Posts com a Tag ‘felizes’

O MOMENTO É DE ABUNDÂNCIA…

- quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

liberdade Ninguém pode estar com um sentimento constante de pobreza e permitir que a abundância venha para a sua vida. Essas são duas vibrações completamente distintas que nunca se combinam. É preciso praticar bons pensamentos que me tragam melhores sentimentos, para assim eu mesmo encontrar mais, a vibração de abundância. As pessoas nesses momentos de muita pressão costumam dizer, “Eu estou agora, bem no meio de um momento de crise total; escândalos financeiros, muitas pessoas perdendo suas fontes de renda, negócios fechando e o país indo de mal a pior, onde não existem evidências de abundância, como posso encontrar a vibração de abundância?” Os Abraham nos relembram: Cada pessoa, cada extensão da Fonte em eterna expansão, tem que usar agora, o seu poder de fazer escolhas. Ou eu escolho focar mais e continuar dando mais atenção, à todas essas muitas circunstâncias desagradáveis, perpetuando apenas mais disso ou eu escolho agora, passar a focar mais e dar muito mais atenção, mesmo que seja imaginando, eu mesmo, em momentos de muita abundância, e nunca importando abundância de que…

Eu vejo abundância de dinheiro sendo mostrado a todo o momento pela lava jato. Eu olho para as esposas e amantes dos políticos e vejo abundância de mulheres lindas. Eu vou a praia e vejo abundância da água do mar, de ondas maravilhosas, de grãos de areia que, todos os dias são levados de uma maneira ou de outra para as infinitas casas e nunca falta areia na praia, vejo até a abundância de sorrisos sinceros das crianças felizes. Eu olho para o transito e vejo a abundância de carros novos circulando. Eu ando pelas ruas, pelos bares e vejo a abundância que tem de egos resistentes, de gente reclamando da vida, e eu só tenho mais o que agradecer.

Mas, de uma maneira ou de outra, eu sempre tenho de encontrar uma maneira de oferecer uma vibração que corresponda a abundância, antes mesmo da abundância poder fluir em minha experiência, agora. Cada pessoa tem que sentir ao seu jeito, de verdade, a maneira que ela quer viver. Em outras palavras, se tem de ser feliz, mesmo na ausência do que ainda muito se quer. E com o tempo, o que se deseja virá com toda a certeza. Circunstancias nunca importam, o que realmente importa é o meu Bem Estar, aqui e agora.

TODOS OS DIAS SÃO, O DIA DA CRIANÇA GRANDE…

- segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Crianças-felizes-na-praia Enquanto as crianças fazem todos os dias serem os seus melhores dias, até que os adultos, os seus próprios pais as fazem ir diminuindo toda essa inerente; liberdade, alegria e expansão, isso já nos primeiros meses depois de começar a andar, ai entra meses a meses, ano a ano, com o famoso, agora não. Agora, vocês tem o dia da criança, o dia certo e a hora certa das crianças comemorarem, assim como o papai tem o seu dia, e a mamãe também. A maioria dos adultos, já não levam mais o seu Bem Estar, esse seu “eu interior”, para quase lugar algum. Isso é muito fácil de se comprovar, vejas as brigas e discussões no transito, logo de manhã, até mesmo no papo que as pessoas levam ao acordarem cedo e ir, se banhar, caminhar ou pedalar, pela orla maravilhosa, com um Sol nascendo maravilhosamente escandaloso. TODO O DIA É O DIA DA MINHA CRIANÇA FELIZ, QUE EU MESMO A REALIMENTO, AGORA!

QUAL O MELHOR CAMINHO, O MAIS FELIZ?

- segunda-feira, 22 de junho de 2015

crianças O caminho mais feliz e o mais fácil é sempre o caminho de menor resistência. Eu sei que só existe um único fluxo de energia e informação que é de puro Bem Estar. E ele é simultâneo, então eu tenho que senti-lo em todos os meus momentos, vindo e indo de volta a Fonte, ele é ininterrupto, o que me garante jamais ter escassez, ele é eterno e expansivo, o que me mostra como deve ser a minha vida, uma eterna expansão. Eu tenho de estar sempre desejando mais, porque é isso que chama essa energia da vida a passar por mim, independente de eu realizar o desejo agora ou de eu ter encontrado o lado da falta desse mesmo desejo contrastante, afinal todo desejo é um contraste, inclusive eu sou um contraste, tenho o meu lado desejo e o meu lado falta, quem foca em mim que vai extrair o que quer, se está feliz, eu sou um desejo em forma de um bom relacionamento, se está infeliz eu sou o lado de falta do que ele quer, se sentir bem. A grande sacada é fazer como as crianças sempre fazem, elas desejam tudo, e não estão nem ai, se elas vão realizar agora ou não, elas tem a certeza que isso desejado já é delas, elas já sentiram toda a felicidade disso desejado. E partem para desejar mais, por que é isso que as fazem sempre mais felizes e ponto final.

Alegria no inicio… Alegria no meio… Alegria no final…

- terça-feira, 16 de setembro de 2014

crianças muito felizes Eu jamais vi alguém fazendo algo, estando infeliz, ter um final feliz. Isso é praticamente impossível. Tudo o que eu precisei fazer para ser sempre mais feliz, e atrair tudo o que eu preciso e quero e ainda ser sempre um grande sucesso, fazendo apenas aquilo que mais me faz ainda mais feliz agora, foi procurar no inicio de tudo, um pensamento que me fizesse sentir alegria naquele exato momento. A minha vida é agora, não é no happy hour, no final de semana e muito menos é nas férias, a minha vida é, aqui e agora. E eu só sei se estou feliz mesmo, se eu mesmo estou desejando agora que esse momento jamais acabe…

Todas as crenças resistentes ao fluxo de energia de Bem Estar foram criadas ou formatadas em minha vida com muitas repetições e sempre envolvidas por emoções de ausência de Bem Estar, quanto mais racional eu fico, mais eu mesmo raciono esse fluxo de Bem Estar em minha vida. Então, as pessoas vivem repetindo a minha volta. Agora não dá, agora eu tenho de trabalhar, vamos nos divertir mais tarde. Agora é a hora da luta. Hoje vai ser mais um dia de cão. E por ai vai… Porque foi isso que a maioria ouviu dos pais, dos professores e dos seus lideres religiosos. Se esforce muito primeiro e depois descanse que a hora de se divertir vai chegar. E o único que não faz o que prega, são os lideres religiosos, que já estão de olho nas nossas crianças de 4 anos, para que entrem nas suas escolas de aprender a resistir a felicidade…

Agora é lei colocar os filhos aos 4 anos nas escolas. Mais uma lei resistente ao fluxo e completamente inibidora de mais; liberdade, mais felicidade e mais expansão. Os pais em vez de estarem apreciando a visão especial que cada criança traz para esse grande mar de diversidade e contraste, que é o material apropriado para que toda a criação venha surgir nessas crianças. Eles as colocam em lugares onde as pessoas vão tentar fazer de todas as maneiras com que as crianças se tornem iguais, saiu fora do padrão, castigo ou isolamento para não incentivar os outros. Percebeu agora que ninguém, nem quem fez essa lei, nem os pais e muito mesmos os professores, tem a consciência ou mesmo a habilidade, para ver as crianças como “os seres muito especiais, muito individuais que elas realmente são de verdade”. Mesmo sabendo que todos nós somos seres realmente individuais, com talentos muito especiais. Só precisamos colocar isso para fora com toda a alegria que pudermos emanar, porque fazendo apenas isso e todos nós teríamos o sucesso que todos nós queremos ter, que é ser sempre mais; feliz, mais livre e mais expansivo, aqui e agora.

O que fazer com a lei que obriga as crianças nas escolas?

- domingo, 8 de junho de 2014

crianças-felizes-mais Simplesmente ensine seus filhos serem bem mais felizes onde estiverem, crianças copiam vibrações, e até mesmo a distância, você nem precisa estar fisicamente ao lado deles, você tem um emaranhado vibracional muito forte com seus filhos. Você estando feliz e pensando neles, focando neles, mas estando felizes mesmo antes de qualquer pensamento sobre eles, então, pode ter certeza absoluta que eles recebem e copiam essa vibração que você envia agora, seus filhos gostam muito mais de vibração de; felicidade, liberdade e expansão, do que você possa imaginar… A física Quântica prova isso, o seu filho é a expansão da sua própria energia, o que você vibra agora, afeta a ele, onde quer que ele esteja…

E você fisicamente ainda pode inspirá-lo a ser bem mais rebelde, mostrando que tudo o que eles precisam é; saber se comunicar, escrever e ler muito bem, apenas o que querem focar agora, diga a eles que façam as suas contas e leiam até em mais de uma linguá, a de sua preferencia para você mesmo saber brincar mais e tira mais proveito da Internet. Se por acaso tirar uma nota vermelha sorriam, se azul sorriam também, sejam o que querem ser. Desejem lugares bem mais livres que essas escolas de hoje, que os seus desejos serão atendidos, e assim lugares de pura diversão poderão aparecer da noite para o dia… Agora! Se seus filhos forem expulsos das escolas, arrume uma psicologa linda, isso se seu filho for menino ou então um belo psicologo se for menina e diga, aproveitem essas suas férias deliciosas, podendo contar as suas muitas historias melhoradas de vida, de como vocês querem que elas sejam, eles já são pagos para isso… E assim você mesmo que é pai ou mãe, também já terá justificativas aceitáveis, pelos egos resistentes a liberdade, para que seus filhos não mais frequentem as escolas de resistência ao fluxo de Bem Estar…

ESSE MUNDO É DE MAIS…

- sábado, 17 de novembro de 2012

A primeira coisa que fiz, para sair da escravidão foi, jamais voltar a desejar ter um salário, mesmo que gordo, porque ter de fazer algo para ganhar dinheiro ou realizar meus desejos, seria eu mesmo continuar a ser escravo sem as correntes. As pessoas agora, só sentem a dor das amarras que, elas mesmas se amarraram limitando os seus próprios ganhos. Tudo por não entender, como as coisas são criadas, até mesmo o seu dinheiro.

Nada nessa vida foi criado com a ação física de alguém. Tudo veio do pensamento e sua vibração. A ação física é apenas para me dar mais alegria, em eu mesmo sentir, por todos os ângulos, por todos os aspectos, a minha própria criação.

O dinheiro pode vir por muitos meios, existem bilhões de possibilidades, e geralmente ele vêm em milhões, apenas para aqueles que são muito mais felizes, antes mesmo de tê-lo. E a maioria, se não for todos, gostariam muito de ver e ter essa caixa forte cheiinha de verdinhas ou azulzinhas. Mas, resistem ao próprio desejo de ter toda essa grana, ao ser contra aos que tem. Estando você certo ou não.

Você pode até tentar, mas jamais vai excluir ou ser contra alguma coisa, sem criar muito mais disso em sua vida que, você mesmo quer excluir ou ser contra… Os políticos vão continuar a ganhar seus milhões, e você só ajuntando seus tostões todos os dias, com esse seu pensamento crônico de falta, sendo contra. Isso se não ganhar uma ulcera junto de recompensa!

Se você quer alguma coisa, dê o seu foco não dividido, a sua atenção exclusivamente ao que você quer, jamais dedique um só segundo ao que você não quer… Porque nesse mundo de; tempo, espaço e distância, só se pode incluir mais, mais do que “não” se quer, ou mais do que se quer, a escolha é sempre sua…

O mal das pessoas é que, por não conceber o verdadeiro poder que elas mesmas têm, com seus pensamentos e suas vibrações, desejam pouco, muito pouco do que querem, ou desejam apenas pequenas coisas, e assim acabam se acomodando, com os seus sentimentos de mais falta do que eles mesmos querem e apenas alimentando mais raiva, daqueles que tem muito.

Muitos nem mesmo sabem que, qualquer de suas vibrações de falta como: ficar irritado, se sentir desapontado, fazendo acusações verdadeiras ou falsas, sentindo raiva, culpando os outros, se sentindo desvalorizado, ficando com medo de ficar sem o seu ou se sentir impotente. Tudo isso é também é um desejo seu, já lançado a Fonte, prontamente atendido pelo Universo. E é por isso que você tem pouco… Viu como você é poderoso? Você é o meu maior exemplo vivo de um fantastico criador de sua própria realidade!!!

Um exemplo de felicidade…

- quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Durante muitos anos de budismo, eu pensava que o meu papel era fazer as outras pessoas felizes, o que é impossível, eu não posso pensar por elas, eu não posso pensar nem pelo meu filho Lyon, quem dirá por bilhões delas. Cada um é responsável pelo que pensa e sente, e é exclusivamente isso que cria a sua própria realidade. Nunca foi o meu papel, fazer os outros felizes, é o meu papel me manter em equilíbrio; desejar, permitir e realizar. Se algum obstáculo ou problema aparecer, encará-lo como contraste e, lançar imediatamente dai mesmo, um outro desejo e, procurar mais razões para continuar a me sentir bem.

E eu aprendi isso na pratica, quando eu comecei a prestar muito mais atenção, em como eu me sentia, praticando pensamentos que me alinhavam com quem eu realmente sou, um Buda, um ser iluminado, só que, a maioria ainda acha que, para se conseguir a iluminação é preciso recitar os sutras, duas vezes ao dia, que tem que fazer horas e mais horas de meditação com um mantra sagrado, e ainda tentar fazer o impossivel, fazer todo o mundo desejar a mesma coisa.

E a coisa é muito mais simples, para eu ser um iluminado nesse momento, eu só preciso ouvir mais o meu eu interior, a minha maior parte, e toda vez que eu me sintir bem, se eu simplesmente me deixar ser sugado por esse sentimento bom, eu entro no meu próprio vórtice, e de dentro desse meu vórtice criativo, se eu dou as minhas intenções, eu mesmo recebo informações da Fonte do Bem Estar, da Consciência maior onde tudo está depositado, de como proceder e mais, em cada momento do meu dia a dia que, eu faço essas inumeras viagens emocionais, de estar em algum momento, sentindo um pequeno desconforto e deliberadamente procurar à vir a ter esperança e, sempre me deixar ser puxado pelo fluxo de Bem Estar para dentro desse meu próprio vórtice, eu coloco a Lei da Atração gerenciando tudo, reunindo todos os componentes cooperativos, para as muitas realizações, dos meus muitos desejos que já lancei ao Universo, porque é assim que tudo prospera, que tudo se expande, inclusive o próprio Universo.

Só quando eu mesmo der, um exemplo qualquer de prosperidade que, possa ser de grande valor para todos aqueles que, têm a vantagem de estar a me observar, nesse exato momento, eu posso ser útil a alguém.

Eu jamais preciso ficar pobre o suficiente para ajudar as pessoas pobres a prosperarem ou ficar doente o suficiente para ajudar as pessoas doentes, a começarem a se sentir bem. Eu só posso elevar alguém a partir da minha posição de força, clareza e alinhamento. O primeiro passo, é eu mesmo “saber o que eu desejo”, o segundo passo, é eu também “identificar o que realmente eu desejo”, e o terceiro passo é, eu “me colocar na emoção do que eu desejo”. Quanto mais eu mesmo fizer isso, mais serei capaz de ter o controle, sobre todas as minhas próprias experiências de vida.