Posts com a Tag ‘cursinho’

ADORO SER EXEMPLO DE FELICIDADE..

- terça-feira, 8 de novembro de 2016

adoro-ser-novo Os Abraham sempre me relembram que, se eu guio alguém, jamais importa que seja o meu filho ou alguém que eu conheci pela Internet, se eu o levo através de qualquer coisa que não seja o meu próprio exemplo de mais; felicidade, de prosperidade e abundância, em minha própria vida, isso já está mais para a categoria de controle. E eu não quero controlar ninguém. Se eu digo: “Isto é o que eu descobri e que funciona para mim, se você quiser pode experimentar, isso se você realmente quiser.” Isso é ser cooperativo com a Lei da Atração, porque eu já tenho informações que respondem algumas perguntas lançadas ao Universo. Eu realmente experimentei e deu certo para mim.

E eu vivo me divirto muito com o que eu encontro pela Internet, as redes sociais estão cheias de pessoas em grupinhos dizendo assim… Eu encontrei o segredo do segredo, estudos comprovam que o coração tem mais energia que o cérebro, pesquisas apontam que isso funciona e ainda tentando fazer com que as pessoas raciocinem que nem ele, tudo para justificar a grana que ele está querendo tirar do cara que vai fazer o curso, ou assistir sua palestra, mesmo sem ele ou ela nunca ter mostrado um só exemplo da sua própria prosperidade e abundância, que eles dizem que as pessoas vão ter se fizer… Isso me parece muito com o que os religiosos já usam… “Isto é o que eu encontrei funciona para mim, e se você não segui-lo, você estará em apuros”, que é exatamente colocar o controle nas pessoas. Isso é muito divertido…

Mudar ou fugir da realidade?

- domingo, 29 de setembro de 2013

Escolas burras As pessoas em vez de mudar de realidade, elas vivem querendo fugir da sua própria realidade, que elas não gostam. Mas, sempre fazendo algo físico, tomando sempre alguma ação física idiota. Então tem alguns que pensam que estudar vai lhes fazer essa mudança desejada e, mesmo depois de passar anos e anos em escolas, depois em faculdades, ainda fazem tudo que é tipo de cursinhos que inventam, MBA ou qualquer outro curso idiota, nem percebendo que todos os professores que deram essas aulas idiotas para eles, também só usam lado esquerdo do seu cérebro e, também continuam a viver, na mesma realidade que todos, inclusive quem estudou, ainda quer mudar. E assim essas pessoas só conseguem continuar a pensar racionalmente com o lado esquerdo do seu cérebro. E; idolatram, endeusam, paparicam; apoteosam; bajulam; divinizam; elogiam; enlevam. os poucos que conseguiram usar o lado direito do cérebro e se tornaram criadores da sua própria realidade. Que geralmente são os que estudaram muito pouco ou quase nada.

Ainda tem outros, que se acham corajosos, mas que sua ação e se acovardar, fugir, o que é também baseada no lado esquerdo do seu cérebro, e para esses, fugir do pais onde nasceram, é a única solução, e jamais importa se eles estão vivendo na Europa ou nos EUA, ou em qualquer um desses países onde existem frequentes ataques terroristas, ou até aqueles que vem parar num país como o Brasil, que só é diferente, porque aqui os terroristas são declarados e estão no governo e até na Presidência com muito orgulho. Portanto há aqui também muitos atos de violência. Com isso dá para ver claramente que, nem mesmo importa a cultura de cada povo. Em qualquer lugar que se vá, tudo que essas pessoas sentem é, apenas o seu próprio sentimento de vulnerabilidade que, já os coloca em uma harmonia vibracional, compatível com tudo o que eles mais temem.

Eu mesmo já percebi isso e concebi muito bem. Hoje eu mesmo me empenho deliberadamente, para atingir um sentimento de Bem Estar pessoal, em qualquer situação e, se eu realmente procuro a todo o momento, por razões para continuar a me sentir bem é, praticamente impossível para mim, encontrar com algo que seja muito diferente do meu atual estado de ser, o Bem Estar, que é, o único lugar que a verdadeira liberdade existe e nunca será suprimida. E sendo assim sempre estarei vivendo a minha própria realidade que eu mesmo criei e até aquelas que, sejam muito parecidas mesmo com a minha, aqui e agora.

Técnicas como EFT ou cursinhos de LDA, funcionam para todo mundo, ao mesmo tempo? É só fazer e pronto, tudo se realiza?

- quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Então eu pergunto a essa pessoa em questão e que deseja… Como é sentir o que você quer muito, agora? A maioria responde, eu não sei, ainda não tenho o que eu quero. E dependendo do desejo, fica ainda mais complicado, como quando alguém que deseja muito a sua saúde, ou sair da depressão, para ela é quase que impossível sentir a alegria do que ela quer.

Então, as pessoas procuram fazer coisas, ainda se sentindo mal, como se isso fosse ajudá-las em algo. Então elas querem fazer processos mágicos, tipo EFT, Ho’ Oponopono ou até fazer os cursinhos de Lei da Atração, ainda se sentindo mal. Esquecendo que, o mais importante não é o que se faz, mas o que se sente enquanto se faz. Se você procurar encontrar um alivio qualquer, e procurar subir bem devagarinho a sua vibração, sem pressa alguma, depois disso qualquer processo escolhido é inspirado.

Tudo o que elas teriam que fazer era procurar um alivio qualquer. Porque se você apenas não está agora, pensando em um pensamento negativo, a sua vibração vai graduativamente aumentar para o seu lugar natural positivo. E o mais incrível é que, todos os cursinhos e técnicas criadas pelos cérebros humanos e suas lógicas, busca em um determinado momento as crenças negativas delas, para tentar elimina-las ou trocá-las, e ninguém percebe que, ao se fazer isso, está alimentando ainda mais a sua própria crença negativa, e esse é um dos motivos de, muitos não conseguirem nem mesmo fazer o curso todo, e os que conseguem, a maioria não realiza os seus grandes desejos.

Então, as pessoas fazem o que todo mundo faz, acreditam que um cursinho ou uma técnica qualquer, serve para todo mundo ao mesmo tempo. Não estão nem ai para o principal, a vibração que cada um está sentindo naquele momento em que está procurando algo para fazer…

A maioria que, administra esses cursinhos ou que tem esses cursinhos guardados para disponibilizar para alguém, muitos deles, ainda não realizaram os seus próprios desejos. É como os professores dos nossos filhos, querendo ensinar aos seus alunos, a como se ganhar dinheiro ou ser muito bem sucedido na vida, durante as suas aulas. Mas é só você entrar nas redes sociais e lá estão todos eles, reclamando da vida, protestando que ganham mal, mostrando a verdadeira realidade que a maioria deles que estudaram muito vivem. A maioria deles quando estão atuando apenas como professor, não são tão felizes e nem mesmo bem sucedidos na sua própria vida.