Posts com a Tag ‘crença’

AINDA SE DISCUTE MAIS ESCASSEZ…

- terça-feira, 8 de outubro de 2019

o primeiro mentiroso As crenças de, “Não se ter escolhas”. E a de que, “É preciso sobreviver”, sempre foram frutos dos pensamentos mais reagentes e limitados, desde a época dos homens das cavernas, e ainda se proliferam até hoje. Hoje essas duas maiores falsas premissas, ainda são as bases de todas as leis seculares e das muitas novas leis que os congressos vêm criando ano após ano…

Os argumentos sempre foram os mesmos. “Devo estar ciente das coisas ruins e estar atento às coisas ruins, e devo cuidar das coisas ruins tentando me orientar para as coisas boas”. E a verdade é que ninguém pode fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Ninguém pode tomar cuidado com as coisas ruins e permitir as coisas boas ao mesmo tempo. Não é vibracionalmente possível…

O foco ainda está no lado da falta. A atenção agora global, no pouco que eles coletam de errado, sempre é colocada em baixo de holofotes, seja pelas mídias ou pelas próprias pessoas na Internet, que só fazem a escassez crescer, eles nem percebem que vivem num mundo Quântico, num mundo de puro Bem Estar onde tudo é abundante, prospero e está em eterna expansão…

OS PENSAMENTOS QUE EU MAIS PENSO…

- segunda-feira, 7 de outubro de 2019

dimdim Os pensamentos que eu mais penso e que coloco em sincronicidade, são sempre as minhas crenças atuais e, são essas crenças que me permitem tudo. E isso vale para tudo na vida; corpo físico, relacionamento, dinheiro e tudo mais. Eu dei uma exemplo semana passada sobre dinheiro, ganhando de novo na loteria. E é exatamente nesses momentos é que vemos o que mais pensamos momento a momento.

Eu só me permito um pouco mais dinheiro sobrando, porque venho só pensando em pouco dinheiro sobrando. Se quero que sobre milhões eu tenho que pensar mais de forma amorosa e mais apreciativa em meus milhões. E não só dinheiro sobrando para trocar de carro, para trocar de apto, eu preciso pensar em coisas que eu esteja sempre gastando divertidamente os meus milhões que, eu já depositei no meu vórtice criativo…

E é assim que eu vejo também, como eu mais penso mais em tudo mais na minha vida. Se é na facilidade e liberdade das coisas fluírem para mim ou se é na dificuldade. Se é no maravilhoso e gostoso relacionamento que tenho ou não. Se é nas viagens magnificas que eu adoro e aprecio fazer, ou se é nas desculpas idiotas para não faze-las que eu escolho pensar mais. Até nas coisas mais banais, é assim que eu vejo se eu penso mais no que eu quero, ou se é mais sobre o que eu estou careca de saber que eu não quero…

O QUE É UM FINAL?

- quinta-feira, 29 de agosto de 2019

final feliz As pessoas abandonam a sua alegria, a sua liberdade e até a sua diversão, na maior parte dos seus momentos, sempre esperando ter em algum momento um final feliz. E a coisa começa desde pequeno. A mãe diz para a criança, agora é hora de você ir para a escola, brincar é só depois. E assim é também, até a faculdade, se divertir só nos finais de semana, que é quando ela descobre que vai ter que continuar esperando um final feliz, agora é a vez do trabalho, porque ela não tem escolhas, tem que trabalhar em qualquer coisa, naquilo que ela vier a encontrar, mesmo não sendo na área que ela estudou, e nem mesmo gostando ou ainda se sentindo mal fazendo aquilo, mas ela precisa sobreviver. O mais engraçado dessas jornadas emocionais tristes é que, elas sempre começam da tristeza de ter que abandonar a sua natural alegria, mas são levadas a ficarem contentes por ainda sobreviver e até ficam gratas, sua gratidão vai além da racionalidade do que é. E muitos deles batem as botas ainda muito novos, a maioria nem mesmo curte muito a vida, agora esperando um final não mais feliz, mas um final onde elas definham e acham que é normal ficarem doentes e depois batem as botas. E na verdade, se não há algo aqui na vanguarda do pensamento que convoque mais o que veio antes, a alegria, então, eventualmente, deve haver um final. Isso é tudo o que um final é…

EU JÁ REAJO MAIS AO BEM ESTAR…

- quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Eu-realizado-e-feliz (1) Eu nasci como toda criança nasce, reagindo mais ao Bem Estar que me é natural, mas com o tempo eu mesmo fui copiando vibrações de ausência de Bem Estar e ainda criando algumas crenças reagentes a falta de Bem Estar, tudo porque a sociedade estabeleceu como suas; religiões, escolas e políticas, a maioria de suas normas, suas leis e hábitos, todos sincronizadas a ausência de Bem Estar, as quais todas nasceram tendo como base essas duas crenças poderosas, pelo seu eterno reforço cotidiano, as pessoas estão sempre relembrando e eternizando. “Eu não tenho escolhas”. E, “É preciso sobreviver”…

Eu decidi reagir mais ao lado de Bem Estar que existe em todo e qualquer contraste, porque todos nós somos bifurcados, como se fosse uma moeda, em um lado Bem Estar e no outro ausência desse mesmo Bem Estar. Mas, para reagir ao Bem Estar, eu preciso estar mais consciente e deliberado. Eu preciso praticar mais, em subir na escala emocional de propósito, assim com as pessoas vem fazendo realimentando suas duas maiores crenças reagentes ao fluxo de Bem Estar. E ao chegar na porta da esperança, eu já saio me sentindo mais otimista, mais alegre, mais expansivo, sentindo o conhecimento entrando fácil, a clareza vindo me fazer ter uma vivacidade maior, uma alegria em amar incondicionalmente e poder apreciar mais a vida…

TUDO É BIFURCADO, TUDO TEM SEUS DOIS LADOS…

- quarta-feira, 10 de julho de 2019

bifurcada1 O lado do Bem Estar e o lado da falta ou ausência desse mesmo Bem Estar. Até mesmo essa premissa maior: “Não há nada que alguém queira que seja por qualquer outra razão que eles pensem que se sentiriam melhor em tê-lo”. E é exatamente pelas pessoas não estarem conscientes dessa poderosa premissa, dessa crença dominante, e nem deliberadas a fazerem suas próprias escolhas. Então, elas nem perceberem isso, e caem na armadilha do pequeno mundo do fazer, do ver para crer, no mundo do ego reagente e limitado as poucas informações que ele ainda reforça, colocando esses poucos pensamentos repetitivos em uma sincronicidade reagente, sempre ao exterior…

E é por apenas esse único motivo que a maioria das pessoas ainda são dominadas. Quando estamos ainda criando o nosso próprio ego, esse nosso sistema de crenças, que instala as nossas próprias crenças dominantes, ainda muito criança, nos é tirado o direito de escolhas e é colocado no lugar uma escola formadora de crenças, onde as duas crenças mais poderosas no momento é praticada dia a dia, em casa e na escola até virarem dominantes; “Você não tem escolhas”. Só estudando muito, só se esforçando muito, só sofrendo muito, você pode chegar lá, você não tem escolha. “Você precisa sobreviver”. Sem isso você não sobrevive, como vai crescer sem estudar? Como vai ter um emprego sem se esforçar? Como vai dar valor a vida sem sofrimento? E pronto, está sendo formatada essas duas crenças, as historinhas de crianças vendem essas ideias, os filmes infantis e até os dos adultos, todos seguem esse mesmo roteiro…

E como todos que tem essas duas nefastas crenças ainda sendo realimentadas desde criança até hoje, elas estão sempre achando que se sentir mal primeiro é o normal, que sobreviver é o principal, viver mais é só para os escolhidos, os especiais. E isso se torna normal, natural, porque como se vive mais caindo na escala emocional, isso é comum a todos. Qualquer subida na escala, a faz se sentir melhor, e então, o desejo maior de viver no fluxo natural de Bem Estar, se transforma em apenas se sentir melhor. E lá está o cara, que está se sentindo impotente na; cadeia, no trabalho ou na sua mente, mas ele se sente melhor, ainda comandando tudo desse seu cubículo, onde ele ainda sobrevive hoje, por pensar que ainda não tem escolhas…

TUDO O QUE EU ACREDITO É…

- terça-feira, 18 de junho de 2019

desejos Tudo o que existe na minha realidade é porque eu acredito nisso, e eu acredito porque eu vivo repetindo esses mesmos pensamentos e até mais outros pensamentos semelhantes, dia a pós dia, momento a momento. Tudo começou com o medo que gerou suas religiões, se alguém não repetisse as suas “verdades”, eram mortos, suas famílias dizimadas em nome do Deus que eles acreditavam. Depois que as religiões criaram territórios, faziam as pessoas repetirem tudo, agora em suas escolas, que funcionam até os dias de hoje, apenas para as crianças, quando os adultos começaram a pensar diferente e já não se podia mais matar livremente, em nome delas, elas criaram e até fomentaram as mídias de massa; jornais, rádios e canais de televisão, que vem fazendo as pessoas repetirem mais, tudo o que não querem mais, várias vezes ao dia; de manhã, de tarde e à noite, e agora até de madrugada, fora o repeteco das velhas doutrinas das religiões que pagarem mais…

E como as pessoas ainda são doutrinadas e induzidas a repetirem e fomentarem tudo, apenas com a velha física newtoniana, onde tudo ainda é só matéria, ou seja, ausência total da observação movimentando a energia e informação criando mundos e coisas. Onde o fazer é ainda é mais importante do que sentir. E isso, mesmo com a ciência já tendo comprovado há mais de 200 anos, que tudo é energia, que tem várias frequências e que vibra de acordo como ela é observada, que é a física Quântica que sempre existiu, que é responsável por toda nossa tecnologia atual. Ainda assim, as pessoas ainda pensam mais, que não podem nada, sem antes se esforçar, lutar e estudar suas abobrinhas, sacrificando toda a sua alegria, sua liberdade e diversão, criando ou realimentando as velhas crenças que não podem nada. Esquecendo que… Se esta realidade de tempo/espaço tem os meios para inspirar um desejo dentro de você, também tem os meios para entregá-lo a você em sua forma mais completa e satisfatória. Do mesmo jeito que ela já entregou para quem estava; alegre, livre e se divertindo, ou até só relaxado, tudo o que existe hoje e que um dia ainda não existia…

JAMAIS EXISTIU INJUSTIÇA…

- quarta-feira, 8 de maio de 2019

Escolhas têm o tamanho do mundo Você tem o que você mesmo vibra agora. E pensamentos são vibrações emanadas por você agora. Você é o observador, é quem foca fluindo a energia ou a retendo quando a resiste e, é também quem dá a sua poderosa atenção, fazendo tudo o que está sendo focado agora, seja fluindo a energia ou não, ser sempre mais em sua própria vida agora…

E já que você tem o controle sobre quais pensamentos você oferece, o que poderia ser mais justo do que a poderosa Lei da Atração respondendo igualmente a todos que oferecem uma vibração? Uma vez que você tenha controle sobre os pensamentos que você pensa, seu senso de injustiça irá diminuir e, será substituído pela exuberância da vida e pelo prazer de criar, com o qual você nasceu. Que tudo no Universo seja um exemplo para você da maneira como as Leis do Universo funcionam…

É HORA DE SE CRIAR NOVAS CRENÇAS…

- domingo, 5 de maio de 2019

Caiu-a-ficha Uma crença é só uma sincronicidade dos pensamentos mais colocados em atenção, momento a momento. Eu penso e o ego o coloca em uma sincronia perfeita com mais pensamentos semelhantes, e a minha atenção a isso, vai fazendo isso sempre ser mais e eu acabo acreditando em qualquer coisa que eu mais foco e dou mais a minha poderosa atenção. Por isso tem tantas pessoas com muitas crenças muito diferentes para um mesmo tema, em vários lugares do mundo. A boa notícia é que nunca é tarde para se criar uma nova crença…

Não há nenhuma condição em que eu não possa modificar algo, em algo mais, assim como qualquer pintura que eu possa vir a pintar e não gostar e, apenas pintá-la novamente. Há muitos pensamentos limitantes nesse ambiente humano que fazem mesmo parecer que não é assim, pois tem essas doenças que eles dizem incuráveis, ou essas condições imutáveis. Mas os Abraham dizem que elas são apenas “imutáveis” porque eu ainda acredito que elas são…

A própria “Física Quântica” comprova isso ao dizer que, tudo é energia que. é um conjunto de átomos comandados pelo observador que sou eu, e eu observo tudo através do meu pensamento. Agora mesmo uma coisa que era vista como imutável como os nossos dentes, com as células troncos já poderão nascer novamente na hora em que for preciso, não importa a idade. A China já curando câncer apenas com vibração humana em apenas 2,40 minutos. Altistas sendo curados em vários lugares do mundo, com uma simples ingestão de mais oxigênio, que oxidam os metais pesados que impediam as novas redes neurais, e isso ainda cura a malária em 4 horas. A única coisa que precisamos fazer é nos divertir mais, em criar mais pensamentos libertadores, pensamentos que já me retornem bons sentimentos, e eles serão a minha nova crença que me permite tudo…

CRENÇA É… AQUILO QUE EU MAIS PENSO…

- sábado, 27 de abril de 2019

Resort Maragogi-All-Inclusive-Resort A minha ação não tem nada a ver com a minha abundância! A minha abundância é uma resposta à minha própria vibração. Claro, que minha crença é parte da minha vibração. Então, se a abundância ainda não flui naturalmente em minha vida é porque eu ainda penso mais, em como fazer algo, qualquer coisa, uma ação física qualquer, para que essa abundância possa chegar até mim, portanto eu ainda acredito que a minha ação, ainda é parte do que traz a minha abundância, então eu mesmo tenho que desenrolar esse nó. E o único jeito é liberando ou permitindo o fluxo natural da abundância e prosperidade, que está em eterna expansão, praticando mais pensamentos que já me retornem melhores sentimentos, diluindo assim o fator resistência que ainda assola esse planeta…

EU ESCOLHO MEUS HÁBITOS E CRENÇAS…

- sábado, 6 de abril de 2019

percepção Sempre que eu penso em algo que desejo muito e esse desejo ainda não se desdobra fisicamente, ainda não se materializa literalmente, é por causa de uma dessas duas razões: ou é o meu hábito de vibração, ou é a minha atual crença, que são os pensamentos que eu penso mais, que é a minha vibração dominante que eu estou oferecendo em relação a esse assunto agora, e não combina com o que eu acho que o meu desejo é. E é sempre assim. Ou eu e meu desejo, somos uma combinação perfeita, e eu recebo esse desejo; facilmente, alegremente e divertidamente. Ou essa coisa que eu acho que quero simplesmente não combina com o que eu quero sentir, e ainda fica eternamente só no meu vórtice, e assim o Universo ainda não pode me entregar, aqui e agora…