Posts com a Tag ‘filosofia’

PARA QUE SERVEM OS PROCESSOS OU CURSINHOS?

- domingo, 2 de julho de 2017

Só para satisfazer os egos ainda muito resistentes. Eu adorei ter lido os livros da Esther e Jerry Hicks, ver os vídeos dos Abraham, Bashar e Osho. Os três tiram muito sarro da maioria das pessoas, que ainda tem o ego muito resistente e que ainda querem muitos processos e seus muitos cursinhos. E ainda tem aqueles que querem ensinar ou escrever livros, sobre aquilo que nem eles mesmos, ainda colocaram em pratica. Abraham, deixa bem claro, que ninguém tem, nem mesmo eles, como orientar alguém em direção a alguma coisa. Eles querem que cada um tomem suas próprias decisões sobre os seus desejos. Que todos somos capazes de fazer isso individualmente, ninguém tem como errar. Que o único desejo deles é que cada um descubra por si só, o seu próprio caminho para o seu desejo. Eles são tão sacanas que dizem… Se você só buscasse “ser feliz”, de qualquer jeito ou maneira, tudo estaria resolvido. Não precisaríamos de escrever nenhum livro. Mas, vocês pedem e como temos que responder, por isso repetimos as mesmas coisas em muitos livros que vocês pedem. Mas, tudo poderia ser muito mais simples e divertido…

O Bashar já tem uma outra linguagem, mas ele também diz as mesmas coisas, ele só responde dentro das crenças das pessoas que estão mais focadas em vidas fora da Terra, ele também diz que “circunstâncias nenhuma importa, o que realmente importa e o que estamos sentindo”. Mas, como a maioria pedem processos, e como ele também tem que responder, então ele disponibiliza de alguns processos. Osho já é bem mais descarado, muito mais sacana, ele faz as pessoas darem um nó no ego resistente. Ele diz que não tem filosofia alguma para seguir e nem para passar para alguém. Ele diz que as pessoas que tem filosofia, geralmente não tem nenhuma vida. A vida por si só é abundante e prospera, o seu próprio Bem Estar é tudo, o amar é normal, a vida sempre é abundante, o sorriso brota sem nenhuma razão, porque a existência toda já é hilariante. E tudo isso é apenas desfrutar a vida. Não existe nenhum amanhã, portanto ele nunca chega, ele é só um processo de preocupação. E tão pouco existe o ontem. Um não é mais… O outro ainda não é… Tudo está no, aqui e agora. Só isso já comprova que a vida é muito divertida e completamente hilariante… Mas, é muito divertido ver as pessoas darem uma volta danada para chegaremAcessos a… “SEJA FELIZ” de qualquer maneira que encontrar…

EU PRECISO PASSAR ISSO PARA ALGUÉM…

- domingo, 10 de abril de 2016

falar para alguém Eu passei muitos anos dando muitas palestras pelo Brasil, sobre; budismo, revolução humana e como ser mais criativo, e depois da chegada dessa maravilhosa Internet e suas redes sociais, eu passei a escrever mais, agora sobre a minha própria e nova filosofia de vida, que é ou se resume em uma só frase. “Ser feliz antes de tudo é tudo”. E foi ai que eu me encontrei com vários outros acessos importantes a Fonte de energia e informação de puro Bem Estar. O primeiro que me relembrou que se eu quisesse realmente conhecer o segredo do Universo, e ainda ter cada vez mais acesso e ser mais consciente e bem mais deliberado, do que eu já era, foi o Nikola Tesla, me dizendo que tudo se baseia em; energia, frequências e vibração. Depois vieram; os Abraham, Bashar e Osho, e até a parte racional disso tudo, a física Quântica, que me relembraram cada vez mais, quem eu realmente sou, agora, e como tudo funciona.

Do mesmo jeito que eu também queria passar tudo isso para outras pessoas, a maioria quando ouve ou lê algo que eu penso e escrevo, e que ela acha isso importante, ela logo diz. Vou passar isso para essa pessoa, ou, o fulano ou a minha mãe precisa muito disso. Mas, a pessoa que realmente precisa fazer alguma coisa, jamais é essa pessoa que ela está pensando. A pessoa que precisa fazer alguma coisa, é ela mesma. Sempre sou eu mesmo. E do mesmo modo, existiam e ainda existem hoje, as pessoas que ainda não merecem mesmo, os meus bons pensamentos. Em outras palavras; “Eles são realmente maus. Elas não prestam. Eles estão errados! Elas são inadequadas. E eles realmente não merecem mesmo os meus bons pensamentos”, e eu teimosamente não lhes dou qualquer bom pensamento, ao contrario. E eles podem não merecer os meus bons pensamentos. Mas, eu deveria faze-los. Porque eu mereço os meus bons pensamentos sobre eles. Isto é o que a Arte da Permissão é. É permitir que o meu próprio Bem Estar, se sobressaia em toda e quaisquer circunstâncias. Só o que realmente importa é o meu sentimento, esse meu natural fluxo de Bem Estar.

Então, hoje eu digo mais; esses políticos realmente me mostram tudo o que eu não quero, aprecio por de mais, eles estarem me mostrando fortes evidências disso tudo que me deu mais clareza sobre o que não quero. Os professores realmente ainda são os mais analfabetos Quânticos que eu conheço, mas foram esses seus lados da falta de Bem Estar aflorado, que me mostraram isso, e por isso eu os aprecio, agora. Os religiosos são os egos mais resistentes ao fluxo de Bem Estar, que eu jamais poderia encontrar, mas foram essas evidências que me fizeram buscar mais; liberdade, mais felicidade e mais expansão. Eu adoro ser bem mais feliz agora, e nada é mais importante para mim do que a minha própria felicidade. Eu adoro minha mulher, meus filhos e meus netos, mas a única coisa mais valiosa que eu posso lhes dar é, a minha própria e eterna felicidade, como exemplo de vida, aqui e agora.

Ser exemplo de Bem Estar é tudo de bom…

- quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

brad-pitt-e-filhos Eu estou sempre contando uma historia de algo que eu mesmo já vivi, eu adoro fazer isso, durante muitos anos de budismo, todas as semanas nas reuniões da ONG BSGI, se tinha relatos de experiências de pessoas comuns, essas que usaram a sua felicidade para passar por um obstaculo. Quando não tinha ninguém para contar eu mesmo contava um. E isso fazia a próxima reunião bombar, todas as pessoas adoram se sentir bem. E como eu sempre estava fazendo muitas coisas acontecerem, era muito mais fácil para mim sempre ter muitas experiências de ter um encontro com um contraste e focar só no que eu mais queria, a felicidade.

Eu nem ligava para as poucas pessoas que estão sempre resistindo mais, ao fluxo natural de Bem Estar, eu zuava muito deles, eu as usava como mais um lado da falta de mais um contraste. Então, rir é sempre o melhor remédio. Essas pessoas geralmente fizeram muitas coisas fisicamente, mas, realizaram poucas coisas na sua vida, pensaram mais, raciocinaram muito mais e sentiram menos Bem Estar do que a falta dele mesmo. Elas acreditaram ou ainda acreditam que ela tem algo que é para ela fazer para sempre, e só no final ela poderá ser feliz. Nisso o budismo não é diferente das outras filosofias de vida. E assim elas não tem muitos exemplos de Bem Estar para dar. Elas ainda continuam a resistir mais o seu próprio fluxo natural de Bem Estar, ou estariam todas elas, cheias de exemplos de puro Bem Estar.

Uma filosofia em eterna expansão…

- segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Tudo na vida se expande, ninguém pode ser menor do que já se tornou, e jamais podemos excluir um só pensamento. Porque a base de tudo é a liberdade, a felicidade e a expansão. Tudo está se expandindo, inclusive a minha percepção e o que eu mesmo concebo, aqui e agora. Porém, a maioria das pessoas se apegam a determinados conhecimentos que, foram produzidos numa época que, nada tinha a ver com o que vivemos hoje. Eu mesmo conheci o budismo ainda adolescente, e como ele é baseado na Lei de Causa e Efeito, então eu passei a criar causas que, mudariam definitivamente a minha vida. Isso em todos os sentidos.

Como eu sempre fui muito rebelde, eu nunca aceitei muito bem determinadas coisas como; o Karma, e essa coisa de que, ao eu me aprofundar no ensino, eu tinha de ficar esperando os três obstáculos e as quatro maldades, que aconteceriam na minha vida de qualquer maneira. Para mim, ambos eram apenas desculpas. O Karma para as pessoas aceitarem certas coisas inexplicáveis em suas vidas. Os obstáculos e as maldades, para justificar as coisas ruins que é comum para quem dedicava a sua atenção ao que não quer, mesmo praticando a Lei de Causa e Efeito. Eu ainda me perguntava; Se eu posso produzir uma nova causa a todo o momento, porque eu tenho que ficar esperando algo ruim em minha vida?

Com o passar dos anos, eu fui percebendo que, eu era o único criador de minha própria experiência de vida. E como o criador de minha experiência, isso jamais poderia ser só o efeito da minha ação, ou daquilo que eu me propusera a fazer e bem que, era recitar o mantra e a liturgia e fazer a propagação do budismo, fazendo novos adeptos. E foi nesse momento que passei a me dedicar a ler mais. Napolleon Hill me ajudou muito, porém a minha sede de conhecimento era muito maior. Eu mesmo já tinha as minhas próprias teorias, como a Transmutação Sexual. Mas, foi com o advento da Internet que tudo se esclareceu mais. Eu encontrei outras pessoas ainda vivas pelo mundo que, buscavam o mesmo que eu. E foi dai em diante que eu percebi que era importante eu não só entender que, a causa não era em virtude só da minha ação, que nada tinha a ver com o meu fazer e que nem mesmo era pela força das minhas palavras que, eu estava criando. Eu estava criando em virtude do meu próprio pensamento que, eu mesmo estava nesse momento oferecendo. Mas, só ,depois que descobri os Hicks e Bashar que, entendi que minhas emoções eram fundamentais.

Eu jamais posso falar ou oferecer uma ação sem ter pensamentos que, na verdade são apenas vibrações que, sempre ocorrem ao mesmo tempo, no entanto, muitas das vezes eu estava oferecendo um pensamento, uma vibração, sem oferecer nenhuma palavra sequer e nem mesmo produzindo ações físicas. Foi quando entendi que, ate mesmo as crianças ou os bebes aprendem a imitar a vibração de nós que somos pais e até dos adultos que, os rodeiam, isso muito antes de eles aprenderem a imitar as nossas palavras. Hoje eu concebo que minha emoções são as coisas mais importantes em minha vida, que ser feliz ante de tudo, é tudo. E é assim que eu agora vivo, sempre deixando fluir por mim o fluxo do Bem Estar, e procurando um alivio constante, para me manter indo junto com o fluxo de energia da Fonte.

O Bem Estar, como uma filosofia de vida…

- terça-feira, 3 de abril de 2012

O Bem Estar é um fluxo de energia da Fonte (DEUS), esse fluxo é totalmente; livre, em continua felicidade e permanente expansão. Ele está sempre e totalmente presente em tudo o que vemos nesse Universo.

Todos nos somos energia dessa fonte, e é pra lá que voltaremos depois dessa jornada emocional por esse planeta chamado Terra. Portanto se você quiser comprovar isso é muito simples, basta colocar qualquer coisa, qualquer objeto ou até qualquer parte do seu corpo físico em baixo de um poderoso microscópio que, ira comprovar que, tudo não passa de energia que se movem sem parar.

A Fonte, essa consciência infinita, ao focar sobre esse corpo físico idealizado por ela mesma, condensou as energias, fazendo-as girar em menor velocidade para que, elas mesmas pudessem se agrupar e assim formar todos os objetos físicos, como; seu corpo, os objetos sólidos, líquidos e gasosos.

Portanto, tudo precisa seguir o fluxo do Bem Estar, tudo o que não segue esse fluxo natural, cria resistência ao próprio fluxo do Bem Estar, então você se sente mal, passando a se iludir, acreditando existir outro fluxo, o do mal estar, o que na realidade, é apenas a ausência do Bem Estar.

Então, todos os caminhos são validos, todas as crenças são validas. Até mesmo as que te levam a resistir ao seu próprio Bem Estar, porque são elas que, se tornam os contrastes, aquilo que não queremos, e sempre existem escolhas, se você teimar em resistir ao fluxo, você apenas volta mais rápido pro fluxo, se você escolhe encarar algo que não gosta como contraste, um novo desejo nasce em você imediatamente e amplia todo o Universo, inclusive a Fonte.

Não importa no que você acredita, o importante é você está atento a tudo o que sente, se sente bem, está no fluxo. Agora vamos ver o que é realmente se sentir bem, estar no fluxo, em primeiro lugar, quem está no fluxo, se sente livre de tudo; livre de convencer alguém, de querer ter razão, de se explicar para alguém, de se justificar pra alguém, de querer justiça, de querer culpar e o mais importante, se sente feliz com tudo, vendo até o que não quer, porque sabe que aquilo, apenas vai lhe fazer desejar mais, e assim estará sempre expandindo seus horizontes em todos os sentidos.

Qualquer coisa contraria a isso é pura resistência ao Bem Estar. Agora eu te pergunto, sério, você quer mesmo bater as botas mais cedo? Eu adorei isso aqui e quero curtir tudo isso aqui ainda mais…