Posts com a Tag ‘gratidão’

O EFEITO SANFONA…

- sábado, 27 de julho de 2019

gratidão Eu mesmo já saí há muito tempo desse pesadelo, que é sobreviver por ainda não estar mais consciente, com mais conhecimento e clareza. Mas, a maioria das pessoas ainda vivem em um mundo apegado a esse efeito sanfona; infelicidade e gratidão, impotência e gratidão, depressão e gratidão. Foi assim com o Collor, com o Lula, foi assim com o Bolsonaro e está sendo assim com o Moro. Haja falta de; consciência, liberdade e Bem Estar…

E quando alguém ainda sente essa gratidão fomentada pelos interesses ainda vivos, de mais dependência deles, os mitos, muitas das vezes ela mesma está mais olhando para uma dificuldade que ela mesma superou momentaneamente, seja; miséria, fome, impotência, tristeza, medo, insegurança e desvalorização. Mas mesmo assim, ainda há um pouco dessa vibração de “luta” presente nos pensamentos mais pensados e repetidos no seu dia a dia. E eu adorei sair desse círculo vicioso…

Eu relembrei que no estado de apreciação, é eu mesmo ver o que eu estou olhando através dos olhos da Fonte. E eu já posso andar por uma rua movimentada com todos os tipos de coisas que muitas pessoas encontrariam motivo para criticar, se preocupar ou ficar com muito medo, e eu já não tenho mais acesso a elas porque a minha vibração de apreciação está escolhendo para mim, só coisas de uma vibração completamente diferente, de uma natureza de mais Bem Estar, onde só tem o que é bom para mim…

ABRAHAM E A GRATIDÃO…

- sexta-feira, 28 de julho de 2017

abraham hicks Quando você sente gratidão, muitas vezes você está olhando para uma dificuldade que você superou, mas ainda há algo presente da vibração “de luta”. O estado de apreciação é ver o que você está olhando, através dos olhos da Fonte… Você poderia caminhar por uma rua lotada com todo tipo de coisas, que muitas outras pessoas encontrariam motivos para criticar ou se preocupar, e você não teria acesso a elas porque sua vibração de apreciação está escolhendo para você coisas de uma vibração de diferente natureza.

NINGUÉM FAZ NADA POR ALGUÉM…

- domingo, 12 de março de 2017

vortice pessoal A Fonte de Bem Estar aprecia todas as suas criações expandidas, ela nos ama incondicionalmente, e não espera e nem exige que ninguém seja grato ou tenha eterna gratidão a ela. Eu mesmo sou uma extensão da Fonte, em eterna expansão na linha de ponta do pensamento, aqui e agora, portanto eu sinto a minha necessidade de estar em eterna expansão, eu preciso estar sempre cooperativo, respondendo às muitas perguntas das outras extensões da Fonte, com as respostas expandidas que já tenho, e não faço isso por elas, as outras extensões da Fonte, mas sim por mim mesmo, que eternamente preciso sentir mais e mais Bem Estar, para continuar aqui e agora, sentindo mais Bem Estar, que eternamente passa por mim, sempre quando eu mesmo foco em algo que eu ativo e já me retorna mais Bem Estar… E é a minha atenção não dividida, o que faz isso ser sempre mais em minha vida…

POR QUE A “GRATIDÃO” É TÃO FOMENTADA?

- quarta-feira, 25 de maio de 2016

reforço-de-sincronicidades-de-crenças As religiões a priori, todas foram criadas por pessoas limitadas pelo medo, alguns poucos egos muitos resistentes, ao seu natural fluxo de Bem Estar, tudo com o intuito de formar e fomentar grupinhos separados, com a promessa de proteção e sobrevivência sempre ligadas ao medo a limitação imposta pelos dogmas, tudo para propagar suas crenças e realimentá-las. Assim, todas elas criaram as suas próprias escolas e os seus muitos partidos políticos para atuarem nas sociedades. Todas as religiões sabem que as pessoas fazem de tudo em tudo, para sentir o seu próprio natural fluxo de Bem Estar. E elas também sabem que a ultima emoção que é a porta que divide o natural Bem Estar e a sua própria ausência é, a emoção que tem o significado de “contentamento”, que tem em si, uma inerente extensão muito poderosa, que por se tornar dominante, mais pensada, esse subproduto chamado “gratidão”, uma espécie de alegria condicional; “eu sou grato por, eu sou feliz por ou eu te agradeço por isso ou aquilo”. Elas com isso fazem as pessoas sempre pararem na entrada do seu natural Bem Estar, pensando que a gratidão já é a verdadeira felicidade, já que o Bem Estar, estará sempre lhes chamando para dentro, e por todos passarem mais tempo nesse contentamento, esse passou a ser o meio mais fácil das religiões e todas as suas vertentes, fazerem qualquer um voltar a ser novamente resistente ao seu natural fluxo de Bem Estar.

Sem estar no seu natural Bem Estar, qualquer um já está dividido, porque todos nós já somos um contraste bifurcado, e o ego ainda resistente, não percebe que tudo está bem, que tudo mais é só ausência do seu próprio Bem Estar. Então, é muito mais fácil controla-lo e sempre puxa-lo mais para o mundo limitado do medo, mantendo todo mundo dominado. É só induzi-los sempre ao reforço da sincronicidade resistente. E como as mídias de massa, já fazem parte desse mundo limitado do medo, elas também foram criadas com a intensão de manter o maior controle que se pode ter, sobre tudo o que as pessoas mais pensam. Elas estão a todo o momento lhe fazendo recuar, e assim, não entrar no Universo de Bem Estar, que é o único lugar onde ninguém mais pode ser controlado. Enquanto as pessoas se iludem pensando que gratidão é uma alegria incondicional, elas podem e são facilmente chamadas, para ficarem novamente irritadas por qualquer coisa, logo são induzidas a se preocuparem mais com algo que, quem sabe pode acontecer, e muitos acabam ficando com raiva, e assim, todos vão descendo lentamente nas suas próprias escalas emocionais, quase que sem sentir, até voltar ao mundo do medo que é, onde se é bem mais frágil, onde se é totalmente dominável, por todos aqueles que já tem o conhecimento de como tudo é.

A MINHA VIBRAÇÃO É 99,9% DE TUDO…

- domingo, 6 de dezembro de 2015

curtir Quando a crença não permite uma pessoa ser abundante e prospera em tudo, sem a sua ação física, a pessoa sai por ai querendo fazer coisas, qualquer coisa, até sair escrevendo; “Gratidão”, “Namaste” ou simplesmente clicando em “Curtir”, como se essa ação física resolvesse alguma coisa. A verdade, é que uma ação física, até mesmo escrever, nunca tem nada a ver com abundância. A minha abundância é em resposta ao que eu mesmo estou sentindo agora, a minha vibração de agora. muita gente nem percebe que suas crenças fazem parte dessa vibração, portanto elas devem desvendar isso, porque elas ainda pensam que sua ação, seja ela qual for, ainda faz parte do que traz a sua abundância, e isso é ainda procurar tudo no lado de fora, é ainda encontrar o lado da falta do contraste que elas; enxergam, focam e dão a sua atenção, no seu dia a dia, na maior parte dos seus momentos. E então, a maioria ainda se justificam em querer continuar achando que o Bem Estar não é tudo, e nem acreditam que só é preciso apreciar mais, e lá vem elas escrevendo mais gratidão, o que só faz ainda aumentar mais a sua própria confusão…

GRATIDÃO X APRECIAÇÃO…

- sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

minha vida Eu desde a minha época de solteiro, tive muitos amigos que trabalhavam em bancos privados e estatais, minha madrasta mesmo, se aposentou no Casex do Banco do Brasil em Manaus, tive muitos amigos que viraram gerentes de muitos bancos; Caixa, Bamerindus, Banerj, Itau, Nacional e muitos outros, quando eu fazia festas para os confeccionistas, aqueles que tinham produtos no meu supermercado de moda intima, todos iam, alguns quando eu esquecia de convida-los eles se convidavam, todos esses amigos meus eram muito gratos, principalmente os dos bancos estatais, pela sua estabilidade, pela sua liberdade e mesmo assim, com todas essas evidencias de muito dinheiro rolando, todos sempre tiverem dificuldades de ter muito dinheiro sobrando, tudo deles foram comprados por financiamentos e empréstimos bancários. Numa desas reuniões alguns me perguntaram, como é que você consegue dar viradas na sua vida, da noite para o dia, como no caso em que você quase faliu?

Uma semana atrás você tinha uma divida muito grande, maior que tudo o que você tinha; editora, jornais, agência de publicidade, maquinários da gráfica e mais os carros e telefones, na época telefones custavam caro, mesmo com tudo isso, não davam para cobrir nem 20 % das suas dividas em vários bancos, tudo bem que tenha sido fruto de desvios de seu gerente com seu sócio, mas uma semana depois, você já não tinha divida nenhuma e ainda tinha carro e dinheiro para montar um novo negócio, como pode alguém quase declarado falido, mudar o jogo?

A diferença é que mesmo eu sendo budista, eu era dirigente budista naquela época, eu nunca curti essa coisa de gratidão, porque eu sei que tudo, até esse contraste com meu gerente e meu sócio, fui eu mesmo quem criei, eu nunca fiquei agradecendo a ninguém, nem ao Buda. Muita gente sempre me chamou de egoísta por isso, e eu sou mesmo egoísta com muito orgulho. Eu apenas aprecio tudo o que tenho, por isso eu sempre tenho mais do que eu mesmo aprecio na vida, eu aprecio até o dinheiro dos outros, se vocês também passassem a apreciar mais que ter gratidão por conseguir suas coisas com sacrifício e trabalho duro, também teriam muito mais de tudo o que apreciam… Eu não sou grato nem pela sua amizade, eu simplesmente a aprecio…

Gratidão foi colocada em holofotes para vender o The Secret…

- sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

The-Secret Tudo o que se tem a fazer é criar suas crenças a partir de seus próprios momentos felizes, e no tema que você mesmo desejar… Gratidão não é dizer sou grato, é estar feliz na maior parte do seu tempo, essa coisa de ficar pensando sou grato por isso e por aquilo, é racionalizar e quanto mais racional você for, menos emocional você será.

Você tem que ser muito mais emoção o tempo todo, seguir só a sua felicidade e mais ninguém. Eu mesmo não sigo nem o que eu mesmo penso, porque sei que minhas crenças são sempre limitadas, mas minhas emoções nunca são. Eu até minto para mim mesmo dizendo isso não tem importância, mas o que sinto é sempre muito importante, porque o que eu sinto nunca mente para mim, eu sei se estou sentindo o Bem Estar ou não. O mal estar é invenção do ego resistente, tudo que não é Bem Estar é apenas a falta dele mesmo.

Agradecer pelos nossos desejos como se eu já os tivesse realizado aqui é eu comemorar muito, é eu festejar muito. Aprecie apenas o que você mais gosta e estará agradecendo tudo, até o espirro que deu no ano passado. Sem essa de ficar agradecendo por isso ou aquilo, isso é coisa de religião, você tem é que comemorar muito, fazer a sua festa particular a cada momento.

Ah! Mas os Abraham também falam de gratidão… A gratidão que eles se referem é ter mais alegria em tudo em todos os momentos, você viu alguém dando um beijo na boca, faça festa, comemore, grite de alegria e seu beijo gostoso também vai vir. Cada um só entende até onde as suas crenças o permitem. Se você ainda tem crenças religiosas que realimenta, entende gratidão por pensar, escrever ou falar sou grata, para que as outras pessoas saibam que você é grata, mas os Abraham querem é que você comemore muito, faça a sua vida uma festa sempre que ver algo que te faz muito feliz…

Viu um carro novo e maravilhoso na rua; pule de alegria, coloque os dois dedos em sinal de positivo e pule com as mãos para cima, faça uma festa por que você apenas apreciou aquilo e o universo responderá essa sua vibração sem falha. Esse é o Peça e Será Atendido que os Abraham tanto falam… Mas, se você quer continuar a confiar no que eu digo ou no que você mesmo pensa é uma escolha sua. Eu prefiro confiar apenas mas minhas emoções…

Eu escolhi ter uma vida feliz…

- segunda-feira, 17 de novembro de 2014

dinheiro adoro Sou eu quem realmente escolho tudo na minha vida, então, além de escolher um pensamento de bom sentimento ao acordar e ele já ir atraindo o próximo, o próximo e o próximo, isso também me fornece um alinhamento com o meu próprio “eu interior”. E como eu sempre dou a minha intenção já ao acordar, conscientemente e deliberadamente, de só ver o que eu quero ver, de só focar no que mais alegria me trás, de só dar atenção as coisas que eu adoro apreciar, os meus pensamentos, a minha fala e até o que eu escrevo, já me mostram o meu próprio ponto de atração agora.

E assim, eu já não perco mais o meu tempo observando e reagindo ao que eu mesmo sei que não quero experimentar, então eu já não falo mais e escrevo muito pouco ou quase nada do lado da falta que existem nos contrastes, e é isso que faz eu mesmo me encontrar na frequência exata de estar mais alinhado com a essência pura e positiva da minha própria Fonte, e assim a minha vida vem sempre melhorando a olhos nus e tudo tem sido muito maravilhoso para mim, o tempo todo no meu dia a dia. Estou literalmente feliz e agradecido por tudo o que eu já tenho e estou sempre feliz e esperançoso por mais…

A hora de se encarar a realidade…

- domingo, 5 de janeiro de 2014

Maragogi O natal já se foi, ano novo também e, é hora da maioria voltar a enfrentar a sua dura realidade pela frente. E é nesse exato momento em que eu vejo, em como a minha vida é maravilhosa e fica ainda melhor a cada dia, e ela vem ficando muito melhor a cada ano que passa. Mas, para isso eu mesmo precisei ser, cada vez mais, bem mais deliberado em comandar a minha própria realidade e, isso de dentro da realidade de muitas outras pessoas, em me misturar no meio do muitos mundos diferentes. Tem um vídeo dos Abraham que eu amo, ele fala bem claro que, se manter no fluxo sozinho, é bom e muito mais fácil, do que estar em contato com muitos mundos desalinhados, com esse fluxo do Bem Estar que me é natural. Mas, que o barato da vida é mesmo, se estar tão alinhado que, ao sair e se misturar com os outros e ainda assim, ser bem mais deliberado, poderá ser uma das melhores aventuras e experiências construtivas, de toda a nossa vida física, pois é nessas horas que eu realmente sinto, toda essa gostosa sensação do meu real poder.

E isso é a mais pura verdade, fizemos uma viagem de carro fantástica, sempre é uma aventura muito maravilhosa, tanto a de ida a Salvador, como a de volta ao Recife, fomos à muitas casas de amigos e parentes, todos os anos nossa lista de presentes cresce mais, isso trás mais felicidade, e assim, deliberamos como seriam nossas festas, e o mais difícil que é, deliberar como será o conteúdo da troca de energias, nessas infinitas probabilidades de, mais belos momentos de vida. Porque mesmo em meio a um ambiente festivo do momento, as pessoas nem sentem, mas se eu deixo solto, elas apenas trocam mais informações do que mais elas não querem das suas vidas, e sobre a dura realidade que terão de enfrentar depois das festas.

Cada um quer contar os seus próprios problemas, como se cada um quisesse que, o seu fosse o maior. Um é sobre o seu trabalho que ainda faz e não gosta, um outro, sobre a sua saúde que já não está mais tão boa, outro que bateram no seu carro e a sua dura ação para tentar resolver tudo isso e, se eu mesmo não estivesse totalmente deliberado, em me manter no fluxo e voltar a tomar as rédeas, de cada momento dessa minha realidade momentânea, eu mesmo acabaria apenas sendo, apenas mais uma caixa de ressonância de todos seus problemas, que eles trocam ano a ano, e eles voltariam a brindar e a comer no meio dos seus muitos reclames.

E é ai que eu entro e sinto, todo o meu poder do agora, toda a minha liberdade de escolhas, todo o padrão de felicidade que venho pré-pavimentando em minha vida e até como, a minha vida vem se expandindo para melhor, enquanto que, todos eles, só são bem mais do que eles mesmos já eram, em todos os anos anteriores; mais resistentes ao fluxo de Bem Estar, mais lutadores e esforçados, em tentar encontrar mesmo, o que fazer para eles quem sabe, poderem voltar a sonhar com a prosperidade e a abundância que eles tanto ainda desejam em suas vidas.

E é nesse exato momento, que podemos nos ver poderosos, as pessoas param para olhar bem no meio dos seus olhos, quando você é o único que não quer colocar seus problemas para fora. Esse é o momento quando, as pessoas olham para mim, e eu sinto que eles se perguntam, que mundo que ele vive? Esse cara não vive a nossa realidade… E alguns se voltam pra mim com seus olhos brilhando de sede de se sentir bem, outros como quisessem me dizer, lá vem esse cara estragar a nossa festa, eu nem contei a pior parte da historia que aconteceu comigo ainda…

E o melhor de tudo isso é, quando tudo isso acaba e eu bato a minha cabeça no travesseiro e agradeço muito feliz, pelo meu mundo estar cada vez mais prospero e abundante de; energia e informação de Bem Estar, que sempre expande tudo para melhor. Sou eu mesmo quem faço a minha própria realidade; onde, quando e com quem eu estiver, aqui e agora.

Sou eternamente grato, por toda essa abundante prosperidade em minha vida…

- quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Arquétipos Edu Billy A própria vida já nos mostra que tudo é sempre abundante e prospero, a física Quântica, só veio comprovar mais isso tudo. Porque tudo o que a minha consciência for capaz de imaginar, os átomos são capazes de se reunir, de se agrupar, de mudarem de frequência para ganhar um vibração semelhante e dar assim a forma desejada a tudo o que eu já sonhei acordado nessa vida. Porque tudo o que existe, aqui e agora, são apenas ondas de infinitas probabilidades focadas por essa individualização que sou eu, aqui e agora.

Não há falta de nada. Nem a escassez existe de verdade, tudo é criado na minha própria mente. E essa minha atenção a falta de algo desejado por mim que, sempre produzirá uma emoção negativa dentro de mim mesmo, porque eu já nasci com esse meu GPS emocional, que é o meu “eu interior”, que esta sempre me dando a devida orientação que eu precise, mas que ele também, sempre me deixará saber que, eu mesmo, nesse momento de falta de Bem Estar que me é natural, eu mesmo me desviei da minha compreensão mais básica e mais ampla, de grande abundância e total Bem Estar. Porque isso sim, é o meu verdadeiro inalienável direito a liberdade de sentir e escolher, o que eu mesmo quero experimentar, aqui e agora.

E para mim, não deixa de ser um contraste, eu mesmo ver, como as pessoas ainda hoje,estão muito mais focadas, sobre a falta de tudo, inclusive sobre o dinheiro que lhes é muito importante, quase que em tudo e em todos os momentos, nessa sociedade capitalista que, a grande maioria se esqueceram que tudo é; energia, frequência e vibração viva. Outra coisa ruim de se ver e perceber, são as pessoas mais próximas, as que amamos muito, ainda pensando, como se elas tivessem apenas tantos anos para viver e, assim para elas, a cada dia que passa, que é gasto por ela, é de um dia há mais, perto do fim dos seus dias. E esse sentimento de declínio é completamente contrário à minha mais ampla compreensão da natureza eterna do meu ser. Eu sou apenas mais uma, energia e informação viva que não morre, nessa forma de individualização física, criada pela própria Fonte de Bem Estar, que é eterna e está em plena expansão de; liberdade, felicidade e abundante prosperidade, aqui e agora…