Posts com a Tag ‘expectativas positivas’

A DISCIPLINA QUE JAMAIS DEVERIA FALTAR…

- quinta-feira, 25 de julho de 2019

crianças A única disciplina, que nossos pais deveriam nos ter dado desde pequenos, seria a de cumprir essa única ordem, e com esse regulamento único, que seria uma conduta que asseguraria o Bem Estar de todos os indivíduos ou o bom funcionamento de tudo na vida de todos, seria a de cada um tomar uma decisão, a de que “nada é mais importante do que ele próprio se sentir bem”, e de que você vai encontrar de todos os; meios, jeitos e maneiras, pensamentos que lhe pareçam melhores. Que a sua rolha flutuante da alegria, do seu natural fluxo de Bem Estar, seja a única coisa que é realmente digna de disciplina. Que é estar sempre disposto a saltar essa rolha, quando sentisse que já estaria mergulhando no mar das frequências de ausência de Bem Estar, já no início dessas frequências de baixa energia e de poucas informações repetitivas, que assim, a sua natural rolha repleta de coisas flutuantes como; alegria, felicidade, amor, conhecimento, poder, otimismo, paixão, liberdade, entusiasmo, expectativas positivas e apreciação, subiria sozinha, sem que se precise fazer absolutamente nada fisicamente…

EU AMO A PROSPERIDADE E A ABUNDÂNCIA…

- quinta-feira, 27 de setembro de 2018

desejos-realizados Eu adoro saber quem eu realmente sou, aprecio ter essa clareza de que estou sempre sendo; focado, amado e apreciado. Eu sou uma extensão da Fonte de energia/informação de puro Bem Estar, em eterna expansão, aqui e agora, na linha de ponta do pensamento. A Fonte me ama e está sempre me permitindo esse fluxo de prosperidade e abundância que permeia tudo, inclusive a mim. E todo esse conhecimento, já me permite estar sempre; mais esperançoso, mais otimista, com ótimas expectativas positivas, sentindo sempre uma maior felicidade brotar, uma vivacidade muito grande, um entusiasmo enorme por todas as minhas escolhas, o que sempre provoca uma paixão avassaladora, capaz de me fazer estar sempre apreciando mais, amando tudo incondicionalmente, o que já me faz sentir uma grande liberdade, um poder sem igual, uma alegria imensa. E tudo isso acontece, porque quando percebo algo, eu dou à luz a mais um pensamento, e esse pensamento agora pensa. Agora que existe, agora que foi conjurado, agora que foi focado, agora vibra. Agora, pela Lei da Atração, outros pensamentos que são semelhantes, vibracionalmente iguais, virão atraídos a ela, criando uma sincronicidade permissiva. Então começa a sua expansão imediatamente…

ONDE EXISTE CONSCIÊNCIA, HÁ BEM ESTAR…

- domingo, 13 de maio de 2018

olhos da Fonte E do mesmo modo, onde não há consciência, existe uma resistência que provoca momentaneamente, uma ausência natural de energia e informação de puro Bem Estar, que é ininterrupta, abundante e prospera, em eterna expansão e que sempre flui. Só a consciência pode nos dar o poder, a clareza e a liberdade, de sentir a verdadeira liberdade ainda tendo o conhecimento, entusiasmo e vivacidade, de se ter boas expectativas com tudo em tudo, sempre trazendo mais esperança de se divertir de viver em mais alegria, no meio de tanta diversidade…

Os contrastes bifurcados são a certeza de que estaremos eternamente desejando mais, querendo ou não, conscientes ou não. Eu sou apenas um mecanismo de foco que pensa, uma extensão da Fonte de Bem Estar. O meu foco é a minha escolha pessoal, do que eu quero ativar agora e a minha atenção é também a minha escolha do que eu quero experimentar ainda mais agora, porque qualquer coisa enquanto focado, é um pensamento que pensa e que por sincronicidade se tornará; mais, mais e mais…

Eu jamais tive a responsabilidade de fazer todo mundo desejar as mesmas coisas. Eu faço a minha oferta vibracional pelo que penso e sinto a cada momento de encontro com esses infinitos contrastes bifurcados que a vida sempre me oferece mais. O Universo estará sempre respondendo a essa minha oferta de agora. Sempre haverá uma quantidade infinita de mundos diferentes, sendo vividos exatamente agora, o tanto quanto ao mesmo números de observadores que existam fazendo suas diferentes observações, nesses mundos que fazem parte da expansão de todo o Universo…

EU ESTOU NO LADO DO BEM ESTAR?

- quarta-feira, 25 de abril de 2018

ano novo Essa deveria ser a pergunta mais usada pelas pessoas no seu dia a dia, momento a momento. Muita gente ainda vive se contentando em sentir um “mal-estar” qualquer ou um pequeno “desconforto” que até se acostuma ou já acha normal, ver tanta gente doente e sentindo dor. A indústria farmacêutica sacou essa falsa premissa que as religiões criaram e que ainda fomentam hoje em dia e trataram de transformar todas as pessoas em viciadas em se sentir melhor, apenas melhor, nunca as permitindo chegar no seu natural fluxo de Bem Estar…

A resposta para essa pergunta é. Se estou realmente no meu natural Bem Estar, de dentro do meu vórtice criativo, eu jamais penso com os pensamentos do ego limitado, muito menos com os pensamentos resistentes ao Bem Estar. É como eu estar apaixonado por uma pessoa, só consigo enxergar o melhor, ninguém consegue me fazer enxergar menos do que o meu natural Bem Estar, que é vivenciar mais; esperança, otimismo, fé, expectativas positivas, felicidade, vivacidade, entusiasmo, paixão, apreciação, amor, liberdade, poder, conhecimento e alegria…

Se sabe que não se está ainda no seu natural Bem Estar, quando a própria pessoa, mesmo se sentindo melhor e muito contente, começa a agradecer, e logo ela volta a sua base, de toda a sua racionalidade, desses poucos pensamentos repetitivos do ego limitado e resistente, ao demonstrar, seja pelo que diz ou escreve, e até pelas suas atitudes e ações, que ele mesmo “não tem escolhas” e que “precisa sobreviver”. E é só perceber que, eles sempre voltam a se justificar, a usar pessoas, coisas, circunstâncias passageiras e eventos, como suas desculpas para ainda voltarem a não se sentir bem, a não estarem no seu natural Bem Estar…

Sem saber sentir o que se quer, fica impossível realizar qualquer desejo…

- sábado, 24 de novembro de 2012

Veja bem, para se saber o que se quer, é preciso primeiro entender muito bem, o que não se quer, e apenas passar a sentir o que realmente se quer, que é; a felicidade, a liberdade e a expansão que cada desejo já trás em seu bojo, para cada um de nós.

O maior beneficio que a rede social Vibreleve oferece as pessoas é exatamente isso, muitas pessoas observam o que querem, colocam suas fotos, declaram seus desejos, as suas preferências, mas, ignoram seus sentimentos, suas vibrações e continuam a vibrar a falta do que querem. Elas poderiam mudar isso, se parassem de tentar ignorar os resultados de seus desejos, de suas vibrações, porque sempre estamos recebendo o que vibramos, aqui e agora.

Se eu tenho um desejo, e ele ainda não veio, é porque eu estou vibrando muito mais a falta dele, do que a sensação que eu mesmo quero sentir, quando esse mesmo desejo vier a se manifestar, a se realizar fisicamente. Então, eu estou obtendo a cada momento, as respostas exatas ao que eu mesmo estou sentindo. Todos os meus desejos estão sendo realizados. O que eu realizo, jamais é em resposta ao que estou fazendo, ao que já fiz, ou ao que deixei de fazer, é exclusivamente ao que eu mesmo estou sentindo, aqui e agora.

Este é um Universo sempre em expansão, e todas as coisas devem ser permitidas. Agora! Sabendo disso, eu compreendo que, para experimentar as coisas que eu desejo, também devo compreender, aquilo que não desejo. Porque para lançar o meu forte desejo e, saber eu mesmo escolher, o que eu mais quero, ambas as partes devem estar presentes, o que eu não quero e o que eu quero, para serem realmente compreendidas. O que eu não quero é apenas um contraste e, deve ser encarado como tal. Jamais é para eu continuar a focar ou dar a minha atenção a esse contraste. Mas sim na alegria que o meu desejo que nasce do encontro com esse contraste, sempre me trás.

Eu jamais poderei responder a estás duas importantes perguntas, O que eu quero? E porque eu realmente quero isso? Sem primeiro entender que, o que estou recebendo, o que eu estou vivendo, aqui e agora, é a resposta ao que eu mesmo estou sentindo, todos os contrastes são uma resposta as muitas vibrações, sejam minhas ou de outras pessoas que, apenas servem para dar continuidade a vida, a expansão. Ele provoca em mim mesmo, um novo desejo e só assim, eu chamo a energia da fonte a passar por mim. E se a energia da Fonte é de puro Bem Estar. Tudo o que eu mesmo sentir que, não seja ligado a; esperança, otimismo, expectativas positivas, felicidade, vivacidade, entusiasmo, paixão, apreciação, amor, liberdade, poder, conhecimento e alegria é, apenas a minha própria resistência ao meu chamado ao fluxo natural de energia da Fonte de Bem Estar, ao eu mesmo continuar a dar o meu foco não dividido ainda ao contraste e não na alegria que os desejos provocam.

Viver ou resistir a própria vida?

- domingo, 7 de outubro de 2012

Hoje, sentado na praia, aconteceu uma coisa simples, mas que me chamou a atenção, eu sempre levo minha bolsa com meus livros, e caiu o meu marcador de livros que, eu mesmo fiz com uma escala ou uma lista da emoções, e ao pegá-la fiquei pensando… Ou eu vivo isso aqui no meu agora, que é sentir a esperança, otimismo, expectativas positivas, felicidade, vivacidade, entusiasmo, paixão, apreciação, amor, liberdade, poder, conhecimento e alegria ou eu mesmo estou, apenas resistindo a própria vida. Então, como eu a separei em três cores, tendo o magenta como o ponto de separação entre as emoções de viver a vida, onde estão em azul, e o resistir a vida, onde estão as emoções da parte vermelha, o que me mostra claramente que, com o distanciamento progressivo da emoção do contentamento, tudo vai ficando mais lento e bem mais denso, até ficarmos totalmente e realmente parados, como se perdêssemos a nossa própria vida.

Então, um filme se passou em minha cabeça, tudo que vem rolando nos últimos dias, seja na televisão, seja nos barzinhos, seja no bate papo de praia, as pessoas estão muito mais resistentes a própria vida do que, realmente vivendo a vida em sua totalidade.

Hoje mesmo, logo bem cedinho, ao ir tomar o meu café da manhã na padaria Boa Viagem, lá estava a Tv ligada e estava passando o programa Bem Estar, que em vez de falar em Bem Estar, só se fala de doenças, e é impossível alguém se sentir bem, falando ou ouvindo, exatamente o que não se quer. E as pessoas comendo e com os olhos grudados para saber como não pegar mais uma doença. Como alguém pode ter saúde, comendo e totalmente focado no que não quer?

Na praia uma criança que sempre bate papo comigo, me perguntou, porque eu fui comprimentar o meu amigo gaúcho, pelo Grémio estar bem na tabela, se eu sou Fluminense. Já que todo mundo só quer mesmo, é sacanear quem está caindo como o Sport do Recife? E eu lhe disse, porque eu adoro ver as pessoas ao meu lado totalmente felizes, eu não preciso desvalorizar o time dele, para valorizar o meu. E mostrei a tabelinha pra ele… Ele ficou rindo, porque ele hoje sabe que, para conseguir o que se quer na vida é preciso estar no azul a maior parte do tempo…

Ao voltar para casa, aqui em Recife ainda tem algumas bancas nas calçadas, tipo as de revistas, só que vendem bebidas e caldinhos, ou um petisco como, feijão com charque, e ao para e estacionar minha bike, pedi uma Skol gelada, e lá estavam algumas pessoas falando sobre as eleições de domingo, e mais uma vez, tirei minha tabela da bolsa e fui contando quantos pensamentos eles colocavam pra fora, de cada lado da minha tabela de emoções, e fui marcando como um rabisco cada pensamento do lado vermelho e do azul. E fiquei espantado em ver que em menos de quinze minutos, o lado vermelho já tinha 97% do tempo gasto, apenas pelas pessoas envolvidas naqueles momentos.

Eles só repararam que eu estive ali, quando eu já ia saindo, então um deles me chamou, vem bater um papo, e eu apenas respondi, “eu escolhi que eu prefiro viver”… E só então eles todos me olharam. Mas só eu mesmo entendi… Eles com certeza devem ter usado mais uma emoção negativa, para tentar entender a minha resposta…