Posts com a Tag ‘furação’

EU SÓ VOU ATÉ ONDE MINHAS CRENÇAS PERMITEM…

- quinta-feira, 5 de outubro de 2017

ESCALA E SINCRONIA Essa é a base do conhecimento de como encontrar, onde se pode mudar ou pular para outras realidades paralelas que desejamos agora. Eu tenho sempre que estar formatando e expandindo minhas próprias crenças. E uma crença é só a somas dos pensamentos emotizados que eu tenho agora mais pensado. E a Fonte me mandou através de dois acessos, Abraham e Bashar, duas poderosas ferramentas para eu usar mais, junto com o meu GPS emocional e permitir ainda mais. Os Abraham me relembraram de cara, desde o primeiro acesso atrás do livro que encontrei pela Internet, o qual tinha sido traduzido e disponibilizado no velho Orkut, pela Luciene Lima, pelo qual, eu a aprecio e muito, essa minha inseparável “escala das emoções”, e que só ultimamente eu tenho concebido como tirar muito mais proveito dela. Já o Bashar me deu acesso a forma do “reforço da sincronicidade do ego”, sem isso, eu jamais poderia saber das artimanhas do ego resistente em tentar se manter no comando…

Hoje com essas duas ferramentas eu me sinto mais livre, mas poderoso e mais permissivo. Eu posso confiar mais, no que as pessoas a minha volta estão fazendo, para que as suas vidas se desdobrarem da maneira que eles mesmos acharam, para levarem ela adiante. Ninguém ensina nada a ninguém com palavras, só podemos ser exemplos de Bem Estar. Então, quando estou na praia, apreciando tudo o que eu já tenho e que já consegui até agora, e ainda ansioso por mais. Eu posso bem no meio de todo mundo, criar na realidade que eu mais quero agora. Eu pego minha escala emocional e a coloco do meu lado, saio com o meu foco procurando algo que me dê retorno de mais Bem Estar, e ao achar eu apenas dedico a minha atenção, brincando de viajar pelas emoções que estão no topo em azul, e fico ali até mais de 69 segundos me divertindo mais, de estar no olho do meu vórtice apreciando tudo e fazendo as minhas afirmações. E como eu estou eternamente interagindo, sempre quando saio desse furacão de emoções que é o vórtice, sempre aparece o lado de falta de Bem Estar, de algum contraste bifurcado, e é ai que eu tenho a maneira de eu perceber em qual sincronicidade eu estou entrando agora. E com a parte de trás do meu marcador de livros, eu tenho ambas as sincronicidades, a que eu quero e a que eu devo largar de lado, no momento em que eu a perceba, agora…