Posts com a Tag ‘hotel’

FACILITANDO MAIS A MINHA VIDA…

- domingo, 12 de novembro de 2017

bem estar O meu pensamento deve ser sempre o mais simples e mais fácil do mundo, sobre tudo isso ou aquilo que eu foco agora. Jamais devo me colocar fisicamente no meio das coisas. Eu só preciso saborear mais, tudo isso na minha mente, cada objeto de desejo. Faço sempre muito mais planos emocionais do que físicos, e sou sempre bem mais deliberado e específico sobre os planos, daquilo que eu mais quero sentir, em tudo o que estou fazendo e em tudo o que eu faço. Eu deixo a minha intenção dominante, ser a de sempre encontrar o que mais me agrada, sempre assim como eu já imagino agora…

O meu desejo é sempre de mais prazer, de sentir mais a sensação que eu mesmo quero sentir, e é sempre o meu desejo de me sentir bem agora. Eu quero que isso seja sempre a minha única luz guia. À medida que eu procuro por mais e mais pensamentos que me fazem sentir bem, estarei sempre entrando mais em harmonia vibracional com a Energia que é minha Fonte. E, nessas condições, apenas o bem pode chegar até mim; e só o bem pode vir de mim. E assim, eu estando consciente que estou no meu vórtice, eu procuro deliberar mais os pensamentos que eu quero ter, sempre provocando as sensações de mais, liberdade, felicidade e muita diversão…

A GRANDE META DA MINHA VIDA…

- sábado, 27 de maio de 2017

adoro meu corpo “Ser o mais feliz que eu mesmo puder ser”… Essa é a minha maior meta de vida. Embora eu aprecie as coisas que eu tenho e as coisas que eu venho realizando, o padrão de sucesso na vida não são as coisas materiais. Nunca é a quantidade de dinheiro ou os meus bens materiais, é absolutamente a quantidade de alegria que eu sinto em cada momento da minha vida. Há muito eu deixei de ser tolo. Eu não trabalho, não troco o meu tempo por dinheiro e muito menos sem me divertir e muito, já fazem mais de vinte anos, que só me divirto mais e mais com o que faço, vivo viajando, me divertindo, sempre de carro novo, em bons hotéis do nordeste, frequento os melhores restaurantes e todos os dias são feriados para mim, eu vivo literalmente em alguma praia que eu escolhi estar agora. E sonhando feliz com o meu drone tripulado. Tudo porque a minha meta é sempre eu ser o mais feliz que eu puder ser, e como eu sempre cumpro a meta, então eu dobro a meta…

O MEU “EU INTERIOR” É PURO BEM ESTAR…

- sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

inicio-da-minha-viagem A minha prioridade é sempre o meu bom relacionamento com o meu próprio ser interior. E eu pude sentir isso na pele, nessa semana maravilhosa, eu vivenciei mesmo, o quanto isso é muito bom para mim mesmo, praticando mais isso no meu dia a dia, seja em Salvador, em Friburgo ou no Rio de Janeiro. Essa foi uma semana cheia de pensamentos maravilhosos, que me permitiram um escandaloso e feliz alinhamento, onde pude perceber como eu fui muito importante, para um bom relacionamento, para com outras pessoas. Só quando eu estou realmente alinhado eu posso oferecer alguma coisa de bom, para qualquer pessoa com quem eu interajo, principalmente as que amo de paixão.

E nesses dias em que visitei muita gente; minha mãe, meus filhos, netos, meu irmão, e muitos parentes e amigos, eu pude realmente comprovar que, jamais eu devo voltar a deixar, com que o meu próprio comportamento seja influenciado, pelo meu desejo de manter qualquer outra pessoa feliz. Isso só me tiraria do meu próprio alinhamento com o meu Bem Estar. E sem esse alinhamento comigo mesmo, eu jamais tenho ou teria algo de bom, a oferecer para qualquer um deles.

E eu aproveitei cada momento de deslocamento físico, essas viagens de avião e ônibus, que fiz para revê-los, até mesmo os meus momentos íntimos no hotel, para meditar mais e me liberar de toda e qualquer resistência que eu pudesse vir a ter, nesses muitos encontros com esses muitos contrastes bifurcados, uma hora me mostrando o lado do seu próprio Bem Estar, em outras, apenas o seu lado de falta ou ausência de seu natural Bem Estar. E foi nesses muitos momentos de; poder, clareza e apreciação, que é esse meu próprio alinhamento gostoso, com o meu eu interior, que eu pude sentir o benefício disso, para todas essas pessoas que eu amo muito de verdade. E assim, em vez de eu tentar fazer o impossível que é, tentar me comportar apenas de uma maneira, em que eu mais agradasse a todas essas outras pessoas, em vez de a mim mesmo. Eu pude mostrar a todos eles, o como é fácil me manter alinhado consistentemente, com o meu próprio Bem Estar. Eu sempre encontro mais felicidade de dentro do meu próprio vórtice criativo. Porque toda a felicidade do mundo, que todos eles ainda estão procurando, está apenas dentro do meu próprio vórtice criativo…

AS FALSAS PREMISSAS DE FINAL DE ANO…

- quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

whisky Eu acabei de passar natal e ano novo na Bahia, fui para interior, curti a capital Salvador, tomei minha massagem deliciosa no Jardim de Alá, ali sentindo a brisa do mar, coisa boa de se apreciar. E nessas horas é que percebemos como as pessoas reforçam suas sincronicidades negativas e ainda realimentam suas falsas premissas querendo que os outros embarquem nelas. Elas até tentam ficar iradas comigo por eu ser assim… Mas, logo desistem. Elas dizem que tem pessoas que não tem o que comer, e eu sorrindo afirmo, só não tem porque não quer, e por dar mais ouvidos a pessoas como vocês, criadores e fomentadores de mais escassez. E caio na gargalhada até que alguém comece a rir também.

Elas ficam possessas quando eu festejo ter o que a maioria não tem, e ainda não estou nem ai para quem não tem. O pai de uns amigos de infância da minha amada morreu no ultimo dia do ano, todo mundo chorando e lá estava eu festejando sua volta a Fonte. Os caras ainda vem falando sobre a falta do dinheiro, e eu sorrindo muito, digo a eles. Cada um tem o que foca e dá a sua atenção. Por isso que enquanto vocês ficam ai chorando e reclamando da vida, eu vivo comemorando, o Whisky White Horse que vocês estão bebendo, o queijo do Reino, maravilhoso que estamos beliscando agora, veio para mim por eu estar focado mais e mais, apenas no que eu mais quero comemorar, eu nem precisei gastar o meu dinheiro que sempre está sobrando para eu realizar mais, tudo o que eu mais quero, agora.

Eu vou voltar para o Recife, e antes disso vou ficar em Aracaju, num bom hotel, frequentar os melhores restaurantes que eu escolher e festejar mais ainda esse ano que se inicia, e vocês estarão labutando muito e dando muito duro, por jogarem os seus muitos momentos de lazer fora, pensando, falando e focando sempre no que não querem. O que eu posso fazer é, apreciar mais o lado da falta que vocês contrastes vem me apresentando, para eu sempre voltar a desejar mais, o oposto do que eu vou me mijar de tanto rir, de como vocês desperdiçam tudo o que já poderia ser de vocês, aqui e agora. Seus muitos chororôs já fizeram vocês terem, cada um, uma verdadeira fortuna a sua espera, e só vocês se privam dela, eu acho isso tudo muito engraçado. Como eu já escrevi nos meus últimos posts de 2015. Vocês são divertidíssimos…

ENQUANTO AS PESSOAS TRABALHAM MUITO, EU ME DIVIRTO MAIS…

- quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Hotel João Pessoa A coisa que eu mais tenho ouvido nos últimos anos é… Você é muito doido, vive nas praias, está sempre viajando, sempre frequentando os melhores restaurantes, fica sempre em hotéis a beira mar, sempre de carro novo, sempre com muito dinheiro sobrando e, eu nunca o vi doente, triste, trabalhando ou falando do seu trabalho, você nem pergunta o que faço, só pensa em diversão e no que ainda vai fazer de bom na vida… Você não vive no meu mundo. E minha resposta para tudo isso é sempre algo semelhante a isso. Realmente eu adoro me divertir mais, atraindo tudo que eu mais quero, inclusive dinheiro. O trabalho, essa coisa horrorosa, foi só uma coisa criada pelo ego, que queria escravizar os outros, com medo do desejo deles atrapalharem os seus, dando a eles um sentido de valorização as coisas que os outros ainda fazem, pensando que são valorizados, enquanto ele mesmo, o ego que criou o trabalho se divertia mais, mais e mais.

E realmente é um trabalho muito duro, muito pesado, você nem se divertir mais em todos esses momentos maravilhosos que se passam e nem percebendo que ainda não passa mais tempo no seu natural Bem Estar, quando você mesmo vive, num mundo que é puro Bem Estar, onde tudo é próspero e abundante, inclusive a escassez e o sofrimento que o ego resistente encontra, bastando dar o seu foco e a sua atenção não dividida, a tudo aquilo que ele mesmo não quer, do mesmo jeito que eu dou a tudo aquilo que mais quero, me sentindo ainda muito mais feliz, aqui e agora.

A segunda coisa que eu mais ouço é… A conversa está boa, o papo está ótimo, mas, chegou a hora de eu ir pro trabalho, hoje vai ser dureza meu amigo. Na Internet não é diferente. As pessoas estão sempre escrevendo. Eu tenho que trabalhar mais na minha visualização. Eu tenho que estudar mais e praticar mais ainda a Lei da Atração. Outros ficam o dia inteiro copiando e colando códigos numéricos de um outro ego muito doido, pela casa inteira, nas redes sociais ou compartilhando com os amigos, esperando; o Bem Estar, sua saúde ou seu dinheiro, só depois desse trabalho árduo. E eu fico rindo muito de tudo isso… Eu me divirto muito todos os dias, em todos os momentos, sempre escolhendo mais o que eu mesmo vou focar e dar a minha poderosa atenção não dividida, em apreciar mais, tudo aquilo que a vida tem de melhor, isso é tudo o que eu ou qualquer pessoa de muito sucesso e muitas realizações, mais faz na vida, nos divertimos mais e muito, com tudo aquilo que nós mesmos fazemos, aqui e agora.

UM CONTO DE ANO NOVO… A Lei da Atração e as suas crenças…

- quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Sheik Arabe Para as pessoas entenderem bem mais claro, sobre o porque de elas já serem muito ricas vibracionalmente e mesmo assim, a abundância física, ainda não as acompanha na sua realidade do seu dia a dia, é preciso que elas mesmas entendam muito além do que as suas próprias crenças dominantes a permitem ser nesse momento. Por isso vou contar uma linda historia, para que qualquer pessoa, até mesmo uma criança possa entender como tudo funciona na sua realidade de agora… ABUN PODE SER VOCÊ…

Vamos contra a historia de ABUN, uma pessoa que a maioria diz e afirma ser uma pessoa muito normal, tudo por eles mesmos, serem assim também, iguais a ABUN, então, para a maioria as pessoas nada resistentes ao fluxo de Bem Estar, essas pessoas muito prosperas são as “anormais” ou “muito especiais”. Então, essa pessoa que eu dei o nome de ABUN, ele teve uma vida “normal”, seus pais também eram “normais”, lhes diziam desde pequeno que nada cai do céu, que tudo só vem com muito esforço, ABUN foi para as escolas e seus professores repetiram e repetiram as mesmas coisas, tudo só vem depois de muito esforço físico ou se fazendo algo muito especial, o que exige muita ação física, ou dedicação. ABUN ainda frequentou algumas religiões, e lá também se dizia que, ele deveria ter muito cuidado com a escassez que assola as pessoas e com o mal que vem sempre com as coisas muito fáceis na vida, essa coisas dos demônios para engana-lo ou tentá-lo…

ABUN cresceu e tinha uma vida pacata, até que começou a desejar coisas que ele mesmo apreciava em alguns momentos felizes, e com isso acabou encontrando um emprego que conciliava o seu desejo de apreciar coisas belas e a sua crença sobre trabalhar duro. ABUN conseguiu um emprego num grande hotel, o qual recebia pessoas abonadas em muita prosperidade. E ele ficava encantado ao trabalhar como carregador de malas do hotel, vendo todas aquelas pessoas prosperas e muitas de suas riquezas circularem ali, bem nas suas vistas. Eram pessoas que chegavam em lindos carros importados, com seus relógios de ouro, ele até sonhava em ter um para não se atrasar mais no hotel. E ele ficava encantado com as roupas que ele nunca tinha imaginado que existia. tudo era muito luxuoso. Até que depois de algum tempo trabalhando, a LDA atendeu um momento seu, em que ele mesmo se permitiu ficar por 69 segundos ou mais, apreciando tudo aquilo que ele mais gostou de apreciar.

Então, tudo aconteceu… Um Sheik Árabe muito rico se hospedou, e deixaram a sua cachorrinha escapar, o Sheik ficou alucinado com a fuga de sua cadela amada por ele e sua esposa preferida, e botou todo mundo do hotel a procurá-la, e quem achou a cadela foi ABUN, que estava sentado comendo uma coxinha de galinha e a cadela sentiu o cheiro e foi atrás dele e os dois brincavam, até ele ir atrás do dono da linda cadela. O Sheik ficou tão feliz que mandou o gerente do seu banco particular, esperar pelo ABUN para abrir uma conta corrente, onde teria alguns milhões de dólares já previamente depositados. ABUN só teria de ir no banco no horário normal e sorrir, para que o gerente o pudesse reconhecer ABUN pela foto dele sorrindo com a cadela em seus braços ao lado do Sheik. Ninguém nem pediu documento de ABUN.

Ao ABUN ser avisado por um dos funcionários da gerencia do Hotel, ele achou a principio que era uma pegadinha, ele não tinha feito nada de especial, não tinha realizado nenhuma ação física que pudesse ter uma recompensa assim, tão maravilhosa, e depois ficou pensando, eu não posso sair no meu horário de trabalho, eu vou acabar é sendo mandado embora. E mesmo assim o funcionário do hotel voltou lá dias depois e disse para ABUN, vai no banco ou o Sheik vai se aborrecer com o hotel e o hotel com você. ABUN meio desconfiado foi ao banco indicado, todo desconfortável, se sentindo mal, cara de preocupado, com medo de tudo ser uma brincadeira sem graça e ele ainda perder o seu emprego. O gerente ao ver ABUN, todo de cara fechada e muito tenso, pensou, esse jamais pode ser ABUN, como um cara que vai abrir uma conta milionária vai vir com essa cara de desesperado, de quem está indo para a forca, se sentindo muito mal? E nem o recebeu… Disse para o funcionário do banco, esse não é ABUN estão de brincadeira comigo? E ficou uma fera. ABUN, pensou, eu não disse que era um trote?

ABUN voltou ao hotel e deu o caso como encerrado, disse ao funcionário do hotel que tinha ido no banco e que tudo estava bem, e tudo ficou como está. O Sheik numa outra estadia de volta no hotel meses depois, quis saber de ABUN, o gerente do banco disse que ABUN não foi abrir a conta, ele calculou que ABUN, era muito tímido e resolveu comprar uma casa e uma carro de luxo, e mandou colocar em nome de ABUN. Mais uma vez ABUN ficou apavorado, ele ficou tão amedrontado com aquilo, que ficou doente e nem foi trabalhar por alguns dias, o encarregado de passar as coisas para o nome de ABUN, foi na casa dele e lhe pediu para irem no cartório passar a escritura da mansão pro seu nome e depois ir na loja para tirar a nota fiscal do carro em nome dele. ABUN quase que teve um ataque do coração. Ficou com tanto medo de que alguém estava querendo fazer dele um laranja, ele tinha lido isso num jornal. E disse pro funcionário, passe tudo para o seu nome e eu assino que recebi e tudo bem, eu não quero nada fácil, isso dá azar ou é coisa do demônio. E assim, ABUN, continuou trabalhando no hotel e admirando quando podia as coisas muito belas, mas, sempre bem rapidinho, nunca mais do que 17 segundos, porque a sua crença o dizia, cuidado vai acabar perdendo seu emprego, não perca seu tempo com seus sonhos, trabalhe mais, dê mais duro que você chega lá um dia…

E assim, são as pessoas que leem Abraham, que admiram a LDA e ainda só se permitem ir até onde as suas próprias crenças limitantes e resistentes que ela mesma criou as permitem ir, agora. Colocam fortunas em suas escrituras vibracionais, mas, vivem uma vida de mendigo, pedindo e recusando a receber o que já lhe foi concedido…

Se você quer o que ainda não tem, crie novas crenças…

- segunda-feira, 1 de setembro de 2014

café hotel Todos nós temos um paradigma, um sistema de crenças e assim criamos expectativas sobre uma infinidade de assuntos. Quando eu coloco a minha atenção sobre alguma coisa, vamos dizer sobre o tema dinheiro, uma vibração sobre isso é ativada em mim e é claro que ela vem à tona. E quanto mais eu me concentro na vibração do dinheiro, e a faço isso vir à tona, mais dominante essa vibração se torna em minha vida. E foi por esse motivo que foi muito importante eu mesmo criar uma nova crença positiva sobre o dinheiro. Eu primeiro procurei me sentir bem e repeti nesses muitos momentos felizes, que o dinheiro abunda em minha vida, e me sentia maravilhosamente bem de verdade. Agora eu apenas realimento cada vez mais essa crença poderosa a todo e a qualquer o momento, e faço isso todos os dias, até quando sento como hoje, num belo hotel, apenas para tomar o meu café da manhã. Eu olhei para todas aquelas escolhas maravilhosas e deliciosas que eu pude fazer e falei comigo mesmo, adoro a abundância de tudo na minha vida. É muito bom ter muito dinheiro sobrando…

Assim como eu também tenho sempre a escolha, de formatar um aspecto de bom sentimento com a minha amada KK, que é o que eu sempre quero ou o de um sentimento ruim que eu nunca quero. E independentemente do aspecto que eu escolha com mais frequência, ele sempre se torna o padrão vibracional desse meu relacionamento. E isso é a mesma coisas com todos os demais relacionamentos. E como a felicidade se tornou a minha prioridade, Ser feliz antes de tudo é tudo. Eu mesmo, deliberadamente mantenho ativo os aspectos de melhor sentimento com as outras pessoas, E assim eu treino dia a dia a; frequência, a vibração e a densidade de tal forma com que, jamais as pessoas serão capazes de se encontrar comigo de um modo que não seja o de um bom sentimento. Assim a maioria me adora. Quando não, é apenas o desalinhamento dela e não meu. E como eu procuro estar sempre alinhado com o fluxo de Bem Estar, eu estou sempre muito feliz…Tudo fica sempre bem…

O caminho de menor resistência para a realização…

- quinta-feira, 10 de julho de 2014

Criador magnifico A coisa mais maravilhosa que eu já percebi na minha vida foi que, enquanto eu continuava apenas falando sobre o que eu não queria, eu jamais pude fazer o que eu realmente queria ou desejava fazer. Eu lembro quando eu trabalhava como um doido; agências de publicidade, editora de, jornais, revistas e folders de turismo, lojas de lingerie e supermercado de moda intima… Eu sempre dizia a toda hora; eu não quero trabalhar muito e ganhar tão pouco, nem trabalhar muito e me divertir tão pouco, eu quero ter muito dinheiro para não precisar mais trabalhar; sábado, domingo e nem feriados. E assim eu mesmo passei anos e anos dando um duro danado falando sobre isso que eu não queria e vivendo pouco.

Mas, quando eu comecei a falar mais sobre o que eu queria mesmo… Eu adoro me divertir muito e ganhando mais dinheiro ainda, eu adoro ganhar muito dinheiro sendo mais livre e mais feliz agora. E o mais importante, quando eu mesmo fui capaz de começar a sentir o que eu queria sentir, com todo esse dinheiro rolando na minha vida; facilmente, livremente e constantemente, então isso realmente começou a acontecer na minha vida, como se fosse um passe de mágica… Hoje, vivo nas praias do nordeste, me divirto muito, troco de carros de dois em dois anos, tenho imóveis quitados, tenho minha própria ONG e a rede social dos desejos Vibreleve e meus aplicativos, que só me dão mais alegria a cada dia, e que já valem milhões de dólares, e eu comandando tudo isso, dos meus gadgets; nas praias onde estou, na piscina de casa ou de um hotel ou em qualquer outro lugar que eu escolha estar agora. O que eu posso dizer mais? Eu estou muito feliz e satisfeito e ainda apreciando muito tudo o que tenho e estou ansiosamente feliz, esperando por sempre mais…