Posts com a Tag ‘dominó’

Adoro ganhar presentes em dinheiro IV

- sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Minha bike na Skina banca Essa historia me lembra muito a minha amiga Rosely Mariah, ela vem contando suas experiencias com o jogo de cartas, já a minha historia é no jogo de dominó. Existe uma banca de revistas perto de onde eu moro, quando eu comprei esse apto, ela se chamava Skina banca, tinha sempre pessoas jogando dominó, num final de semana que eu estava voltando da praia, para varear, e de bicicleta, me deu uma sede danada e parei para tomar uma cerveja bem gelada, descia redondo mesmo…

Eles estavam animados montando um campeonato de dominó, era em duplas e cada um tinha de entrar com r$ 50,00 (cinquenta reais) para a soma ser o prêmio para a dupla que chegasse ao final. Eu degustando minha cerveja gelada e apreciando toda aquela empolgação, acabei pedindo mais uma, foi quando um deles me pediu licença e me convidou para jogar com eles, era uma competição em duplas e estava faltando uma pessoa para completar as equipes. Eu disse a verdade, eu não jogo isso direito, não sei marcar pedras nem adversários, e além do mais, se eu jogar eu vou ganhar e assim para mim não tem graça.

A turma que ouviu a nossa conversa caiu na gargalhada, todos comentaram, o carioca deve estar é liso, vem tirar onda que vai ganhar de nós todos, eu nunca vi esse cara jogar antes, ele sempre passa toma uma e vai embora, isso é lorota dele. Eu ri muito também e falei agora isso ficou mais divertido, vocês prometem que não vão ficar chateados se minha dupla ganhar? Eles nem responderam e todos riam a vontade, a coisa ficou bem alegre. e fomos pro jogo, dei a grana para entrar ma brincadeira e fiz eles rirem mais ainda quando disse que eu iria pagar as cervejas de todo mundo com o que eu iria ganhar.

Eu realmente não jogo nada, mas eu confio muito na minha alegria e na minha criação deliberada, eu já muito alegre, sentei na mesa da minha dupla e dei minha intenção, apenas no pensamento… Quero me sentir muito mais alegre e que venham as pedras que eu precise. Eu colocava um dedo na pedra e esperava vir uma emoção, se fosse boa eu arreava, e quando o cara antes de mim ia jogar eu pedia a pedra que eu queria, e assim fomos vencendo dupla por dupla, e em fim ficamos na final. Todos já diziam, esse carioca tapeou todos nós, ele joga muito, e eu mais uma vez tive que rir muito. A verdade é que eles confiam por de mais na sua mente racional, eu confio mais na minha alegria que é o que cria tudo. E assim ganhei o campeonato e mais um presente em dinheiro e comemoramos com muitas cervejas…

Ganhando um campeonato de dominó…

- segunda-feira, 25 de novembro de 2013

dominó 2 Eu antes gostava de jogar, qualquer tipo de competição me divertia, hoje depois que descobri que competir é uma idiotice, já não gosto muito de jogar, porque sei que se eu quiser mesmo, eu ganho sempre, mesmo não sendo muito bom. Já ganhei até alguns prêmios até em loterias que, são realmente manipuladas descaradamente. Qualquer tipo de jogo existe a possibilidade de fraude. Eu estava chegando para tomar umas cervejas, era um final de tarde, todos resolveram fazer um campeonato de dominó, eu disse que estava fora. Mas, eles insistiram, era só r$ 50,00 reais de cada, e todos iriam se divertir. Eu falei a verdade, se eu jogar, vou ganhar de vocês, e eles começaram a rir. Então, eu falei se é para vocês ficarem mais feliz, eu brinco, mas não tem graça pra mim, não ser a cara de vocês, porque eu vou ganhar mesmo.

Eu até tentei explicar o porquê eu iria ganhar, mas ninguém quis ouvir nada. Vou explicar agora, aqui, para que todos possam entender. Toda essa competição em forma de jogos foi criada por algum ego que, resistia ao fluxo de energia e informação de Bem Estar. Ele precisava ganhar ou disputar algo para tentar ser feliz, fazer para quem sabe ser. No começo dos jogos, todos eram tipos de lutas que iam até a morte. E mesmo assim, ainda fazendo muita gente ficar triste e se desesperar por perder, e não ver alguém morrer. Por isso os jogos viciam até hoje, mesmo sem mortes.

E a verdade é que, sempre ganha quem está mais alinhado com o seu eu interior, com o fluxo de energia e informação da Fonte de Bem Estar. Se eu brincar de ser feliz, eu sou uma mistura de ego com o meu eu interior, e eu ganho sempre de quem está só ego, usando o seu cérebro analítico, calculando; onde, como, quem e quando deve agir. Para ganhar, eu só preciso deixar o fluxo de alegria passar por mim, é como se eu perguntasse ao meu eu interior, qual pedra devo baixar agora e, em vez de usar a minha mente para calcular, o meu eu interior me responde me mandando mais alegria em pegar aquela determinada pedra, ele já sabe de todas as jogadas que ainda virão. É só eu me manter feliz sem deixar nenhuma preocupação ou duvida entrar nessa equação, o que seria eu ego, jogar sozinho.

E assim eu ganhei e paguei todas as cervejas e o churrasco para todo mundo, porque nenhum ser humano feliz, jamais faria nada para prejudicar o outro. Se eu estiver ligado à Fonte de Bem Estar, eu estou conectado, eu estou alinhado com quem eu realmente sou de verdade, e não me sinto inseguro em nada. E quando eu me sinto seguro, eu não preciso fazer algo para ser feliz, porque eu não tenho medo de ser infeliz, porque eu nesse momento não estou com nenhum tipo de medo. Eu mesmo entendo que o Bem Estar é o meu estado normal de ser.