Posts com a Tag ‘chuva’

EU E TUDO MAIS, O POR QUE DE TUDO EXISTIR?

- sábado, 22 de abril de 2017

céu azul Eu cheguei em Salvador depois de uma viagem maravilhosa, vindo do Recife com um céu azul, ao chegar o tempo estava totalmente nublado, meu cunhado foi me pegar, apreciei as minhas deliciosas esfirras árabes ainda no aeroporto. Ao pegar a avenida paralela, o papo de minha mulher com seu irmão é sobre como a realidade deles é. Ele relatando como difícil está arrumar emprego e sobre ter tipo contratempos com o carro por causa da chuva. Chegamos em casa logo começou a chover e eles já estavam sem agua na torneira desde quarta-feira, eu ri muito de toda a situação, almoçamos bem, minha sogra fez uma comida especial e lá fomos nós passar a tarde jogando cartas. Eu para continuar no meu mundo e na minha realidade, tentei colocar o meu ponto de vista, sobre os acontecimentos e voltar a fazer tudo ficar melhor.

Então, eu me diverti muito em conversar sobre o porquê de tudo isso estar acontecendo, a Lava Jato sempre aparecendo nas conversas, e eu tentando mostrar que para mim, tudo se resume em mais; alegria diversão e expansão do que eu quero. E eu sempre faço isso com o meu foco, ativando tudo o que quero e com a minha atenção, fazendo tudo sempre ser mais e a ficar cada vez melhor. Então, o que eu sou, quem eu sou, por que eu sou, o por que eu nasci e até o por que tudo isso existe a minha volta e também a forma como é tudo montado, é apenas para que eu me divirta ainda mais, para que eu possa ter mais alegria, para que eu possa ver tudo se desdobrar e me maravilhar com a expansão do Bem Estar bem na minha frente.

Eu sinto um desejo de sempre produzir mais e mais valor a minha volta e na minha vida. Eles até tentaram entender, mas aceitar é mais complicado. E não é minha intenção faze-los mudar de ideia. Essa é a minha diversão de me aprimorar na arte da permissão. Eles mesmos, no jogo de cartas, ainda se preocupam muito mais em ganhar, e eu em me divertir mais. E assim, sem eles perceberem, na primeira partida que era individual, eu ganhei todas as mãos e só perdi a última, que era para fechar os dois mil pontos, e mesmo assim, eu me diverti muito, e ganhei a outras partidas, fomos jantar a chuva foi embora e a agua chegou, e tudo voltou a ser pura diversão de voltar a fazer tudo ser sempre mais e; melhor, melhor e melhor… Eu adoro e aprecio muito sentir e me divertir mais, com todo esse poder e liberdade em sempre me expandir ainda mais…

FAZENDO CHOVER NO NORDESTE…

- sexta-feira, 23 de setembro de 2016

bode Eu estava viajando pelo interior, onde as pessoas sempre reclamam da seca, e um dos amigos que estava junto brincou comigo, ele falou para todo mundo da birosca que estávamos, que eu me gabava de fazer Sol em dia chuvoso no Recife, que o que ele queria ver é eu fazer chover no meio daquele Sol todo, já ninguém aguentava mais de tanto calor. Eu sabia que ninguém iria acreditar, eu só iria me desalinhar. Então, eu comecei a contar uma história do meu avô Marino que era um Ateu muito divertido, mas que tinha muita fé, acreditava sem ter dúvidas e minha avó Belinha que era uma crente fervorosa e que vivia na igreja rezando. Um dia minha avó disse que iria chegar mais tarde, porque eles iriam fazer um culto para que Deus enviasse chuva, já que ia começar um racionamento de agua. Meu avó ao ver o pessoal voltar com minha avó para a casa disse, ou o seu Deus é de nada ou vocês não tem fé alguma nele. Eu não vi um só infeliz dançar com o guarda-chuva, como se estivesse brincando numa lama, e pelo que vejo, nem as mulheres levaram suas sombrinhas, que fé de merda! E ria de gargalhar.

E continuei com minha prosa dizendo que o Universo é abundante em tudo, com tudo que o homem quer. Ele sempre forneceu tudo o que o homem desejou até hoje. Mas, sou eu o cara que orquestra tudo, sou eu quem defino tudo para mim. E nunca existiu nada nesse mundo que um dia ainda não tenha existido, mas que existe hoje, sem se ter uma alegria antecipada em só de pensar sobre isso. Qualquer emoção que eu coloque para fora, o Universo ou o Deus de vocês, vai me trazer algo semelhante que me fará me sentir muito melhor. Mais eu tenho de estar com a minha expectativa positiva, agora. Uma antecipação animada sobre aquilo que eu mais quero. E vocês riram bastante da história do meu avô, eu adoro ver gente sorrindo, não importa o porquê dessa alegria. E por causa disso essa rodada é minha, e todo mundo sorriu muito, tomando cerveja e beliscando o bode assado na brasa. Eles nem perceberam e em menos de uma hora o tempo mudou e caiu uma chuva rápida, mas veio

Querendo Sol em Belém do Pará…

- sábado, 8 de março de 2014

Por do Sol em Belém do Pará Billy aqui em Belém choveu muito no feriado de carnaval, eu imaginei dias de sol no feriado, já que eu iria pro litoral, só que era tanta gente falando em “chuva no carnaval” que sempre fica gravado no subconsciente, e realmente choveu muito, quase não pudemos sair de casa, nesse caso quando existe uma pessoa desejando sol e milhões criando chuva quem colapsa primeiro?

- Amiga! Seu mundo é o seu mundo, e existem infinitas realidades paralelas… No caso da chuva que você escreveu, se você se alinhar, sentir a sensação gostosa de um Sol maravilhoso por 69 segundos, fazendo uma viagem emocional de onde você está se sentindo mal em ver tanta gente dizendo o que você não quer, até onde você quer estar, um lindo feriadão de muito Sol. Só uma das infinitas partes dessas pessoas vai vir para o seu mundo, para a sua realidade, a parte delas que, também querem Sol… E essa sua parte que quer Sol fica nessa realidade, e a sua parte que estava preocupada com o Sol, vai para uma outra realidade de chuva… Todos nós estamos em infinitos lugares ao mesmo tempo. Eu ou você mesma, somos pura energia não física, presente em todas as coisas físicas que existe no meu ou seu Universo.

Criando a minha própria realidade, ou vivendo as dos outros…

- domingo, 24 de março de 2013

Quando eu tomo os problemas do mundo em meus ombros, isso mesmo, quando eu sento na frente da televisão, e fico vendo as muitas realidades criadas pelas outras pessoas, esses seus mundos, e que são escolhas exclusivas delas mesmas, como; a garotada que morreu queimada na boate no Sul. E eu mesmo fico pensando e me sentindo muito mal, onde estou agora. Ou as mortes que vêm acontecendo na região serrana do Rio de Janeiro, todos os anos e, agora até com mais frequencia, justamente pelo foco que a massa que mora lá, dá mesmo, só aos problemas da vida. E é muito fácil ver isso pelas redes sociais, é só começar uma chuva qualquer e, todo mundo logo quer compartilhar a sua expectativa, pelo pior voltar a vir a ser novamente a sua realidade. Então, eles culpam os políticos, o tempo, a mudança no climática do planeta e tudo mais que eles encontrarem, mas nunca a si mesmos, pelo que pensam e sentem, nos seus momentos, dia a dia.

Então, se eu me foco nisso também, o meu corpo jamais vai se sentir bem. É simples assim. Eu tenho que deixar os problemas do mundo, para quem os criou, todas essas coisas são sempre os seus próprios problemas individuais, são elas mesmas quem decidem o mundo delas, e eu posso ser sim a alegria que, eu sempre sou, porque o meu “ser interior” é puro Bem Estar, e eu mesmo posso criar a minha própria realidade.

Eu sou uma extensão de energia da Fonte do Bem Estar que cria mundos. E eu escolho criar o que eu vim fazer aqui, brincar de desejar muito, de permitir tudo que desejo pela minha exclusiva felicidade e realizando tudo pelo meu foco, voltando a desejar só ver o que eu quero ver, aqui e agora…

Então eu escolho pensar e sentir mais que, isso sim, seja a minha realidade… “A minha rede social Vibreleve.com está indo muito bem”. “Tudo vem para mim muito fácil”. “O dinheiro circula livremente em minha vida de forma permanente e sempre sobra”. “Eu sou a pessoa mais feliz desse mundo”. “A coisa mais importante para mim é a minha felicidade”. “Eu só quero ver o que me trás mais felicidade”. “Eu adoro meu corpo flexível e a minha saúde maravilhosa”. “Meus filhos e meus netos estão muito bem”. “Tudo está bem em meu mundo”. Então, são essas as minhas crenças que, eu as venho alimentando dia a dia… E essa é a minha realidade, aqui e agora… Quanto mais eu repito isso em meus momentos de pura alegria, mais Bem Estar, vem para mim…