Posts com a Tag ‘Jogo’

CONECTADO COM A FONTE…

- terça-feira, 15 de maio de 2018

extensão-da-consciência A vida é um jogo divertido, e como eu sou apenas um mecanismo de foco que ativa tudo nesse jogo, aqui e agora, na linha de ponta do pensamento, quando eu me aposso de uma ideia, seja ela qual for, se eu a jogo, apenas pelo simples prazer de jogar, eu estou verdadeiramente conectado com a Fonte. Qualquer outro motivo, apenas seria coisa de um ego ainda desconectado com a Fonte de Bem Estar.

Adoro e aprecio estar consciente de quem eu realmente sou, esse criador magnifico, essa extensão da Fonte sem nunca ter como errar. Perceba! Tudo é energia e informação, que é ativado nesse mundo físico em forma de átomos, e eu sou o observador, sou eu quem dito como os átomos devem se comportar, e só por isso, eu nunca tenho como errar, e de toda e qualquer maneira eu sempre ganho…

O PENSAMENTO QUE TRAZ ALEGRIA…

- quinta-feira, 22 de março de 2018

dados Essa é a jornada perfeita, um jogo divertido para eu sempre ser um criador deliberado, que é estar mais consciente do pensamento que eu tenho agora e ter mais clareza, sobre se esse pensamento me leva a me sentir melhor. O que eu sinto é sempre um indicador do que eu estou criando com o meu pensamento. Se estou observando ou imaginando não importa, a emoção que sinto nesse momento sempre me mostra o que ainda está por vir. O bom é que eu posso mudar em todo e qualquer momento os meus pensamentos. O que eu penso e o que eu recebo de volta é sempre uma combinação vibracional. A minha emoção é sempre a minha resposta sobre qualquer coisa fluindo em minha vida. A minha emoção nunca criou nada. Ou seja, a minha emoção é sempre o indicador daquilo que estou criando agora. E tudo o que eu mais quero estará sempre ligado, em eu mesmo me sentir melhor agora, e esse é o melhor jogo da minha vida. E vamos rolar os (dados) pensamentos…

SÓ A DIVERSÃO É MAIS… PROSPERIDADE E ABUNDÂNCIA…

- sexta-feira, 28 de abril de 2017

ivete e neymar Ninguém nesse mundo precisou; estudar, aprender ou ensinar, alguém a se divertir. E a história já nos mostra bem claro que a maioria das pessoas, que ainda se divertem bem mais com o que elas mesmas fazem, são sempre as que mais tem sucesso em tudo. Até aqueles que criaram e fizeram um objeto, que ainda mantém a maioria das pessoas, se divertindo mais e sendo ainda mais feliz, são os objetos que mais trazem prosperidade e abundância para quem os criaram. E na contramão da história, ainda existe uma maioria ainda quer ser escravo do dinheiro para a sobrevivência, eles querem; estudar muito, se esforçar mais ainda e trabalhar duro, para quem sabe se aposentar um dia… Coisa de doido!!!

Eu fico rindo e sempre argumento com elas… O Faustão Silva, realmente deve ter estudado muito para dizer todas aquelas besteiras que ele fala todo domingo, ele deve ter se esforçado muito para repetir as mesmas abobrinhas pra tudo que é convidado, ele realmente trabalha muito duro, ter de ficar a tarde toda do domingo, vendo as mulheres dançando, para ganhar aquela merreca que ele ganha… Realmente vocês estão certos. O Neymar deve ser outro, que estudou muito jogar sua bola, se esforçou muito para se divertir jogando bola, e ainda trabalha duro ao fazer muito sexo com a mulherada, tudo para continuar se divertindo jogando a bola que ele sabe, isso quando o técnico dele deixa ele jogar livre, e ganha tão pouco que ele nem se diverte direito, ele deve estar também esperando a sua sonhada aposentadoria. Fala sério!!!

O JOGO VIBRATÓRIO DO MEU DESEJO…

- terça-feira, 25 de abril de 2017

apreciar o momento Se há algo que eu ainda desejo e ainda não está vindo pra mim, isso sempre significa a mesma coisa. Eu ainda não sou um jogo vibratório, alinhado ao meu próprio desejo. Ao apreciar o que quero, que é amar isso incondicionalmente, eu mesmo sinto um grande Bem Estar, seja ao focar e ativar isso ou ao dar a minha poderosa atenção que fará isso ser sempre mais, e isso é já estar alinhado com o meu desejo… Isso é jogar o jogo vibratório do meu desejo…

A VIDA É UM JOGO DIVERTIDO, PORÉM MUITO REPETITIVO…

- quinta-feira, 6 de abril de 2017

ano novo As regras desse grande jogo que é a vida, é feita de um acumulo de repetições exclusivas de cada jogador. Alguns copiam as regras ou as crenças dos outros, ao repetirem pensamentos semelhantes exaustivamente. Sem a própria repetição de pensamentos muito semelhantes não existiriam crenças limitantes, e muito menos as resistentes, que são essas regras, ainda num Universo de infinitas possibilidades…

Nesse grande jogo divertido que é a vida, todos nós somos caçadores de Bem Estar, num mundo repleto de contrastes bifurcados, afinal tudo é um contraste bifurcado e tem inerente a eles, dois lados: o do Bem Estar, e o lado da falta desse mesmo Bem Estar. Enquanto eu ainda estiver me divertindo e perseguindo mais, sem parar, apenas o Bem Estar que existe em todos contrastes bifurcados, eu mesmo estou permitindo o fluxo do jogo fluir…

Estou com o interruptor ligado. Mas, jamais devo dedicar mais de 17 segundos de “atenção não dividida”, ao que já não me retorna mais Bem Estar. O que seria eu mesmo estar agora, desligando o meu interruptor que me dá acesso livre a Fonte. E o meu cérebro desligado, sem o fluxo da energia e informação expandida, com minha própria resistência vai baixando essa energia concentrada e vai deteriorando tudo o que o ego já deu vida ao permitir essa energia da Fonte fluir naturalmente, aqui e agora.

A VIDA É UM JOGO DIVERTIDO… É SÓ NÃO JOGAR NO CASSINO…

- domingo, 18 de setembro de 2016

cassino Sendo a vida um jogo divertido, poucas pessoas deixam de entrar no cassino e a grande maioria jamais sai desse jogo viciado de cartas marcadas newtonianas… As poucas pessoas que já; entendem, aceitam e utilizam, a física Quântica, sabem muito bem que, só o ego muito resistente quer ainda ter mais lógica e razão, em vez de já ter o seu natural Bem Estar. O ego bem mais consciente e deliberado quer e muito; mais liberdade, mais felicidade e mais expansão, sem lógica e sem razão alguma, ele só quer porque adora sentir mais a sensação de seu natural Bem Estar. Assim, quem já usa a mecânica Quântica para criar esses nossos gadgets, sabem também que até as pessoas com o ego resistente, todas também tem a mesma inerente tríade de intenções de mais; liberdade, felicidade e expansão.

Só que, por a maioria ainda serem muito mais resistentes, e isso tem a ver com as suas crenças newtonianas ativadas, elas ainda passam muito mais momentos ligados a pensamentos de ausência do Bem Estar. Então, é bem mais fácil manipula-las ao lhes dar primeiro, o que elas mais pedem, mais ausência de Bem Estar. E assim, eles usam algo ilusório, até algo; inventado, imaginado ou fantasiado, uma ausência qualquer de Bem Estar, já que só o Bem Estar existe, para chamar o foco delas para o que elas mais querem focar e dar atenção, no lado da falta dos contrastes bifurcados.

E essas poucas pessoas já Quânticas, sabem que os átomos sempre vão se comportar com essas pessoas resistentes observam, sempre lhes dando uma razão lógica, para elas mesmas reagirem ao resultado esperado daquilo observado. E assim, essas poucas pessoas que usam a física Quântica, também apresentam uma solução criada por elas, ou um produto delas, que lhes trará a sua tríade de intenções à tona, nem que seja por breves momentos em que, elas ainda não voltaram a reagir as suas coisas indesejadas que elas mais observam. E assim todas criam juntas, mais o resultado que já era esperado, até por essas pessoas que já sabem com certeza qual seria o resultado, porque os átomos tem que se comportar como é observado, sempre! Ou seja, a maioria entra num jogo de cartas marcadas, como se a vida fosse um grande cassino.

ESSE DIVERTIDO JOGO DE ESCOLHAS…

- terça-feira, 8 de março de 2016

escolhas21 A vida é um jogo de escolhas, existem infinitos jogadores e infinitas possibilidades, cada um podendo fazer suas próprias escolhas, tudo pode se tornar probabilidades momentâneas, agora. Todas as regras que já existem podem ser modificadas a todo e a qualquer momento, eu também posso criar novas regras e modifica-las a qualquer tempo. Como o nome do jogo já diz, eu tenho as minhas próprias escolhas. O próprio cérebro que o ego criou para justificar a existência da sua auto-consciência, é apenas um mecanismo de foco. É a partir das minhas escolhas que eu mesmo foco mais e dou mais atenção a algo que que eu mesmo escolhi para ser mais, bem no meio dessa infinidade de contrastes que eu sempre encontro, desde o momento em que eu passei a ser mais essa extensão da Fonte de energia e informação em eterna expansão, estando na linha de ponta do pensamento, aqui e agora. Tudo já é e será bifurcado desde o incio do jogo, mas quem dá a sincronicidade vigente sou eu mesmo com as minhas eternas escolhas…

Aqui existe o ambiente perfeito para se criar o “ego”, o jogador, “o tempo e o espaço”. Tudo é, “escolhas”. Os limites para se continuar nesse jogo são apenas dois: Escolher formatar o ego mais criador consciente e mais deliberado que ele puder; ser, ter e fazer, essa sua própria vida, bem mais alegre e mais apreciativa ou escolher apenas ser um ego observador reagente, sendo bem mais inconsciente que ele puder chegar, que é viver no limitado mundo do medo e a depressão. A diferença é muito grande, de um lado está um criador deliberado, que relembrou que a única coisa que existe nesse jogo é escolher mais, o que ele mesmo quer apreciar mais para ele mesmo; ser, ter e fazer mais, tudo o que ele mesmo escolheu que realmente quer experimentar ainda mais, sempre permitindo o fluxo de Bem Estar passar por ele, indo e vindo, simultaneamente, ininterruptamente a Fonte de Bem Estar, moldando tudo nesse mundo físico holográfico e expandindo mais o Bem Estar.

E já do outro lado está o ego que se esqueceu de tudo, e por perder mais tempo e espaço ao focar em tudo, tanto no que ele muito quer, quanto no que sabe definitivamente que não quer. Mas, ele mesmo já se permite menos o fluxo de Bem Estar passar por ele, e ainda aprecia menos o jogo, ele passa mais tempo resistindo e ainda criando mais resistências a tudo aquilo que ele muito ainda mais quer, tentando uma hora consertar o que ele acha que está errado, se jogando contra, outra hora querendo eliminar uma coisa que, com o seu foco e atenção não dividida em cima disso, só se tornará cada vez mais, porque nesse jogo de escolhas, só existe inclusão, tudo tem de se tornar mais, para que haja a expansão. E esse é um jogo de escolhas num Universo em eterna expansão.

TODO INICIO DE ANO É ASSIM…

- sábado, 2 de janeiro de 2016

CAFÉ DA MANHÃ Eu adoro ter sempre mais, boas e melhores expectativas, todos os dias em muitos momentos. Eu sinto que muitos deixam para ter essa vibração de; ser, ter e fazer, sempre mais, o que já está no foco agora, apenas no começo de cada ano, e ainda esquecem rapidamente que, isso tanto vale para eu ter uma expectativa positiva sobre o que eu quero, quanto de tudo aquilo que eu mesmo sei que não quero. A minha expectativa é sempre um foco com a vibração que me permite a recepção daquilo que eu mesmo estou focado agora, e isso é sempre, aqui e agora. Isso vale para tudo, tanto para o que eu desejo muito quanto para tudo aquilo que eu não desejo. E é a minha atenção não dividida em cima disso, que ainda faz tudo isso ser sempre mais, e é exatamente por esse motivo, que eu tenho a vida que eu tenho agora. A única diferença é que eu incio a minha vida a cada momento, a maioria a minha volta, só no começo de cada ano, e já nos primeiros dias do ano, já esquecem o que desejaram e voltam a ter várias expectativas, só que, de ser mais um ano, igualmente duro, de muita luta, igual ao que já foi antes, uns dizem que pode ser até pior, enquanto que eu, sempre tenho a expectativa de que, tudo seja sempre melhor para mim; a cada dia, cada hora e a cada momento. E assim a minha vida é…

Eu fico rindo ao ver como isso passa quase que despercebido na vida das pessoas. Então, elas vão tomar o seu primeiro café da manhã no ano novo, dizendo e se justificando que estão, esquentando o pãozinho velho, porque voltaram a pensar em mais escassez, em alguém que ainda vai passar fome com certeza. O mais gozado, é que, apenas nisso elas tem absoluta certeza. E elas saem para ir comer fora comigo, e já voltam a ter suas velhas expectativas indesejadas ao dizerem… Só espero que a gente encontre vaga, na ultima vez eu tive que ficar rodando muito e ainda encontrei uma fila muito grande para entrar… Até na hora da diversão, no momento do jogo a tardinha, ao ver o parceiro, eles sempre voltam a ter as suas velhas expectativas sobre como vai se comportar, quem vai jogar com ele. E assim, as pessoas nem percebem que elas mesmas estão tendo muito mais, aquilo que elas mesmas estão mais focadas, a cada instante e mais, dando a sua atenção a isso, fazendo tudo isso, apenas se tornar mais, mesmo que seja tudo aquilo que elas mesmas já sabem que não querem. E isso é muito divertido de se ver, quando se é mais deliberado e consciente, tendo boas expectativas de foco e atenção em tudo o que se quer. É só não ficar com o meu foco nisso que eles ainda vibram, por mais de 17 segundos e cair mais na gargalhada, tendo as minhas próprias melhores e boas expectativas, sobre tudo aquilo que eu mais quero viver, aqui e agora.

ESTOU NO JOGO DIVERTIDO DE MAIS BEM ESTAR?

- segunda-feira, 2 de novembro de 2015

frescobol O meio mais simples, mais rápido de se saber é, observar se você mesmo já parou de competir, e isso é competir em tudo, em ser; o mais inteligente, o certo, o mais gostoso, o mais pegador, o que mais ganha dinheiro, o que tem que está sempre na frente. E não tem a menor graça em competir quando eu sei que eu posso ter sempre exatamente aquilo que eu quero. Em vez de eu me esforçar, deixar muitas vezes de me divertir, seja lá pelo que for, eu já sei que vou conseguir, então é só comemorar mais e apreciar ainda mais, tudo o que eu tanto ainda quero experimentar, aqui e agora. É certo que isso vem para mim, mais fácil, mais divertido se eu me mantenho no fluxo de energia e informação de puro Bem Estar que está sempre em expansão. Mesmo no meio do jogo dos que tentam perder. O que é impossível, até o lado da falta de um contraste o faz expandir e ir mais rápido de volta ao Bem Estar, é lógico que ele bate as botas para obter isso, mesmo não desejando isso… Por isso esse jogo na maioria das vezes é mais curto, muito se matam por ele…

A vida é muito divertida e é um jogo sem perdedores, todos sempre ganham, até mesmo quando você entra num outro jogo, no jogo dos que pensam que podem perder, mas nunca perdem de verdade. Veja que quem joga com mais; liberdade, felicidade e eterna expansão, está sempre tendo mais escolhas, é bem mais livre, é mais inspirado em tudo e esta em eterno crescimento. O jogo sem competição como um frescobol na praia, uma peteca ou uma pelada na grama da escola sem competição, todos se sentem bem, é sempre muito mais divertido, ninguém sai na porrada, já a competição foi criada pelo ego que envolveu isso com mais; raiva, inveja e o medo de perder ou escassez, o que nunca existiu… Tudo etá em eterna expansão…

E esse outro jogo é o jogo do “EGO” inchado e resistente, criado para tentar te fazer sempre voltar reforçar mais a sua própria sincronicidade resistente ao fluxo de Bem Estar, assim qualquer um que vir a disputar, a competir, sai do jogo divertido e da arte de apreciar mais a sua própria vida e passa a sua vida toda apenas apreciando e desejando o jogo divertido dos outros, que não competem, apenas se divertem muito e mais, sempre mais, e até ganham muito dinheiro por isso. Ou você já viu algum artista de muito sucesso ficar brigando entre si? Jogadores de futebol se matando porque perdeu um jogo? Eles saem e se divertem juntos vendo a turma que pagou para tentar ser feliz só um pouquinho, voltar a se matar por eles. Só mesmo quem comanda todas as competições tem interesse em mais ausência de Bem Estar, eles ganham para te causar mais isso e ainda te vender em pequenas doses, a felicidade que você já poderia ter, se voltasse paro jogo do Bem Estar.

A BELEZA DA DIVERSIDADE PRESENTE…

- quinta-feira, 15 de outubro de 2015

DIVERSIDADE TOTAL Nunca importa quem quer que essa pessoa seja; minha mãe, meu irmão, meus filhos ou qualquer um dos meus próprios netos, sempre será impossível eu mesmo entender o que a experiência de qualquer um deles, para ele é. Eu jamais posso pensar e sentir por quem quer que seja, a não ser por mim mesmo. Jamais existirá palavras o suficiente para eu mesmo descrever ou sequer entender, o que um outro ser está sentindo ao viver o seu agora. Todo esse sofrimento humano ao longo dos séculos só vem se agravando, sendo eternamente mais do que é, por esse exato motivo tolo. As pessoas ainda muito resistentes ao seu natural e eterno fluxo de energia e informação de Bem Estar, ainda querem que tudo seja o mesmo, e elas trabalham duro para que a mesmice seja implantada, como se isso fosse realmente possível. É uma coisa completamente sem nexo num mundo em eterna expansão. É realmente uma dura batalha, eternamente perdida. Como os Abraham sempre me relembram… Eu estou curtindo esse jogo físico, na linha de ponta do pensamento. Mas, eu nunca deixei de ser “não físico” também, alias, a minha maior parte que é muito mais sábia, por ter acesso direto a toda informação do Universo é não física, e para ela a diversidade é considerada uma coisa super importante, por ser a parte mais gostosa e benéfica da experiência da expansão, nesse jogo divertido que é a vida física, aqui e agora.