Posts com a Tag ‘delicia’

A VIDA É O RESULTADO DOS MEUS PENSAMENTOS…

- quinta-feira, 3 de maio de 2018

FELICIDADE EM PESSOA O pensamento que eu penso, eu penso mais, o que atrai para ele mais pensamentos semelhantes, então eu penso mais um pouco, o que atrai para ele mais pensamentos. E isso é o mesmo que eu ter uma expectativa, é eu colocar de propósito meus pensamentos em uma sincronicidade permissiva, e assim eu tenho agora um pensamento expandido, que se tornou uma crença dominante em andamento, afinal tudo está se expandindo. E a Lei da Atração vai continuar a sempre trazer mais disso para mim, de novo, de novo e de novo. E isso sempre pode continuar, enquanto eu não saia dessa sincronicidade que eu mesmo, conscientemente deliberei para mim, aqui e agora…

E agora vem aquelas duas frases famosas que todo mundo diz, quando sempre faz isso, claro que bem menos para as coisas desejadas, e muito mais para as coisas indesejadas que a maioria ainda tem. “Eu não te disse que isso era verdade”. “A razão pela qual eu acredito nisso, é porque é verdade”. E os Abraham sempre me relembram. A verdadeira razão de eu mesmo acreditar muito nisso, é porque eu mesmo venho praticando mais, esse pensamento sincronizado, e tudo o que uma crença é, é um pensamento que eu continuo a praticar mais, aqui e agora. E lá estou eu, indo de novo para Salvador, comer as minhas deliciosas esfihas árabes, de novo, que delicia…

ENTÃO, EU REALIZEI UM DESEJO…

- domingo, 23 de julho de 2017

risólis Ao realizar um desejo qualquer, um simples risolis de camarão, já que isso não é comum ou muito fácil de se achar no Recife, e se eu aceitar que realizar isso foi a minha vibração que permitiu esse desejo, e eu ainda sair pensando mais ou menos assim… Eu estava mesmo desejando degustar um risolis delicioso de camarão e consegui, e eu sabia que lá estaria ele me esperando, em algum lugar que eu fosse passar, quentinho ainda, e como foi bom eu conseguir isso, eu sabia disso, e eu adoro brincar com isso, eu sabia mesmo, eu pude sentir isso, eu pude sentir a ausência de qualquer tipo de oscilação de energia, de vibração, havia uma clareza, uma certeza sobre isso, eu pude sentir, eu senti o alinhamento disso, pude sentir que havia um momentum suficiente ocorrendo, que era provável que seria uma experiência que eu poderia; ver, cheirar, tocar e sentir, não somente pra mim, mas para todos que estavam a minha volta. Eu pude sentir aquilo, e isso é o quanto eu senti daquilo realizado.

Então, ao focar nessa coisa, nessa experiência que eu sabia que iria acontecer, que eu senti, que vivi e que é… O que eu já me tornei agora… E assim, eu mesmo pratiquei mais o sentimento daquela vibração, pratiquei a vibração daquilo. Jamais foi eu ter só mais pensamentos positivos, foi uma jornada emocional. A vibração do saber. E eu sei muito mais coisas do que isso; Eu sei que eu crio a minha própria realidade. Eu sei que sou um criador deliberado. Eu sei que sou eu quem faço todas as minhas escolhas… Eu sei que é o meu foco o que ativa tudo… Eu sei que é a minha poderosa atenção que faz tudo ser sempre mais… Eu sei que pensamentos se transformam em coisas… Eu sei que a energia da Fonte está ciente de mim. Eu sei que sou mais uma extensão da Fonte em eterna expansão, aqui e agora, na linha de ponta do pensamento. Eu sei que tenho um ser interior. Eu sei que tenho um vórtice. E junto com todo esse saber que estou praticando, como acabei de fazer escrevendo, sobre tudo isso que sei. Além de estar praticando, estou mantendo a frequência vibracional que permite os mesmos resultados, em relação a todos os outros assuntos que já estiverem em minha própria experiência.

E a menos que eu tenha um pensamento com um grande momentum em oposição a tudo isso, eu posso resolver tudo, qualquer coisa, apenas praticando mais e mais, e de novo, esses mesmos pensamentos ou as vibrações daquilo tudo que eu sei… Eu só preciso voltar a pensar mais sobre tudo o que já está dando certo, do que já está funcionando muito bem que, todas essas coisas que eu ainda quero e que ainda não estão funcionando, passarão a funcionar rapidamente… E eu adorando e apreciando pensar mais sobre as coisas que eu quero e que já estão me fazendo me sentir bem, e até mesmo as coisas que ainda não me fazem sentir bem, passarão a me fazer sentir cada vez melhor… Isso é eu mesmo alcançar o meu próprio ambiente vibracional que sempre me conduz a mais permissão.

PRO DIA NASCER FELIZ… EXPERIMENTE!

- quarta-feira, 8 de março de 2017

pudim Eu adoro ter sempre esse poder em minhas mãos. Eu carrego comigo essas três frases na ponta do meu pensamento, cada um pode escolher as suas, mas as minhas são essas: “Eu sou sempre novo agora! Pensamentos se transformam em coisas. Ser feliz antes de tudo é tudo”. No início, eram outras frases e eu as sempre tinha escritas em um papel que eu colocava na minha carteira, quando os smartphones ganharam espaço, eu passei a colocar essas frases atuais que eu mais aprecio, como se fosse um app, eu bato o dedo e lá estão elas. Minhas frases preferidas e maravilhosas. Então, só depois de rele-las ou relembra-las, que eu começo a minha diversão em “escolher” mais, o que vai me fazer ser sempre mais feliz o dia todo, jamais importando as circunstâncias ou os momentos.

E saio focando em coisas até achar algo que eu possa me divertir em fazer isso ser sempre mais com a minha atenção não dividida… Às vezes eu entro numa padaria e escolho algo que me deu vontade de comer, pode ser um pudim. Eu uso os meus cinco sentidos para gravar bem esses poucos momentos preciosos, eu corto o primeiro pedaço procurando sentir a textura, a consistência desse pudim, que os meus olhos já me fizeram encher a boca do sabor de quero mais, e antes de colocar na boca, eu procuro sentir o cheiro maravilhoso dele, quando coloco na boca eu procuro tirar o máximo de prazer em me deliciar com cada colherada, se não tiver uma música tocando, para que eu possa marcar o momento, eu assovio uma ou faço um som com a boca, que mais me agrada no momento, e ai está o meu primeiro momento feliz, guardado em fatos vivos…

E desse momento em diante, agora, sempre que eu não sinto o meu natural Bem Estar, eu faço essa viagem emocional ao meu pudim novamente. Se alguém chega para mim com um papo que não me faz sentir bem, eu corto na hora e pergunto. Você já comeu o pudim da padaria Boa Viagem? E não dou nem tempo dela responder, e começo a dizer todos os momentos que ficaram marcados em eu saborear aquela delicia. Geralmente ou a pessoa vai embora antes que eu termine ou se ela ouvir tudo, ela já não vai saber nem o que estava dizendo antes. E se eu achar outra coisa durante o dia que me divirta ainda mais, eu faço a mesma coisa que fiz com o pudim, e assim, já tenho duas coisas ou mais, para nunca mais ficar sem me sentir no meu natural fluxo de Bem Estar. As pessoas diziam que eu enlouqueci, mas minha vida agradece com tudo aquilo que eu venho realizando, aqui e agora…

Até quando você vai continuar tentando mudar a sua realidade?

- sábado, 19 de abril de 2014

delicias de Salvador Você precisa entender que você só pode mudar de realidade, nunca irá mudá-la, existem infinitas realidades paralelas, você só tem que escolher qual delas, você mesmo quer passar a maior parte do seu tempo. Eu vejo muita gente querendo ganhar na loteria ainda nessa realidade de falta. Se você não é milionário agora, é porque você está numa realidade de falta dos milhões que você já desejou algum dia. Você pode até jogar na lotérica, em busca de entrar em alinhamento com a prosperidade e abundância que existe em tudo… Afinal tudo é abundante, tudo é prospero e tudo é sempre mais… Sempre mais do que já é… Ou mais do que você quer… Só que o seu desejo verdadeiro, aquele que o Vácuo Quântico sempre coloca a Lei da Atração para atende-lo, é o que você sempre pensa e sente, esse que você vibra agora…

É a sua vibração, a sua emoção que você sente agora, o que faz você mudar de realidade. Todas as emoções negativas, aquelas que o fazem apenas sentir a falta do Bem Estar, sempre te levam as infinitas realidades da falta, onde o medo e o poder do ego, é colocado como sua base para o seu próprio foco. Tudo te leva a focar mais no que você realmente não quer experimentar. O que, se você apenas encarasse como mais um simples contraste, rapidamente mudaria de vibração e voltaria ao fluxo ininterrupto de energia e informação de puro Bem Estar, visitando infinitas realidades paralelas que estão no fluxo do Bem Estar.

Eu sou livre para visitar todas as realidades, assim como também sou livre para me manter na realidade que eu quero experimentar, aqui e agora. Esse mundo é repleto de contraste, ótimo para quem sabe aproveitar… Eu desejei vir passar uns dias em Salvador, e só foi eu declarar esse meu desejo que, logo vieram os contrastes, pessoas disseram; aqui está tendo muitos contraste; saques, policia em greve, baderna, tempo chuvoso e tudo mais que elas realmente estavam experimentando na realidade delas, por não mudarem de foco e assim mudariam de frequência e vibração, para estarem já em outra realidade. Eu apenas encarei tudo isso como contraste, e aqui estou, nessa cidade maravilhosa…

Eu encontrei Salvador, com Sol, tudo funcionando bem, meu cunhado com minha sobrinha me esperando no aeroporto, minha esfirra árabe saindo fresquinha na hora, o transito limpo e livre, andamos do aeroporto até a casa de minha sogra, 27 km de asfalto novo, onde apenas tinha um só semáforo, e esse único sinal, quando passamos estava aberto. A minha cunhada tinha uma garrafa de um dos Whisky que eu adoro, me esperando na sala com gelo de coco, um camarão levemente apimentado passado no azeite como eu adoro. passamos o dia nos divertindo e apreciando as delicias da culinária dessa realidade maravilhosa, que eu mesmo escolhi estar, aqui e agora… E até hoje, tem muita gente que me pergunta, você já esteve muitas vezes em Salvador, porque nós ainda não nos encontramos? Porque simplesmente estávamos em realidades paralelas distantes… E eu jamais passo mais de 17 segundos em uma realidade, que não me trás mais Bem Estar…

O desejo, de se deliciar com a vida…

- sábado, 16 de julho de 2011

A minha vida é como se eu fosse um grande chef de cozinha, em um imenso restaurante com uma linda e enorme cozinha toda muito bem mobiliada, onde eu tenho uma dispensa como tudo o que eu puder imaginar, ela é muito bem servida, tem todos os ingredientes do mundo, eu entro e escolho tudo o que eu realmente preciso e quero, podendo fazer os meus mais deliciosos pratos, não só para eu mesmo poder deliciar, mas poder também fazer outras pessoas felizes, apreciando as minhas diversas criações, me fazendo a cada dia, a cada refeição servida, a minha própria vida ainda mais feliz.

Ao começar preparar uma refeição especial, que poderia começar por uma deliciosa torta de palmito, eu me deparo com uma variedade enorme de ingredientes que não são adequados ou apropriados para esse meu prato, para essa minha criação, então eu os descarto, porém, sem nenhum tipo de desconforto por eles estarem ali na minha frente, ou sobre a própria existência deles, eu apenas e simplesmente utilizo os ingredientes que realmente aprimorarão ainda mais a minha criação, deixando de lado todos os outros que não são adequados para esse momento, eu não preciso nem jogar fora o que não preciso e muito menos querer ou tentar fazer o impossível, que é tentar excluir tudo aquilo que eu não preciso neste prato da minha magnífica dispensa.

Assim sendo, quando eu saio para visitar um restaurante de uma outra pessoa, eu também tenho o direito de escolha, eu posso desejar estar no seu restaurante por exemplo, que pode me servir a La-carte ou self service, eu também posso escolher o prato que mais me agrada, ou os ingredientes para compor o meu prato só daquilo que mais me agrada, sem precisar, nem fazer cara feia ou me sentir desconfortável por ter coisas ali que eu não estou com vontade de comer agora.

Esse é o verdadeiro motivo de eu poder me deliciar sempre com o melhor na vida.

- Podemos usar a mesma coisa em todos os temas de nossas vidas; saúde, relações, dinheiro e bens materiais, porém as pessoas insistem em catalogar e escolher muito mias as coisas que não querem na vida, do que aquilo que realmente desejam de verdade viver ou na maioria das vezes tentam desesperadamente excluir isso.

- Quando estamos em contato com a vida de outras pessoas, ou de coisas do nosso dia a dia como: um amigo e um carro por exemplo, temos a tendência de, em primeiro lugar, saber o que não queremos deles, e isso até que não é ruim, ao contrário, é maravilhoso saber o que queremos, e realmente sabemos com muito mais certeza disso quando descobrimos o que não queremos, mas, deixamos de atrair o que queremos ao só ficar focando o que não queremos, e com isso só atraímos mais disso, vejamos; eu posso ter uma amiga perfeita que tudo nela me agrada, e também posso ter um outro amigo que tem algumas coisas que eu não gosto, eu só preciso focar no que eu gosto, até quando vejo um carro que não gosto na rua, muitas vezes ele tem a cor ideal para o carro que desejo, então é isso que eu coleto, somente a cor que eu adoro.

Caramba! Essa cor amarela ficaria show no meu Kia Soul.
E a Kia lança a cor do meu desejo no proximo ano…