Posts com a Tag ‘cinema’

A FÍSICA QUÂNTICA E O TEATRO…

- quinta-feira, 14 de abril de 2016

trupe Eu adoro ter minhas novas ideias, e observando mais as coisas dessa vida que eu mais adoro, como uma boa peça de teatro, uma boa historia e um bom filme, e mais a mecânica da física Quântica. Eu percebi que a vida é literalmente um grande palco de teatro. Todos nós viemos aqui, para interpretar infinitos papeis de pessoas felizes, todos nós pudemos desde a nossa infância, escolher mais, quais os papeis que queríamos treinar mais, repetindo mais eles em nossos pensamentos, até estarmos aptos a interpreta-los por mais tempo. Alguns, escolhem interpretar mais papeis ao mesmo tempo, outros trocam de papeias depois de uma boa temporada ou filme em cartaz, e esses são sempre os mais felizes, estão fazendo sempre aquilo que lhes dá mais, uma espécie de eterna felicidade. Mas, tem uma grande leva que preferiu não escolher e só copiar o papel, que seus próprios pais escolheram ou até os que seus pais queriam para eles, mais que escolheram não escolher mais, outros que estão sempre repetindo mais os mesmos papeis antigos, e só de vez em quando, pegam um pequeno papel de ator coadjuvante, mas sempre volta para seu papel antigo, que são os que fazem sempre o papel de observadores reagentes. Eles estão sempre repetindo mais o que observam mais e reagem mais. E isso é um circulo vicioso. Eles só são felizes quando encontram pequenos papeis de coadjuvantes, semelhantes aos papeis que mais trazem atuações de mais; alegria, liberdade e expansão, que é o que já fazem alguns poucos atores, que trocam sempre de papel, se tornarem seus ídolos ou grandes exemplos de boa atuação. E é esses quem ganham os Oscar.

Eu cá com meus botões, pensei, em eu mesmo fazer mais papeis em minha vida, quero também ser um grande escritor e um bom diretor de grandes peças teatrais que possam ser; escritas em livros, colocadas em cartaz nos teatros ou que se tornem os melhores filmes campeões de bilheterias. A ideia é usar toda essa nova tecnologias Quântica; Internet, notebooks, smartphones, redes sociais e aplicativos como: WhatsApp, Instagram e outros, e escolher bons atores amadores, que estejam dispostos a atuarem nessa nova Industria de bons filmes, ligados ao fluxo de Bem Estar, fazendo o Universo conspirar ao nosso favor. O primeiro requisito básico dessa nova Companhia é, encontrar pessoas que aceitem que a vida real e a virtual são a mesma coisa, que não existe diferença alguma e que tudo tem e terá mais como base, a física Quântica.

A primeira coisa que deve ser repetida em exaustão pelos atores que querem fazer parte dessa nova trupe, são essas coisas: A física Quântica veio para que o ego mude de paradigma, aceitando mais naturalmente as Leis Universais. Todos nós somos observadores que comandamos os infinitos átomos a sempre darem todas as formas infinitamente pensadas. A Lei da Atração é só isso; semelhante atrai semelhantes, é ela quem coloca a sincronicidade escolhida pelo observador a eternizar um momento. A Lei da Criação Deliberada é a que nos mostra que, tudo focado pelo observador é ativado, esse é o inicio de toda a criação, e tudo que é dado atenção não dividida pelo mesmo observador se torna mais. A Lei da Permissão é a que nos mostra que tudo é permitido pelo observador, pela sua própria sensação de mais Bem Estar em tudo, se não sentimos o Bem Estar em algo ou em alguém, é porque nós mesmos estamos resistindo ao fluxo, não permitindo ele fluir mais; livre, feliz e expansivamente. Então, só seremos mais do que nós já somos, repetiremos mais e mais esse mesmo papel, mas, sempre sendo mais doloroso, até que escolhemos outro papel mais feliz e voltemos ao natural fluxo de Bem Estar.

O Bem Estar é tudo… Adoro Itamaracá…

- domingo, 18 de janeiro de 2015

eu itamaraca Tudo é tão simples, mas geralmente são as nossas próprias crenças resistentes ao fluxo de Bem Estar, aquelas que são as dominantes, que não permitem as pessoas aceitarem o que elas até entendem e desejam muito, mas que não conseguem colocar em prática, não sabem viver ou vivenciar, para sempre mudar ou permitir tudo, para mais Bem Estar. Jamais existiu um segredo, a coisa é muito simples e até muito mais fácil do que se imagina, basta eu mesmo alcançar o melhor sentimento que eu puder ter acesso agora… Meu sábado foi maravilhoso na Ilha de Itamaracá, curti tudo o que eu tinha direito, me diverti muito como uma criança grande que sou, a minha KK estava muito feliz, eu adoro a liberdade que ela me dá, ela não curte muito os meus brinquedinhos de criança grande, mas jamais me poda em nada, basta eu deliberar antes com ela o que eu vou fazer e assim levamos uma vida maravilhosa. Nos divertimos o dia todo, deixamos para almoçar bem mais tarde para aproveitar bem o dia ensolarado e perfeito. Na volta paramos numa boa churrascaria para almoçar, isso já chegando em Recife, escolhemos o que acompanharia as carnes, e nos deliciamos com tudo. A única diferença é que eu tomei uma Malzbier e ela um refrigerante, até ai foi tudo muito bem para ambos, mas só foi eu mudar um pouquinho o roteiro, que tudo desandou para ela…

Tínhamos combinado ir direto para casa, isso antes de parar para almoçar, só que eu lembrei que o meu óculos de Sol que eu adorei e que já tinha encomendado, havia chegado no Shopping, a menina já tinha me ligado na sexta a tardinha avisando, e eu queria usar ele no passeio de domingo que programamos as outras praias. Só foi eu sair do roteiro pré-estabelecido para a KK, começasse a se sentir mal. E como ela não acredita no Bem Estar em primeiro lugar, e sim no fazer algo primeiro, ela já começou a tentar eu fazer o que ela queria, e mesmo eu fazendo tudo o que ela pedia, ainda não era o combinado de antes, mas eu fazia tudo para deixa-la se sentindo melhor e largar de se sentir mal, mesmo assim ela ainda não voltou ao Bem Estar, até chegar ao ponto de chegar em casa e passar mal, pensando como sempre, que foi algo que ela comeu. Na realidade, o que a fez sentir a ausência do Bem Estar, foi sua tenaz crença resistente ao fluxo de Bem Estar que a fez criar em si, a Síndrome do Eficiente Perfeccionista, ela não tem escolhas e nem é flexível, ela só tem um modo de se sentir bem, que é fazer exatamente o que ela mesma já aceitou como o certo, mas tem infinitas formas de ela sentir a ausência do Bem Estar, que é qualquer coisa que saia do que ela mesma pré-estabeleceu.

E com isso ela foi para a cama, e dormiu a noite toda, acordando só de madrugada, enquanto eu me diverti o finalzinho da tarde e a noite toda e fui dormir maravilhosamente bem, mesmo sem ter ido no restaurante que já tínhamos escolhido antes e de também não ir no cinema ver um bom filme. Mas, eu curti e muito a minha piscininha em casa, descansei do dia agitado na ilha e fiz uma deliciosa salada para acompanhar meus drinques na beira da piscina quentinha que tinha pego sol o dia todo, curti minhas musicas preferidas, e eu adoro mesmo ser cada vez mais, bem mais flexível e poder fazer cada vez mais e mais escolhas de puro Bem Estar. Nada para mim é mais importante do que eu mesmo me sentir bem e ainda permitindo tudo a alguém, que eu só quero o seu próprio bem…