Posts com a Tag ‘era uma vez’

SAINDO DE UM FEITIÇO…

- sábado, 28 de julho de 2018

era uma vez Eu adoro tanto ver essa série “Era uma vez”, do NetFlix, que vira e meche eu acabo vendo de novo. Ela me dá mais clareza para muitas coisas que eu não conseguia enxergar. Os egos resistentes, ainda hoje, enfeitiçam as crianças e adultos com suas muitas resistências, e como na vida real, a série mostra que isso sempre acontece lentamente, as crenças resistentes ao Bem Estar, essa maldição vem chegando e envolvendo tudo aos poucos. Mas, sempre quando se consegue sair de qualquer feitiço, é sempre como uma explosão imediata que vai se espalhando em um círculo exponencial por todos os lados, libertando tudo de tudo…

O feitiço mais forte que nos leva a todos os outros é a crença de que não se tem escolhas, a segunda maldição é acreditar na necessidade de sobrevivência. Isso é até muito fácil de se implantar em qualquer pessoa, já que todos nós fazemos de tudo, apenas para nos sentir melhor, então é só tirar quase toda a energia de alguém, implementando o medo, a depressão, a impotência, a tristeza e o desespero, que qualquer outra emoção que tiver só um pouquinho a mais de energia, vai me fazer sentir melhor, e isso para o ego resistente é aceito como uma coisa boa, que realmente é, se ele não parasse de querer mais energia…

Mas, como ele ainda não estava consciente e nem subiu ele mesmo deliberando isso, ele é iludido pensado que se sentir melhor é alegria, e que alguém preocupado com ele é alguém o amando ou que ser grato é já estar no Bem Estar. E assim ele mesmo para de subir na sua escala emocional. O medo quando já implantado, faz com que qualquer pessoa acredite que o que os outros criam, tem algo a ver com eles, e a verdade é que cada um só faz algo para ele mesmo se sentir melhor, nunca por alguém…

ERA UMA VEZ…

- quinta-feira, 15 de março de 2018

era uma vez Estou apreciando muito essa série. Realmente existem infinitas realidades paralelas, mundos completamente diferentes, infinitas possibilidades, uma riqueza sem igual e sem fim. E ainda tem gente que pensa que isso é apenas uma única história, como essa contada na série da Netflix. Eu vejo que as pessoas que mais sofrem nessa vida são as pessoas que ainda querem que todo mundo seja igual. Isso até ainda é conseguido em alguns lugares como a Coreia do Norte, onde as pessoas sobrevivem o tempo todo, tendo o medo como base de tudo, elas mesmas escolheram não ter escolhas. Esse pais e melhor exemplo do reforço da sincronicidade resistente, ao natural fluxo de Bem Estar…

Tirando as crenças resistentes impregnadas nas histórias dessa série, “Era Uma Vez”. Ela é um maravilhoso, ou melhor, um magnifico exemplo de como eu mesmo posso usar ainda mais a minha percepção, agora com muito mais liberdade. E assistindo seus capítulos, fica mais fácil e mais natural tirar de vez, essa coisa de ainda se querer um final para tudo. Nem mesmo eu mesmo escolher alguma forma de eu mesmo voltar a ser pura energia da Fonte, é um final, e isso sempre acontece quando eu paro de desejar mais. Porque são os infinitos contrastes, os infinitos objetos de desejo que sempre chamam mais a energia que dá a vida, a realmente tudo…