Posts com a Tag ‘extensão da Fonte’

ALINHADO COM MEU “EU NÃO FÍSICO”…

- terça-feira, 3 de julho de 2018

adoro meu corpo Eu nunca me desliguei do meu “eu não físico” que é eterno, que tem toda a informação do Universo, e que já sabe que só o Bem Estar existe, e ele me relembra isso claramente, e ele sempre mostra a essa extensão da Fonte de Energia/Informação de Bem Estar, em eterna expansão, “que sou eu”, aqui e agora, na linha de ponta do pensamento, sempre quando ele me permite sentir ausência desse mesmo Bem Estar, quando eu mesmo me desalinho com ele, que nunca me condena, jamais condenará algo ou alguém, e muito menos me acompanha nessas jornadas de resistências ao meu próprio e natural fluxo de Bem Estar…

Eu só comecei a sentir a natureza dos meus desejos não físicos mais amplos, quando eu mesmo passei a vivenciar mais isso, a prestar bem mais atenção ao modo que eu me sentia, todas as vezes quando eu fazia minhas próprias escolhas mais consciente e bem mais deliberadas, sobre os pensamentos que eu mesmo emitia e sentia de volta mais Bem Estar, isso enquanto eu ainda pensava neles. O meu eu interior, esse meu eu não físico é puro amor incondicional, ele aprecia a tudo, até o lado de falta de todos os contrastes bifurcados que, apenas me ajudam mais, a nunca parar de desejar mais…

A MINHA LIBERDADE NUNCA TEVE PREÇO…

- sábado, 20 de janeiro de 2018

liberdade em Cruz Embora eu não me lembrasse de quem eu realmente era quando nasci, essa extensão da Fonte de Bem Estar em eterna expansão, aqui e agora, na linha de ponta do pensamento. E mesmo sendo sempre colocado sob muitos castigos, isso, desde criança, e mesmo sendo desafiado inúmeras vezes, eu até hoje, nunca abandonei essa minha inerente tríade de intenções de mais; liberdade, felicidade e expansão. Eu naquela época não sabia o porquê, mas eu sentia que, essa era a minha missão dominante, ser escandalosamente; livre, feliz e melhor, sempre melhor…

Eu sempre adorei me divertir muito, eu sempre procurei primeiro agradar a mim mesmo, conectar com o meu “eu interior”, ser eu mesmo, me divertindo mais. Verdade! Eu me apreciava cada vez mais, me amando incondicionalmente. E hoje, quando eu recebo as respostas das muitas perguntas que eu mesmo fiz ao longo da vida, por esse acesso a Fonte que se chama Abraham, que me ínsita a ser mais, cada vez mais egoísta, mesmo ainda tendo pessoas que eu amo, tentando fazer como que agora, os meus próprios filhos venham me acusar de novo, exatamente disso, ser um tremendo de um EGOISTA, que eu sou com muito orgulho…

Eu continuo firme na minha missão dominante. Ser feliz antes de tudo é tudo. Porque a menos que eu seja egoísta o suficiente para estar sempre mais alinhado com quem eu realmente sou, coisa que eu nunca deixei de ser, eu jamais terei algo de valor para dar a alguém, nem mesmo para os meus filhos e netos. E isso é uma coisa que sempre esteve em evidência, sempre quando eu sou egoísta o suficiente para fazer essa conexão, eu tenho o melhor presente que eu jamais poderia deixar de dar, em todos os lugares onde quer que eu ainda esteja, aqui e agora, seja na Internet, fisicamente em Cruz das Almas, na roça, no meio dessa natureza maravilhosa, pensando e sentindo tudo de melhor que eu ainda posso dar, mais sensação de mais; liberdade, felicidade e uma melhora sem fim, com o que eu escolho para o meu foco agora e o que eu faço ser sempre mais com a minha poderosa atenção nunca dividida…