprio jogo, os “egos”, que na verdade não passam de paradigmas, sistemas de crenças montados individualmente com suas próprias identificações de pensamentos repetidos e emotizados, pelo próprio ego em formação, que ao se tornarem crenças dominantes o realimenta com mais identificações de mais pensamentos semelhantes que deveria o tornar, apenas mais; livre, feliz e expansivo ou apenas mais resistente. As regras são simples e são apenas três: “Atração”, que é só isso, semelhante atrai semelhantes. “Criação Deliberada”, que é focar apenas no Bem Estar. E a “Permissão”, que é simplesmente sentir o Bem Estar.

Tudo o que eu tenho que fazer nesse jogo é sair pelo tabuleiro que eu escolhi para esses encontros com os contrastes, focando e fazendo minhas próprias escolhas, já que todos os contrastes tem dois lados, o da falta que é resistente e o lado da alegria do desejo que é permissivo. Tudo muito simples. Ou eu vibro e sou muito feliz ou eu resisto a felicidade passando mais tempo me sentindo mal, diminuindo a vibração até sair desse jogo e assim poder voltar a iniciar um outro novo jogo. O divertido desse jogo da vida, é que sempre somos novos em qualquer parte ou fase desse jogo, e até mesmo ao voltar ao inicio de um outro novo jogo. O que faz com que todo jogo seja sempre novo, não existe repetição de jogo, porque sempre teremos mais contrastes produzidos por todos os peões que já estiveram jogando em todas as jogadas que já existiram, para sempre dar inicio há um novo jogo, agora bem mais expandido e eternamente se expandindo.

O mais gozado é que nesse tabuleiro desses peões/egos, a maioria ainda resiste pensando que é isso de que se trata o jogo, então eles mesmo querem mudar o jogo, criam suas próprias regras, que eles mesmos quebram de acordo com seus interesses no jogo, tentando burlar as regras principais e imutáveis; Atração, Criação Deliberada e Permissão. Uma jogada que poderia ser de muitos simples momentos de mais puro Bem Estar, eles passam anos e anos se debatendo contra, arrumando provas e mais provas de mais resistências, depois montam seus tribunais que passam mais alguns anos estudando todas essas resistências, que quando os tornam criminosos resistentes, os prendem dando-lhes muitos anos de prisão, o que sempre é mudado pelos seus próprios interesses, já que suas regras não valerem de nada. Então, os peões que estão nessa fase de achar que o jogo é só resistir mais, ser contra e trabalhar duro, sendo bem mais resistentes, se sentem mal vendo todos os julgados criminosos, apenas cumprem bem menos anos que se passaram juntando as provas, e que eles até pagam suas multas do jogo, com o próprio dinheiro do roubo no jogo. Isso é tudo muito divertido.