Posts com a Tag ‘crescimento’

VIVER OU SOBREVIVER, É MINHA ESCOLHA…

- segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Anne With Ou eu estou sempre; crescendo, expandindo e melhorando, ou estou apenas sendo mais do que já sou, o que é o mesmo que eu escolher apenas sobreviver. E como eu faço parte ativa de um Universo em eterna expansão, deixar de acompanhar o fluxo, essa melhora, tudo isso me faz sentir ainda mais, a ausência de meu natural fluxo de energia e informação de Bem Estar, que é a falta que isso me causa agora, pela minha própria resistência ao que eu já sou. Um ser em eterna expansão. Eu jamais posso ser menor do que já sou. E tudo isso acontece, apenas porque ou eu estou dando a minha poderosa atenção para onde estou indo ou estou dando atenção para onde estou agora. E jamais importando para onde eu estou dando atenção, isso é sempre a minha própria vibração e o Universo está combinando tudo com isso que eu vibro agora… A vida é para ser sempre mais divertida, se não é, estou apenas sobrevivendo…

A SINCRONIA PERFEITA…

- sexta-feira, 24 de março de 2017

sincronicidade sinais A sincronia perfeita é a sincronicidade de se estar bem na maior parte do tempo. Ter mais tranquilidade, escolhas e muita diversão, já é o mais importante passo, que eu mesmo posso dar agora. Porque a vida é feita de; pensamentos, escolhas, muita diversão e uma eterna apreciação. E quem não sai desse caminho de menor resistência, consegue fazer o ego estar sempre na sincronia perfeita. Onde ele só segue a sua própria felicidade. Todos pensamentos se resumem em mais; liberdade, escolhas, crescimento e inspiração. Então, o caminho sempre está mais livre para mais; pensamentos que retornem mais bons sentimentos, escolhas que ao focar já lhe traz mais Bem Estar, pessoas e coisas que é uma verdadeira diversão e ainda saber apreciar, até o lado da falta de qualquer contraste, é como se eu passasse a vida toda tendo sempre “sinal verde” pela frente.

O ego só sai dessa sincronia perfeita, passando para a sincronicidade da falta, quando eu mesmo esqueço, de que sou sempre novo agora, eu sempre começo tudo no agora. Então, essa ilusão do karma, de resultados de coisas passadas, fazem o ego, agora resistente ao seu natural fluxo de Bem Estar, entrar na sincronicidade da falta. E é muito fácil perceber se eu estou nela. Esses seguidos sinais vermelhos começam com o pensamento de que não se tem escolhas, e logo vem o pensamento da sobrevivência, como esse pessoal preocupado com a previdência e a terceirização. E dai pra frente tome sinal vermelho; justificativas, rejeição, projeções, paranoias, recompensas e racionalização, o ego fica restrito aos pensamentos repetidos de suas crenças que ele mesmo criou e as realimenta, numa continuada sincronia de falta.

OU EU VIVO OU EU SOBREVIVO…

- terça-feira, 29 de novembro de 2016

reforco-de-sincronicidades-de-crencas Quem realmente vive a vida, tem sempre infinitas escolhas para tudo e ainda a exerce de verdade, a sua liberdade é a base de sua vida e de seus relacionamentos, ele vive inspirado em; ser, ter e fazer, muitas e muitas coisas, tudo aquilo que já lhe dá retorno de mais felicidade e sempre está acompanhando o crescimento exponencial de tudo, porque ele sente e sabe que tudo a sua volta está eternamente se expandindo, assim como o próprio Universo. Ele sempre está reforçando esse sincronia divina, porque ele sabe que sua maior parte é a não física, que nunca se desligou da Fonte de Bem Estar em eterna expansão, dessa Consciência única que somos todos nós, juntos e misturados.

Os que ainda pensam que vivem separados, para esses, não exite nenhuma escolha, eles sempre pensam primeiro, que precisam sobreviver, por isso fazem qualquer coisa, mesmo sem prazer, racionalizam tudo a sua volta, a lógica e a razão ditam tudo, estão sempre fazendo as coisas na espera de uma recompensa, vivem com paranoias de conspirações, acham que não tem o que quer, porque alguém ficou com a parte dele, projeta tudo para um futuro incerto, tendo como base sempre o seu passado, quase nunca vive o agora, rejeita tudo que é novo e adora justificar tudo; o que tem e o que não tem, até o que gostaria de ter, e mais ainda o que faz ou deixou de fazer, porque ainda acredita que tem que justificar sua existência, e ainda acham todos aqueles que realmente vivem a vida são; crianças índigo ou cristal, seres iluminados, seres especiais, que nasceram com um dom ou com a bunda pra Lua, seus ídolos… E assim, apenas sobrevivem mais, esperando por um milagre que nunca vem, até que ele mesmo passe a realmente viver…

AS MUDANÇAS SÃO ETERNAS, TANTO FÍSICA COMO FINANCEIRA.

- terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Adoro ser novo Mas, tudo é sempre resultado da minha vibração de agora. Por isso eu adoro ter minhas infinitas escolhas e infinitas probabilidades, e sendo assim, eu escolho que elas sejam sempre mais deliberadas e mais conscientes. Circunstâncias nunca importam para mim, o que realmente importa é a minha felicidade. E é por isso que sou sempre mais consciente e deliberado em tudo. Adoro perceber que estou bem menos focado nos problemas ou nas questões, e o que mais repito agora é, mais e mais a minha procura deliberada de sempre sentir mais antecipações gostosas dessas muitas soluções ou dessas infinitas respostas que certamente sempre virão. Adoro me sentir cada vez mais rejuvenescido, adoro me sentir eternamente jovem sexualmente, tendo minhas ereções bem mais prolongadas e gostosas, adoro ter um folego juvenil, uma respiração maravilhosa para continuar a me divertir mais, cada vez mais com todos os meus brinquedinhos de criança grande. Adoro toda essa; facilidade, felicidade e liberdade, de estar sempre voltando aos meus 97 kg e uma barriguinha tanquinho. Adoro essa liberdade de já ter muito dinheiro sobrando, e é realmente muito maravilhoso ter agora, a possibilidade de mais alguns milhões de reais completamente livres para eu me divertir ainda muito mais e ainda sentir infinitas possibilidades de mais escolhas, que eternamente evidencie mais prosperidade e mais abundância em tudo na minha vida. Eu sei que tudo é sempre mais. Eu adoro saber que tudo está eternamente mudando e se transformando para mais, e que sou eu quem decido que é para melhor, e cada dia eu confio mais na facilidade e na diversão que é ver e sentir, tudo isso se desdobrando bem na minha frente.

QUANDO EU QUERO ALGUMA COISA… EU COMEMORO MAIS…

- quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

mulher_dinheiro1 O caminho de menor resistência para eu ter isso que eu quero, seja lá o que for é, eu ser sempre o mais geral que eu puder ser, gastar muito mais o meu tempo sentindo; a felicidade que isso me trás, a liberdade que isso representa para mim, sentir o crescimento disso em minha vida e criar uma boa expectativa da inspiração que vai surgir a partir disso. Como os Abraham me relembra a todo o momento, quando eu ego, essa extensão da linha do pensamento em eterna expansão, decido que quero alguma coisa, jamais importa o que quer que seja, o oposto disso que eu quero, também já faz parte da minha consciência limitada nessa extensão.

Quanto mais eu defino alguma coisa, mais do contrario eu mesmo coloco em futuras possibilidades. Se eu penso em dinheiro e começo a definir coisas como, ser muito honesto para justificar toda essa grana chegando, mais eu tenho a possibilidade de encontrar desonestidades nessa experiência, quanto mais eu penso em ajudar alguém, por definir quem precisa de ajuda, mais possibilidades eu mesmo tenho de me encontrar em situações onde eu precise de ajuda. Eu mesmo já perdi muito tempo definindo coisas, que só estava criando mais possibilidades. de eu mesmo encontrar mais, o lado de falta dessa mesma coisa que eu tanto queria, apenas por não ser mais geral, onde eu deveria apenas apreciar; mais, mais e mais…

O ego resistente ao seu natural fluxo de Bem Estar, em vez de; comemorar mais, festejar mais e de apreciar mais, ele logo parte para as suas muitas definições que ele mesmo arruma. Veja que ele quer, mesmo antes de ter o que quer, ainda no vislumbre da coisa, já resolver muitos pepinos. Ele decidiu agora, ter muito dinheiro e já pensa… Vou ser honesto porque tem muita gente desonesta nessa vida, vou ajudar mainha, painho e todos os meus irmãos e parentes, vou ajudar fulano e beltrano, se for muita grana vou ajudar os mais necessitados. Ele nem percebe que é ele mesmo quem vive mais necessitado de alguma coisa na vida, principalmente de dinheiro.

EU ADORO A MINHA TOTAL LIBERDADE…

- sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

liberdade A base da minha vida é a minha liberdade absoluta. O único objetivo que eu tenho na vida é a minha própria e pessoal alegria, essa minha total felicidade, aqui e agora. E o resultado dessa combinação perfeita, é o meu crescimento para frente, essa minha eterna expansão. O meu objetivo diário e de todos os meus muitos momentos existenciais, é eu mesmo encontrar muito mais, objetos de desejos, contrastes, que me permitam chamar mais e mais energia da vida, que ao passar por mim simultaneamente, vindo e voltando a Fonte, expandam ainda mais, todo esse Universo de coisas, me fazendo sentir sempre vivo e inspirado, aqui e agora.

Como é bom e maravilhoso poder viver esse meu mundo, aqui e agora. Esse meu foco despeja sempre mais energias e informações, as quais dão vida a qualquer coisa que eu mesmo pense agora, e é a minha atenção não dividida, o que faz tudo isso focado agora, ser sempre mais, eternamente mais… Eu vivo num mundo maravilhoso de eterna inclusão, que está em exponencial e eterna expansão, jamais houve ou existirá uma só possibilidade, de se excluir uma ou qualquer coisa sequer, já pensada e emotizada por mim, por mais de 17 segundos, nesse meu mundo físico, que eu mesmo crio agora, pensando e sentindo, aqui e agora. Eu adoro ter esse poder. Eu sou uma extensão da Fonte de Bem Estar, eu adoro e aprecio muito poder viver agora, na linha de ponta do pensamento, aqui e agora, para todo o sempre…

ADORO ESCOLHER O QUE EU QUERO…

- sábado, 12 de dezembro de 2015

Hotel João Pessoa Qualquer pessoa pode escolher o que quer; ser, ter ou fazer, é só ela mesma parar de focar e dar a sua atenção para o que não quer. Quando eu vim para o nordeste, eu vim porque eu sabia que aqui só tinha mais e o melhor do que eu queria ver, tudo é uma questão de escolhas. E eu também escolhi ganhar dinheiro me divertindo e muito. E eu só tive de escolher o que mais me fazia sentir mais livre, o que mais me dava o sentido de ter mais infinitas escolhas, o que mais me fazia sentir mais inspirado e o que mais eu sentisse que minha consciência estaria sempre se expandindo mais… TUDO É MAIS… Todos os dias eu refaço a minha intenção de estar aflorando ainda mais a minha tríade de intenções que já veio inerente a minha vida de mais; liberdade, felicidade e expansão. E é exatamente isso que a minha vida é mais… Adoro saber que eu sou puro Bem Estar focado nesse meu corpo físico nesse mundo físico de tempo e espaço. Eu adoro fazer a todo o momento, todos os dias, essa divertida e gostosa jornada emocional, a vida é para ser sentida, a vida é para ser vivida…

Como eu posso ver o meu próprio crescimento?

- sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

aneis_anuais Ao meu cérebro ser formado, lá pela oitava semana se gravidez, eu já recebo uma formatação básica desse mundo físico, que são as crenças da minha mãe que a permitem ver as suas realidades que ela visita momentos a momentos. Agora, eu mesmo já começo a formatar as minhas próprias crenças, sempre copiando vibrações, agora de mais gente a minha volta, mesmo ainda no útero de minha mãe. Após eu nascer, eu continuo a formar mais crenças repetindo, vibrações, pensamentos e foco, agora envolvendo isso com mais Bem Estar ou com a falta desse mesmo Bem Estar. Essas crenças envolvidas por essas emoções, se tornam as minhas próprias crenças dominantes. Muitas dessas crenças, com o passar do tempo deixam de ser realimentadas com fortes emoções, e assim, outras do mesmo tema, passam a ser agora a crença dominante da vez. Eu já não acredito mais em papai Noel, já tenho a crença de que são as pessoas que me dão meus presentes. Tudo na minha vida é a realidade que as minhas próprias crenças me permitem enxergar. Só que a maioria não quer crescer, criar novas crenças, ainda acreditam em crenças milenárias e resistentes ao fluxo de Bem Estar.

Como as arvores frondosas, nós mesmos, também formamos os nossos próprios anéis limites de crescimento, que são as nossas próprias crenças limitantes. Se apenas realimentamos nossas velhas crenças limitantes, viajamos apenas para as realidades paralelas mais próximas, as diferenças são quase que imperceptíveis. Quando criamos novas crenças também limitantes, porém mais permissoras, mais libertadoras, agora já viajamos para realidades bem mais distantes, completamente diferentes das que estávamos acostumados a viver. Então, nossas crenças anéis mais largos de liberdade e permissão de Bem Estar, nós permitem ir sempre bem mais longe do que antes, e ninguém consegue mais ser menor que que já é. Tudo sempre depende das minhas novas crenças que devem, eternamente dar mais lugar as sempre mais novas crenças, bem mais libertadoras e em eterna expansão.

Todo o sofrimento humano existente se dá, porque as pessoas se recusam a criar suas próprias novas crenças libertadoras, elas querem o impossível, que é permanecer como tudo já está, elas se descabelam pensando que suas crenças podem estar em extinção, como elas acreditam que podem salvar coisas e animais de extinção, outros quando se veem presas as essas crenças limitantes querem apenas exclui-las em vez de criar novas crenças, o que só faz realimentar ainda mais as crenças que elas mesmas estão focadas, muitos ainda não perceberam que seus cérebros são apenas seus próprios mecanismos de foco. e que tudo o que se foca ganha sempre mais volume…

Vibro saúde mais não consigo vibrara dinheiro…

- segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

adoro dólares 2 Isso é uma coisa muito comum em homens e mulheres que tem o cérebro feminino, sempre leio pessoas falando as mesmas coisas, de maneiras diferentes, mas semelhantes na finalização, não conseguem ter muito dinheiro sobrando. E isso geralmente se dá por dois motivos. O primeiro é sua estrutura cerebral, um cérebro feminino não foi formado para focar em uma coisa de cada vez, ela ou ele, sempre foca em muitas coisas ao mesmo tempo. E isso se resolve mais fácil arrumando um relacionamento com alguém que tenha um cérebro masculino, se a pessoa ainda tem a crença que dinheiro só vem através do trabalho, se for empregada(o) procurar empresas dirigidas por alguém com cérebro masculino, homem ou mulher, tipo a Dilma, ou pode se ter uma empresa com um sócio, mas, alguém com o cérebro bem masculino. E seguir as metas focadas pelo sócio e fazer mais o que lhe agrada que é verificar todas as coisas que o seu sócio nunca vai querer olhar. Saber lidar mais com a sua própria individualidade, porque ninguém é totalmente igual.

A segunda coisa é tentar o máximo ser mais geral para moldar suas novas crenças, as pessoas que não tem muito dinheiro, geralmente atiram para tudo que é lado, elas estão sempre correndo atrás de novidades e assim raciocina mais, quer explicar as coisas nos mínimos detalhes, seja ele importante ou não. Para se ter uma crença dominante positiva para cada tema importante é preciso estar sempre atento ao seu próprio comportamento mental. A primeira coisa é se verificar se está se permitindo mais liberdade para si mesmo e também permitindo mais liberdade aos demais. A segunda coisa é deliberar mais o seu direito a escolhas, mas só seguir aquilo que mais lhe estimula no momento e jamais voltar a tentar fazer um pouco de tudo que aparece. A terceira coisa é estar primeiro inspirado, para só depois tomar quaisquer que sejam as decisões, se habituar mais a dar suas intenções por cada seguimento novo, sempre após estar se sentindo muito bem, só fazer coisas que sentiu uma inspiração antes. A quarta e ultima coisa a fazer é aceitar as infinitas possibilidades, relembrar que tudo está em eterna expansão, para isso é preciso que suas crenças sejam expansivas e de preferencia exponenciais.

Agora vem o que se deve estar atento quanto ao que sente, para ir saindo da sincronicidade negativa. Essa é a tarefa mais difícil que é; parar de explicar as coisas nos mínimos detalhes, ser bem menos racional que puder, depois, parar de se justificar, tem gente que diz, eu não tenho dinheiro por causa de eu não saber aplicar ou porque eu boto tudo fora, tudo isso é pura justificativa do ego. A coisa mais comum é essa pessoa estar sempre preparado para rejeitar coisas que ela mesma não pensou antes ou que não foi colocado por ela na mesa. A pior coisa é projetar o futuro com sua mente limitada, metas é diferente de se projetar, eu posso dizer esse ano minha meta é trocar de carro e comprar no minimo mais uma casa, mas é completamente resistente se ficar projetando, que é se pegar dizendo, esse ano eu vou fazer isso e isso e mais aquilo para poder conseguir isso. A coisa mais comum de quem não tem dinheiro é entrar em paranoias, o cara nem tem o dinheiro e já se preocupa com ladrão ou onde aplicar com segurança para não voltar a ficar duro, nem sentiu o gostinho de como é bom ter dinheiro e já começa a tentar consertar coisas, vou dar uma casa para mamãe, ajudar meu irmão que é duro, vou pagar a facul para minha sobrinha, e um plano de saúde para todo mundo poder ficar doente sem se preocupar com dinheiro. E agora vem a parte mais hilária da coisa toda. O cara pensa no dinheiro que ainda não tem querendo que a vida lhe recompense por tudo que ainda não fez, ou até as pessoas que ele nem ajudou ainda. Mas ele quer ser recompensado por pensar em ajudar todo mundo e ser muito certinho em tudo. Esse é o reforço que essas pessoas sempre fazem para continuar a ser ricos vibracionalmente, porque vivem pedindo e sendo atendidos e pobres fisicamente por resistirem a tudo o que já está esperando apenas a sua própria permissão vibracional para se materializar. Cade a sua alegria?