Posts com a Tag ‘Deus’

DEUS E O DIABO, AMBOS FICÇÃO DO EGO INSEGURO…

- quinta-feira, 21 de julho de 2016

bem-e-o-mal-2 Deus e o Diabo, são apenas personagens fictícios feitos e perpetuado pelos homens inseguros, na verdade são as duas faces de um mesmo contraste, o “medo”, encontrado pelo homem ao criar essa crença resistente ao fluxo de energia e informação de Bem Estar, o medo é cativante. Sem a figura do Diabo jamais Deus se sustentaria. Sem ambos, provocarem o medo, tudo voltaria a sincronicidade positiva. E não haveria controle das massas. A coisa mais louca é que o ego coloca Deus como o lado da falta de Bem Estar, um amor condicionado, cheio de leis humanas, mutáveis, e do lado do Bem Estar eles colocam o Diabo que pode tudo. É um pouco hilário esse significado que os egos inseguros criaram para os seus medos. Veja que em ambos, há sempre a frequência da energia do medo. E o medo é a falta do poder, Se alguém entender e aceitar a Fonte de Bem Estar, essa pessoa jamais viveria tal ficção, pois só existe o Bem Estar que flui daquilo que é sua Fonte.

Eu sou sempre novo agora…

- domingo, 27 de julho de 2014

onu_direitos_humanos-1 Nunca importa a idade que eu tenha, as coisas que já fiz na vida, o meio em que vivo agora, o lugar onde estou agora, eu jamais preciso nem mesmo esperar voltar de Salvador para o Recife para realizar meus desejos. Tudo é aqui e agora. Tudo é a minha própria viagem emocional em que eu mesmo me levo ao meu próprio vórtice criativo, onde eu posso tudo, onde sempre está o meu poder. AGORA!

A única coisa que pode me manter fora do meu próprio vórtice é a minha procrastinação, ou eu ficar pensando em o que eu tenho que fazer quando voltar ou ter me arrependido de vir passear nessa terra maravilhosa. Essa luta interna que sempre fazemos para deixar tudo para esse depois que nunca chega. Eu estou sempre no meu agora, no meu ponto de maior poder.

Eu pensei muito nisso ao ouvir das pessoas sempre uma desculpa para nunca assumir o seu agora. Todas as pessoas que eu encontrei em Salvador tinham lido meu post sobre o Roberto Vascon, todos se emocionaram muito, é uma historia muito forte porque é a vida dele contada por ele mesmo, ali ele mostra que sua conversa com seu “eu interior” ou “Deus” para a maioria, é agora, nunca depois, ele mostra que a sua conversa com o que fazia, as bolsas, se sentindo bem era sempre no agora e nunca amanhã.

Mas, as pessoas sempre dizem… Ah! Mas, isso ele estava numa terra em que as coisas, os sonhos acontecem, ele estava nos EUA, ele também conheceu gente importante como Cazuza, a editora de moda do maior jornal do mundo. Eu estou aqui em Salvador. Ai eu digo para essas pessoas… É só você parar de aceitar ir para um abrigo e conversar mais com você mesmo, sua parte maior, seu eu interior agora. Vocês aceitam ir pro abrigo na menor dor de barriga, quando; ficam orando por um Deus fora de você, quando esperam alguma coisa acontecer, como mudar de presidente, muitos aceitam um emprego qualquer para sobreviver igualzinho as pessoas que aceitam o bolsa família para continuar nessa vidinha…

Quem faz o que Vascon fez? Dialogo dele… Eu fui convidado para essa festa, quem dá festa provem tudo do bom e do melhor, eu não quero ficar aqui comendo restos, eu quero comer bolo e tomar champangne e dançar muito ou me tira dessa festa. Ele tomou a decisão e deixou o Universo se desdobrar para realizar o desejo dele. E aceitou a informação que veio na sua mente sem nenhuma; frescura, preguiça ou racionalização. Ele simplesmente fez o que Nikola Tesla fazia quando vinha projetos inteiros em sua cabeça que ele mesmo nunca tinha feito aquilo, e foi e fez… Então faça você também… Você é sempre novo agora…

O mais importante é o meu alinhamento, com o meu desejo…

- quinta-feira, 2 de maio de 2013

Nós seres humanos, como esse seres físicos que somos, adoramos rotular as coisas e, temos encontrado muitos rótulos dependendo de como nós, nos sentimos no momento, para tentar descrever toda essa interação, com a nossa parte não física. Eu mesmo, já chamei por muito tempo, de Estado de Buda, e hoje costumo falar muito em Fonte de Energia, essa Consciência Coletiva que, pra mim significa um fluxo ininterrupto de energia, indo e vindo. Nessa minha busca de respostas eu encontrei os Abraham e o Bashar, que é o que mais batia com tudo o que eu já pensava, e eu fiquei encantado porque eles dizem que, essa Fonte ou Consciência é um consenso de muitos, como se fossem vozes não físicas. Tem algumas pessoas que chamam isso de anjo. Alguns têm chamado de Deus. E mais frequentemente agora, alguns como eu, têm chamado isso de, meu Ser Interior. Mas na realidade esse meu Eu interior é, um estado de Consciência da Fonte de Energia, focalizada especificamente, aqui e agora, respondendo à vibração que eu mesmo, esse eu físico, essa extensão da Fonte de energia de Bem Estar que sou agora deixar, a Lei da Atração gerenciar as minhas próprias perguntas e desejos.

Por muitas das vezes, eu mesmo não deixei esse gerenciamento acontecer, e com isso eu deixei de realizar muitos dos meus desejos. Eu desejava uma coisa e, eu mesmo queria gerenciar tudo, com essa minha atuação e visão completamente limitada, enquanto eu poderia ter deixado a Lei da Atração, reunir todos os componentes cooperativos para facilmente realizar esses meus desejos. Eu me sentia mal e, isso já era um sinal do meu Eu Interior dizendo, você não está nem me acompanhado e nem o seu desejo, nós estamos aqui no seu vórtice te esperando. Mas eu não percebia isso… Então, eu mesmo assim, ainda me sentindo mal, tomava um analgésico qualquer, passava noites acordado e trabalhando duro, sem alegria, tentando usar o meu fazer, quando eu não precisava fazer, porque hoje eu sei que, nenhuma ação física compensa o meu desalinhamento com a Fonte de Bem Estar.

Uma explicação do seu “Eu interior”, para quem ainda é Cristão…

- segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Pare de ficar rezando e batendo no peito! O que eu quero que faças é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida.
Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti.

Pára de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa.
Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas praias. Aí é onde Eu vivo e aí expresso meu amor por ti.

Pára de me culpar da tua vida miserável: Eu nunca te disse que há algo
mau em ti ou que eras um pecador, ou que tua sexualidade fosse algo mau.

O sexo é um presente que Eu te dei e com o qual podes expressar teu
amor, teu êxtase, tua alegria. Assim, não me culpes por tudo o que te
fizeram crer.

Pára de ficar lendo supostas escrituras sagradas
que nada têm a ver comigo. Se não podes me ler num amanhecer, numa
paisagem, no olhar de teus amigos, nos olhos de teu filhinho… Não me
encontrarás em nenhum livro!
Confia em mim e deixa de me pedir. Tu vais me dizer como fazer meu trabalho?

Pára de ter tanto medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me
irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor.

Pára de me pedir perdão. Não há nada a perdoar. Se Eu te fiz… Eu te
enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de
necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio. Como posso te culpar
se respondes a algo que eu pus em ti?
Como posso te castigar por seres como és, se Eu sou quem te fez?

Crês que eu poderia criar um lugar para queimar a todos meus filhos
que não se comportem bem, pelo resto da eternidade? Que tipo de Deus
pode fazer isso?

Esquece qualquer tipo de mandamento, qualquer
tipo de lei; essas são artimanhas para te manipular, para te controlar,
que só geram culpa em ti.

Respeita teu próximo e não faças o
que não queiras para ti. A única coisa que te peço é que prestes atenção
a tua vida, que teu estado de alerta seja teu guia.

Esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um passo no caminho, nem um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso.
Esta vida é o único que há aqui e agora, e o único que precisas.

Eu te fiz absolutamente livre. Não há prêmios nem castigos. Não há pecados nem virtudes. Ninguém leva um placar.
Ninguém leva um registro.
Tu és absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno.
Não te poderia dizer se há algo depois desta vida, mas posso te dar um conselho. Vive como se não o houvesse.

Como se esta fosse tua única oportunidade de aproveitar, de amar, de
existir. Assim, se não há nada, terás aproveitado da oportunidade que te
dei.
E se houver, tem certeza que Eu não vou te perguntar se foste
comportado ou não. Eu vou te perguntar se tu gostaste, se te
divertiste… Do que mais gostaste? O que aprendeste?

Pára de crer em mim – crer é supor, adivinhar, imaginar. Eu não quero que acredites em mim. Quero que me sintas em ti.

Quero que me sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas
tua filhinha, quando acaricias teu cachorro, quando tomas banho no mar.

Pára de louvar-me! Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que Eu seja?
Me aborrece que me louvem. Me cansa que agradeçam.
Tu te sentes grato? Demonstra-o cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo.
Te sentes olhado, surpreendido?… Expressa tua alegria! Esse é o jeito de me louvar.

Pára de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te
ensinaram sobre mim. A única certeza é que tu estás aqui, que estás
vivo, e que este mundo está cheio de maravilhas. Para que precisas de
mais milagres?
Para que tantas explicações?

Não me procures fora! Não me acharás. Procura-me dentro… Aí é que estou!

Testo de Spinoza de 1677

A sua felicidade deveria ser a coisa mais importante…

- sábado, 21 de julho de 2012

A Lei da Permissão é para mim, a Lei mais importante de todas, tanto para ser estudada como aplicada. Porque ao se permitir e permitir mais; pensamentos, pessoas, coisas e eventos. Tudo isso fazem a Lei mais simples e poderosa da vida funcionar, que é a Lei da Atracão. Ela é muito simples e nem mesmo precisa ser estudada, ela é apenas, “semelhante atrai semelhantes”, seja você de que religião for, de que país for, nem a idade importa e muito menos o sexo.

E ainda tem mais, quando você está permitindo, quando está realmente alegre, você pratica quase que automaticamente a Lei da Criação Deliberada. Porque mesmo que um contraste apareça, aquilo que você não gosta, você só dará valor, a sua atenção o seu foco, na alegria que nasce desse encontro, no lançamento desse novo desejo ao Universo, que é com você sempre chama a energia da Fonte da vida.

As pessoas são muito tolas, jamais permitem a sua felicidade em qualquer momento, o que seria muito simples, mas vivem se matando uns aos outros, todos os dias, e criando suas brigas apenas por causa de religião do que, de todas as outras coisas juntas, não são abertas ao dialogo, porque não se permitem pensar diferente, pensam sempre as mesmas coisas. Se não for do jeito que ensinaram e fizeram ela acreditar por meio da bendita repetição diária, elas tem um treco, ficam uma fera. Não me admira que sempre vivam as mesmas coisas, suas vidas não prosperam em todos os sentidos.

Porque você não pode mesmo chegar a um acordo sobre o que você acha que Deus, Buda ou outra divindade diz, ou quer para você. De um lado do mundo, Deus quer algo diferente do que o outro. De um lado da sala, de um lado de sua mente, Deus ou Buda, querem algo diferente, um do outro.

Mas o poder está e, sempre esteve dentro de você mesmo. Somos extensões desta Fonte de Energia poderosa de Bem Estar. Você é literalmente Deus, Buda ou a Fonte, se expressando neste corpo físico. E assim, enquanto você está parado em um pensamento, ou em uma palavra, ou em uma ação que é bom para você mesmo, enquanto você está lá, então você está totalmente aberto e permitindo que toda essa energia divina flua através de você.

E nesse momento você é tudo que você disse que seria, quando você decidiu vir para esse corpo físico. Você é a extensão da pura energia positiva. Você está em seu poder criativo. Você está prosperando. Está permitindo com a mente. Você está alegre. Você está cheio de amor. Você é quem você é, você está permitindo o que você realmente é.

Sou o único que pode permitir algo vir para minha experiência…

- sexta-feira, 13 de julho de 2012

Tudo o que existe hoje foi um dia nomeado e definido pelo prórpio homem, inclusive a figura de Deus, segundo os registros escritos da civilização mais antiga que conhecemos, há 4000 anos antes de Cristo, os Anunnakis, seres vindos de outro planeta que, dominavam a Terra e que, viviam muitos mais anos que, os próprios humanos que, também foram criados geneticamente por eles mesmo, segundo essa civilização Suméria. Eles teriam criado a raça humana com misturas de seu próprio DNA e de animais terrestres há 450.000 anos antes, quando vieram a procura de ouro em nosso planeta, e precisavam de mão de obra para o garimpo.

Com o desaparecimento dos Anunnakis da face da Terra, como eles já tinham espalhado esse rito de adoração em todos os continentes, os japoneses e os chineses diziam ser o imperador filho de Deus Sol, só depois a Europa criou a figura dos Reis, mais antes, o próprio homem se vendo sozinho, criou essa figura do Jesus, filho do Deus Sol. E de lá para cá, as pessoas tem a mania de dizer que Deus teria feito ainda melhor do que eu já fiz, outros atè dizem que, se as coisas aconteceram assim foi porque Deus quiz que fosse assim, Tudo fruto de uma crença limitante criada pelo próprio homem. Na verdade tanto os Anunnakis, quanto os humanos, todos somos feixes de uma mesma energia.

O Universo é uma única consciência viva. Uma Fonte de energia do Bem Estar, que emite feixes de energia, através de um fluxo continuo dessa mesma energia que somos nós, energia focada nesse corpo físico, e que realmente tem toda a informação sobre o que eu gosto de mim mesmo, e isso é absolutamente lógico, porque eu faço parte dele, desse energia, dessa consciência, e é através da Lei da Atração, que o Universo se lembra de todas as peças cooperativas dele, e as coloca juntas em perfeita formação para entrar em minha vida como esse ser físico. Sempre de acordo com os meus próprios desejos.

E assim, as coisas que estão no meu caminho, para vir para mim, sempre é muito melhor do que eu mesmo sei, sobre o que eu realmente quero. Só que, sou eu, esse ser físico, a única pessoa que pode permitir que, a essência de todas estas coisas que o Universo sabe que eu estou querendo, faça o seu caminho até a minha experiência física e, apareça no tempo exato e perfeito pra mim mesmo. Sem eu permitir nada acontece, não permitindo eu simplesmente resisto ao fluxo do Bem Estar e, de alguma maneira volto a ser pura energia da Fonte.

A necessidade de se encontrar com Deus…

- segunda-feira, 21 de maio de 2012

O que eu venho observando nesses longos anos de vida, é que todo e qualquer ser físico, o ser humano em geral, tem a necessidade de encontrar muitas etiquetas, muitos nomes que eles mesmos usam, dependendo de como eles se sentem no momento, para tentar descrever a sua interação com a energia não física.

Então eles a chamam uma hora de; Fonte de Energia. Fonte de Bem Estar. Consciência Infinita. Consciência Coletiva, o que significa um fluxo, ou um consenso de muitas (que se pode chamar) vozes não físicas. Alguns até chamam de anjos. Alguns chamaram de Deus. Outros de Buda, o iluminado. Alguns chamaram de seu Ser Interior.

Mas na verdade, tudo isso é apenas a sua própria “consciência” focalizada, aqui e agora, especificamente respondendo a sua vibração que você mesmo gerência em sua pergunta atual. Todos nós quando focados aqui, nascemos já com uma triade de intenções que vão permear toda a nossa existencia como seres físicos, que é; liberdade, felicidade e expansão.

Quando você esquece ou não vivência essa triade de intenções em algum momento de sua vida como ser físico, você mesmo se distância da Fonte, do Deus ou da sua própria Consciência não física. Essa é toda a diferença de quem consegue tudo o que quer… E quem apenas observa os outros se divertirem a vida toda, com tudo o que já conseguiram realizar…

Não existe milagres, nem mesmo proteção divina a favor de alguém, nem mesmo um complô contra você, você mesmo escolheu se fuder…

Eu até acho isso tudo muito divertido… Quanto mais você mesmo procurar a sua Consciência fora de você mesmo, mais você mesmo viverá o lado da falta de tudo o que você mesmo sabe que já existe, e é por esse motivo que as pessoas sofrem muito nessa vida, porque escolheram nadar contra o fluxo do Bem Estar.

Os seus idolos, as pessoas que você venera, todos aqueles que você mesmo os vê como pessoas especiais, são pessoas comuns como você. Elas apenas escolheram ser o que elas queriam ser, e você escolheu ser o que você é agora, apenas pensando e sentindo o que sente… E dai? E eu curto muito tudo isso… E até agardeço de coração, toda a sua atuação como mais um contraste a mais em minha experiência física… Aqui e agora.

Porque a vida é feita de escolhas… Eu escolhi nunca me abandonar… Eu me amo… Muito!
A vida é supostamente pra ser divertida…

Você é um conjunto de puras energias da Fonte do Bem Estar.

- sábado, 5 de maio de 2012

A Fonte do Bem Estar. Essa Fonte de energias que você mesmo aprendeu a chamar de Deus, mas que, mesmo os não religiosos, acreditam existir, como uma Consciência maior infiniva. Então, como todo o desejo provem dela e você mesmo é apenas mais um desejo dessa mesma Fonte. E preciso que você mesmo perceba e conceba que, esse ser físoco é apenas um feixe de energias da Fonte focado nesso corpo físico, aqui e agora. Nesse mundo totalmente livre, feliz e expansivo.

Mesmo sendo esse ser físico, você nunca perdeu o contato com a Fonte ou o seu não fisíco. Apenas estabeleceu-se um dialogo infinito entre a sua parte maior, a não física, e você ser físico, através das suas emoções, das suas vibrações, porque na verdade esse corpo físico que você mesmo vê, e acredita ser, é apenas um conjunto de interpretações de todas as vibrações nesse mundo físico.

Portanto o não físico, a Fonte, não está lhe pedindo para lhe atribuir algum rótulo específico a ela, ou mesmo permanecer em cantos específicos, ou em sinagogas específicas, ou quaisquer outras igrejas com palavras específicas. Vocês já são seres abençoados e que já são merecedores de Bem Estar, e você vai encontrar o seu Bem Estar de muitas maneiras diferentes. E os rótulos simplesmente não importa.

E como você é apenas mais um desejo, e todo desejo para se manter ativo, eu não disse vivo, porque nada nesse mundo realmente morre, nada é excluido, tudo é simples questão de foco. Você precisa apenas se manter no fluxo do Bem Estar, se mantendo; livre, feliz e expansivo, porque assim como a Fonte, esse fluxo de energia do Bem Estar é infinito e passa por você a todo o momento e volta por você pra Fonte, e está em eterna expansão.

A Fonte do Bem Estar, aquilo que você chama de DEUS, nunca quiz te impor uma única crença, os humanos sim…

- terça-feira, 24 de abril de 2012

O intuito do meu “eu interior” não é alterar as minhas crenças, mas sim, readaptá-las as leis eternas do Universo, para que eu mesmo, possa intencionalmente ser o criador que tenho vindo sucessivamente a ser, pois não há outro ser, sem ser eu mesmo, esse ser físico que, atraia para a minha experiência física, aquilo que eu realmente sou, e sou eu mesmo, físicamente que estou fazendo tudo isso acontecer, aqui e agora.

O meu eu interior, não quer me levar a acreditar em alguma coisa em particular, pois não é o que eu acredito que, ele não quer que eu acredite.

E que o meu “eu não físico”, está me vendo neste plano físico, nesse planeta Terra maravilhoso, vendo uma grande diversidade no que eu acredito e que, em toda essa diversidade, há um equilíbrio perfeito que eu mesmo, como esse ser fisico, ainda não enxergo ou acredito.

A maioria acredita que esse seu ser físico é separado da Fonte, e esqueceu-se de se ouvir o seu “eu não físico”, o seu eu interior, a sua parte mais sabia, e ao se deparar com as diversidades, com os muitos contrastes qua a vida lhe oferece, em vez de enxergar e seguir os desejos e as alegrias que nascem desse maravilhoso encontro dotado de equilibrio. Quer fazer o impossivel, quer excluir o que não gosta, ou concertar o que acha que está errado, e nem enxerga que com isso, com o seu foco não dividido no que não quer experimentar, sua atenção a isso, só atrai muito mais disso tudo que não quer.

Você precisa voltar a usar o seu GPS emocional, que é a forma com que, o seu eu interior se comunica com o seu eu físico, te mostarndo com o seu Bem Estar que, você está no caminho; da liberdade, da felicidade e da expansão, que é o fluxo da Fonte. E que quando você se sente mal, no menor mal estar, no mais insignificante desconforto, ele o seu eu interior, está apenas te avisando da sua própria resistência ao seu próprio fluxo do Bem Estar natural, e isso só vai te levar a mais do que você mesmo não quer experimentar, aqui e agora.

A maioria tem medo da morte…

- sexta-feira, 20 de abril de 2012

A morte é apenas a retirada da consciência. É como tirar a atenção daqui e colocá-la lá.

Todos nos fazemos parte da consciência infinita, o que a maioria acredita ser um Deus separado de nós, aquilo que as religiões criaram para poder ser o intermediario entre você e você mesmo.

É uma coisa muito louca a cabeça do ser humano, ele tem um poder imenso e não o usa, prefere acreditar que um Deus inventado, e ainda acredita que ele deu esse poder, apenas para alguns, os escolhidos, os grandes gênios, quando todo ser humano que quiser, pode sim, ser esse grande gênio.

Se alguém parar para pensar vai, ver que os grandes gênios de qualquer área; no futebol temos Pelé, Garrincha, Rivelino, Ademir Da Guia, Romàrio, Ronaldo, Ronaldinho Gaucho. Ganso e Neymar. Dos Inventores vou logo ao maior, Nikola Tesla. Artistas, cantores, diretores, escritores e tudo mais… Sempre foram pessoas que nunca aceitaram essa coisa idiota de que é preciso escolher fazer uma coisa só na vida.

A única coisa que você deve escolher é ser feliz, que é o que todos eles que você venera, que você idolatra, que você chama de gênios escolheram. Ser feliz! E isso exige liberdade e crescimento, porque ninguém pode ser menor do que já é. Cada desejo que nasce em você se acopla a você, e você passa a ser aquilo também, seu sofrimento maior é querer se manter sendo apenas mais do que já é.

As pessoas tem medo de viver e de morrer porque se desligaram da consciência maior, do seu eu interior, e se acham só isso aqui, esse ser físico, que nem mesmo existe, o que existe é apenas mais uma experiência dentro da própria consciência maior. Somos todos apenas um feixe de energias da Fonte.

Você é apenas um foco dessa consciência maior, focada nesse corpo físico aqui e agora… Você é eterno…