Posts com a Tag ‘Bem Estar’

O medo, a crença e a paixão…

- quinta-feira, 30 de outubro de 2014

estruturas de crenças Ontem eu escrevi algo sobre paixão, e hoje me deparo com essa citação dos Abraham que diz… “O medo só existe quando você não entende que você tem o poder de projetar o pensamento e que o Universo irá responder”. O ego tem suas crenças dominantes, porém limitantes, mas são elas quem ditam o que pode vir para a sua realidade, essas crenças foram criadas por muitas e muitas repetições de pensamentos e sentimentos bons ou resistentes ao próprio Bem Estar. Já o eu interior que; sabe, entende, percebe e concebe que tudo é Bem Estar, que não existe nada além de puro Bem Estar, tudo o que não é Bem Estar é pura resistência ao mesmo, ele sempre provoca nesse corpo físico um coquetel de hormônios para que voltemos a sentir quem realmente nós somos, puro Bem Estar, que é o que criam as nossas paixões. Paixão é isso, é puro Bem Estar.

Onde há uma paixão ou uma crença não resistente, o medo não se instala, ele pode até surgir por momentos, mas ele não perdura, ele é apenas uma ausência insignificante perto do puro Bem Estar. As pessoas não entendem, é como os Abraham disseram, tanto a paixão quanto as suas crenças não resistentes ou até mesmo as resistentes, precisam ser realimentadas para terem a energia da vida que as fazem nossas realidades. O ego tem esse direito inalienável de suas escolhas e principalmente de sua total liberdade, ou ele não seria um individualização autoconsciente, ele jamais estaria na linha de ponta do pensamento. E é ai que entra a sua parte, em escolher reforçar a sua sincronicidade positiva ou negativa, é sempre o ego quem escolhe. E para perceber isso não é preciso ser um psicologo, basta escrever ou falar e gravar sobre qualquer tema que é importante na sua vida, que você mesmo irá perceber qual o reforço de sincronicidade está usando agora, para criar essa sua própria realidade de agora.

Quando você está apaixonado ou realimentando suas crenças não resistentes, mas ainda limitadas, ou você não seria um ego. Você mesmo estará sempre ampliando seus limites. Você é pura simplicidade, você respira e inspira, total liberdade, infinitas escolhas e espera um crescimento em tudo e de tudo. Porque isso sim é pura reforço natural da sua sincronicidade positiva. Quando o ego resistente está no comando, ele sempre vai reforçar a sincronicidade negativa, que é pura resistência ao fluxo; ininterrupto, simultâneo e eterno, de pura energia e informação de Bem Estar. O resultado nem é precisa falar, é só olhar ao seu lado, pessoas sobrevivendo e trocando toda essa energia que passa por ela, por poucos momentos de euforia, que com certeza não é o que nenhuma individualidade quando veio para cá queria…

Se eu acredito, eu posso…

- terça-feira, 28 de outubro de 2014

adoro tudo isso Essa é uma das coisas em que eu sou unanime tanto com os Abraham, como com o Bashar ou a física Quântica. A minha realidade depende do que eu mesmo acredito, das minhas próprias crenças e de mais nada. E só não cria as suas próprias crenças dominantes quem não quer, porque a receita é só uma, é essa… Procure ficar o mais alegre que puder e depois apenas; repeita, repita e repita, muitas e muitas vezes o que você mais adora, tudo isso que você ainda muito quer. Aproveite os muitos momentos de grandes vórtices criativos para comemorar e muito, como; O momento de um gol do seu time, enquanto todo mundo ainda está vibrando o gol. Aquele momento em que todo mundo está pulando de alegria no SHOW do seu artista predileto. Quando estiver na praia e focar em muita gente feliz e se divertindo a valer. E é nesses momentos que você deve gritar com todas as suas forças para o Universo, tudo aquilo que você mesmo mais adora.

Estou me acostumando com à idéia de que não há realidade fora da minha cabeça, a não ser a realidade que eu mesmo defini de acordo com as minhas velhas crenças. Estou já me acostumando com à idéia de que não há realidade alguma lá fora, a não ser a que eu mesmo defini que seria a minha atual realidade. E eu já estou me acostumando rápido com à idéia de que não há uma “realidade básica” que seja a “mais real” do que qualquer outra realidade já pensada por alguém. Estou me acostumando bem mais rápido agora, com essa idéia de que não há uma só “realidade básica”, que realmente possa me servir de comparação, para eu mesmo poder avaliar e julgar o quanto é “real” essa minha nova crença.

A verdade de fato é que, não há uma “realidade inerente”. Existem apenas as realidades geradas por qualquer crença e todas elas são igualmente válidas para mim, igualmente reais. Estou me acostumando rapidamente com à idéia de que não há uma única definição de realidade que seja a mais real ou a mais válida, do que qualquer outra definição. Existem apenas as realidades geradas por qualquer crença e todas elas são igualmente válidas, igualmente reais… E eu vou; repetir, repetir e repetir esses dois últimos parágrafos desse testo, para que eles virem realmente a minha mais nova crença libertadora…

Adoro ganhar presentes em dinheiro XIV

- segunda-feira, 27 de outubro de 2014

padaria café da manhã Eu tinha dormido muito tarde, tinha ido pescar com uns amigos e cheguei da praia e fui direto para a piscina, e só me deitei depois das 3 da madrugada, minha amada acordou cedo e me pediu dinheiro, eu lhe respondi que poderia pegar na minha carteira que estava na minha mochila, ela apanhou o dinheiro e foi embora. Já eram umas 10 horas quando acordei com baita fome, e me lembrei, agora café da manhã, só padaria santa Rosa no Setúbal, e apanhei a minha mochila, coloquei nas costas e lá fui eu pedalando e curtindo todo o trajeto apreciando evidências de mais prosperidade, que é o que não falta em Boa Viagem.

Cheguei, cumprimentei o dono e todos os meus amigos e fui preparando os meus pratos, um com muitas frutas, eu adoro; mamão, melão, abacaxi e melancia bem vermelhinha. No outro prato uma macaxeira com costelinhas de bode ao molho delicioso que só ali sabe fazer e coloquei muito molho suculento por cima da batata doce, pedi mais uma café com leite e um suco de laranja. E me deliciei com tudo aquilo, me senti maravilhosamente pronto para mais um dia de praia com um sol pra ninguém botar defeito.

Quando chego na fila dos caixas e procuro a minha carteira na mochila, cadê? Ligo para casa e a diarista diz que minha carteira está junto com o meu notebook na sala. Eu nem falei nada com ninguém, antes de eu pensar em me desculpar e voltar em casa, o dono da padaria me chamou e disse, eu nem sei se você tinha visto, no sábado passado deu um probleminha nas maquinas de cartões e foi cobrado duas vezes o seu café que você tinha vindo tomar com seus amigos, eu sabia que era você pelo valor, você tinha pago o de todo mundo da sua mesa, aqui está o seu dinheiro, me desculpe. Eu ri muito e voltei para fila rindo mais ainda, adoro ganhar esses presentes em dinheiro do Universo. E ainda sobrou dinheiro para eu poder ir a praia sem precisar voltar em casa. Adoro essa minha vida maravilhosa…

Você sabe o que é vivenciar?

- segunda-feira, 27 de outubro de 2014

cerdadinho Muita gente não sabe o que é vivenciar, ela mesma ainda acredita que precisa passar por todos aqueles acontecimentos, para poderem assim absorver um pouco mais de conhecimento daquilo focado. E todos nós podemos sim, sentir tudo aquilo sem precisar jamais passar por todo aquele aparato, e que muitas das vezes tem alguns aspectos indesejados juntos, porque isso se trata de desejos realizados de outras pessoas, mas que são importantes para a expansão de tudo, e é por isso que eu não preciso fazer de tudo para poder sentir tudo. Afinal é para isso que existem infinitas individualizações na linha de ponta do pensamento…

Essa semana eu assisti algumas vezes o filme “Sem Limites”. A maioria dos filmes que mostram toda essa expansão da consciência, mesmo o mais recente “Lucy”, ainda usam o reforço da sincronicidade negativa, eles tem de justificar essa expansão, eles tem de dar uma recompensa ou fazer algo para que o personagem principal possa merecer toda essa expansão, que é mais que normal é eterna em todo o Universo. Até mesmo esse filme que não me canso de assistir, “Jumper”. Todos tem que responder aos muitos desejos das outras individualizações ainda ligadas nas suas velhas crenças resistentes ao fluxo de energia e informação de puro Bem Estar. Então, a violência, o medo e a morte nesse mundo físico, é um dos requisitos básicos para o enredo dessas tramas. Eu até fiquei muito feliz em ser atendido no filme “Sem Limites”. Afinal o personagem consegue administrar essa expansão sem precisar voltar a resistir ao Bem Estar e continuar nessa experiência física, aqui e agora.

Lucy 2O que eu quero afirmar para mim mesmo nesse meu relato é que, eu posso vivenciar tudo o que eu mais gostei de cada um desses filmes e reescrever uma historia só minha, com tudo o que mais me agrada. Do Jumper, eu posso vivenciar viagens fantásticas com meus filhos, meus netos e meus amigos por todo esse mundão, tudo num piscar de olhos. Que é o que eu já fazia quando a minha mãe me colocava num cercadinho de madeira e me deixava só. Eu viajava por infinitas realidades ali mesmo, só depois que fui crescendo que foram me podando aos poucos, esse meu poder maravilhoso de viajar na imaginação expandindo consciências e infinitas realidades paralelas.

Já o filme “Lucy”, eu como já sei que os átomos dão formas a tudo o que eu mais quero, ao que eu mesmo mais desejo, eu não preciso das drogas para sentir a expansão, nem preciso largar esse mundo físico, só porque eu mesmo acessei agora, infinitas informações livres no Vácuo Quântico. Eu posso usar isso tudo para realizar todos os meus desejos, sem precisar jamais voltar a usar a sincronicidade negativa como reforço das minhas velhas crenças. Eu poderei ser o homem que eu quiser ser, sabendo como tudo funciona a meu prazer, controlando tudo para que seja do jeito que eu quero ainda nessa forma física, apenas porque eu quero.

Sem limites Já o filme “Sem Limites”, me mostra em imagens o que eu já acessei de informação com os Abraham e Bashar, comprovando mais uma vez que eu posso; ser, ter e fazer tudo o que quero, aqui mesmo e agora. Jamais é preciso esperar uma evolução, ou tomar qualquer tipo de droga. Veja bem que, com todo o conhecimento que já temos hoje com a física Quântica, e até de como é formada as nossas crenças, de como as transformamos em crenças dominantes e como elas ditam e recriam a nossa realidade, podemos sim, realizar grandes historias melhoradas de nossas vidas e viver uma vida plena de muito Bem Estar, aqui e agora…

Liberdade é criar suas próprias crenças…

- segunda-feira, 27 de outubro de 2014

LOGO_EU_DESEJO_VIBRAR_POSITIVO 5 Tudo nesse mundo é energia e informação viva e em eterna expansão. Até o ego mais racional, aqueles doutrinados a serem os mais resistentes ao fluxo de energia e informação de Bem Estar, não poderiam resistir mais, em fim criaram suas novas crenças, chegaram a física Quântica que é uma das únicas coisas nesse mundo racional, que pode dissolver suas amarras, suas correntes, essas suas grades que são as suas próprias crenças resistentes ao fluxo de energia e informação de puro Bem Estar, criando um novo paradigma, um novo sistema de crenças.

Foi o homem quem criou suas próprias crenças, não foi mais ninguém, ele mesmo criou isso tudo; repetindo, repetindo e repetindo, muitas e muitas vezes os mesmos pensamentos e sentimentos que as fizeram dominantes. E foram essas crenças que formaram o ego, esse sistema complexo e natural que mantém a vida, que mantém a individualização física viva, essa sua própria identificação com mais pensamentos semelhantes que manteriam, não só essas mesmas crenças realimentadas, mas também realimentariam o próprio ego. Mesmo hoje em dia, as pessoas ainda não perceberam que a maioria dessas crenças são resistentes a sua felicidade, ainda estão muito ligadas ou tem como base o medo, a essa forma mais densa da energia que formam todos os objetos de desejo da humanidade, criando apenas mais resistências ao próprio fluxo de Bem Estar.

Esse sentido de preservação da espécie e sobrevivência os fez criar seus próprios cercadinhos, como aqueles de madeira que as crianças ficavam até a pouco tempo atrás. Esses cercadinhos não físicos, são as religiões e suas escolas, que tem a principio o intuito de perpetuar essas crenças ligadas ao medo, a preservação da espécie e a sobrevivência. Agora não mais existe os cercadinhos físicos de madeira, os homens trouxeram os seus cercadinhos mentais para as nossas próprias crianças, colocando-as nas escolas com 4 anos, tudo no intuito de tentar segurar tanta criatividade e liberdade que vem surgindo nos últimos anos, Só que isso é impossível. Ninguém pode ser menor do que já é.

Assim como é somente o meu foco quem faz jorrar mais energia da vida, é também apenas a minha atenção a qualquer coisa, o que faz criar mais informações sobre isso, e é a minha ação física prazerosa nesse corpo físico, o que faz com que toda essa energia e informação entre em ação, nesse mundo físico em eterna expansão de mais; liberdade, felicidade e da própria expansão. Os poucos que já não mais aceitam os velhos cercadinhos, já provaram que é a alegria o que é, o objetivo de tudo nessa vida, e que é somente ela, a felicidade, quem nos realiza e nos faz manifestar e materializar todos os nossos objetos de desejos, que nós mesmos idealizamos, imaginamos e sentimos, como mais uma forma de voltar a nos realinhar. com o fluxo de energia e informação de puro Bem Estar ainda nesse corpo físico…

Adoro visitar realidades paralelas…

- domingo, 26 de outubro de 2014

Filmes ADORO FILMES QUE ME FAZEM EXPANDIR A MINHA IMAGINAÇÃO EXPONENCIALMENTE… Mas, o mais importante de tudo, em poder vivenciar todas essas realidades paralelas tão distantes como essas que nos são apresentadas nos filmes atuais, é saber focar e dar atenção no que é mais importante, naquilo que mais me trás prazer, mais felicidade naquele momento. Eu adoro filmes que provocam a minha imaginação como: Jumper, Lucy e Sem Limites. Esse ultimo é o que mais se parece com o que eu mais gosto de viver. Tanto Jumper quanto Lucy respondem muito mais aos desejos das pessoas que ainda são focadas no medo e assim realimentam mais suas crenças resistentes ao fluxo de Bem Estar.

As pessoas por motivos de suas crenças, que ainda acreditam que tem que viver no mundo do medo para poder expandir suas consciências, tentando mudar as coisas, tentado consertar as coisas e até excluir tudo aquilo que não quer, então elas são muito mais focadas na violência que elas mesmas pedem nesses filmes. Afinal, tudo que se tem é em respostas aos nossos pedidos. Já o filme Sem Limites, o artista principal, ele só apela para a violência quando ele está ainda no domínio do medo, sem acesso a todo o conhecimento do Universo, que é quando ele mata os três que foram mata-lo e lhe tomar a droga. No final do filme vem a mensagem que mais conta para mim. Quando De Niro tenta fazê-lo voltar ao mundo do medo, e ele descarta. O seu conhecimento e poder, já não tem mais nada a ver com a violência e o medo que sentia antes… Agora sim, ele era o criador de sua própria realidade…

Eu e o ego…

- domingo, 26 de outubro de 2014

ego espelho Quem sou eu e o que é o ego? Eu sou pura energia e informação viva e eterna de tudo. O ego é apenas mais uma individualização minha, é a mesma energia e informação em ação, porém limitado a linha de ponta do pensamento em determinados momentos. Eu sou indefinido como tudo o que existe, quem define tudo é o próprio ego limitado, para que eu mesmo experimente agora, a ação física dessa minha própria individualização; livre, feliz e expansiva, de várias formas e muitos aspectos. No inicio de cada momento só existia energia e informação, o ego foi criado pelas repetições de ações físicas dessa individualização agora, criada por esse cérebro físico criado por mim, que dão todos os sentidos a sua própria vida.

O ego é apenas uma identificação com pensamentos repetidos muitas e muitas vezes por essa individualização, e que ainda foram envolvidos com fortes emoções que formaram as suas muitas crenças dominantes, que mantém esse ego vivo, ainda nessa experiência física. E são essas mesmas crenças quem definem o ego, definem a individualização que é livre para; ser ter ou fazer o que ela mesma escolher. Como toda e qualquer individualização só pode incluir mais pelo seu foco, pela sua atenção ao contraste, ao objeto de desejo ou a falta do próprio desejo, que é na verdade apenas mais; liberdade, felicidade e a expansão em ação em cada objeto de desejo, sou eu mesmo quem crio a minha realidade. Essa é a liberdade total que existe.

O ego criou a física Quântica para definir quem ele mesmo é. Pura energia e informação viva que cria mundos. Então, o ego, o observador pensa, colapsa a função de onda, os átomos que são pura energia do todo, se agrupam em diferentes frequências e vibrações, para darem a densidade necessária para darem a forma física, essa formação do objeto de desejo do ego, agora nesse mundo físico, nessa realidade momentânea da vida. Portanto a minha realidade é apenas fruto das minhas próprias crenças que eu mesmo crio agora. O ego é aquilo que ele mesmo quer ser agora…

E como diz Bashar… Acostume-se à idéia de que não há realidade, a não ser a realidade que você define de acordo com suas próprias crenças. Acostume-se à idéia de que não há realidade, a não ser o que você define que seja a sua realidade. Acostume-se à idéia de que não há “realidade básica” que seja “mais real” do que qualquer outra realidade. Acostume-se à idéia de que não há uma “realidade básica” que possa servir de comparação para você poder avaliar e julgar o quanto é “real” essa sua nova crença….

A verdade de fato é que não há uma “realidade inerente”. Existem apenas as realidades geradas por qualquer crença e todas elas são igualmente válidas, igualmente reais. Acostume-se à idéia de que não há uma única definição de realidade que seja mais real ou válida do que qualquer outra definição. Existem apenas as realidades geradas por qualquer crença e todas elas são igualmente válidas, igualmente reais…

Conectado com a Fonte de Bem Estar…

- sábado, 25 de outubro de 2014

entusiasmo 2 Eu só sei que eu estou conectado com a Fonte, quando tudo o que eu foco, tudo aquilo que eu dou a minha poderosa atenção me trás mais alegria. A vida é uma grande diversão, apenas o ego resistente ao fluxo natural de energia e informação da Fonte de Bem Estar, é o que faz a vida ser um grande esforço, um trabalho constante. Eu só tenho que me apossar de uma ideia qualquer e joga-la para fora, apenas para o meu próprio prazer pessoal, e ainda continuar esperando que tudo seja sempre muito mais alegre e divertido do que já é…

Isso que o ego chama de corpo físico, apenas é mais um mecanismo de foco. E é esse mesmo foco, o que faz com que tudo seja sempre mais, eu gostando ou não do que eu mesmo foco agora. Tudo é energia e informação em forma de infinitos contrastes, e todo contraste é um objeto de desejo, ou eu foco em um objeto de desejo ou eu foco na falta desse mesmo objeto de desejo, sentindo cada vez mais a falta desse mesmo desejo, fazendo isso ser eternamente mais… Essa é a verdadeira liberdade, eu só posso incluir mais, sou livre para incluir mais do que eu quero ou até mais do que eu sei que não quero. No fluxo do Bem Estar eu permito tudo ser mais me sentindo bem. Resistindo esse mesmo alinhamento eu me sinto mal, permitindo que tudo que não quero seja sempre mais também…

Adoro ganhar presentes em dinheiro XI

- sexta-feira, 24 de outubro de 2014

costa-mediterranea A historia de hoje será a de uma das muitas amigas professoras que começaram a gostar de mim me odiando. E como sempre, ela também não gostava muito de mim. Eu sei que era eu mesmo quem criava essa reação na maioria dos professores, e sabia também as duas razões disso: Primeiro eu era muito rebelde, nunca gostei de repetir coisas e nem de estudar algo que não me estimulasse muito naquele exato momento. A segunda é que tanto os religiosos como os professores, todos eles aprenderam apenas a repetir, repetir e repetir coisas, para que isso fosse a crença dominante neles, a maioria não usa muito a emoção positiva, as religiões que criaram as escolas sempre trabalharam em cima dos medos, as escolas não poderiam ser diferentes. E assim, eu não tinha saco e nem tempo para ficar repetindo coisas para eles mesmos começarem a criar suas novas crenças e deixar de lado as velhas crenças resistentes ao fluxo natural de Bem Estar.

Tentando me convencer que eu estava errado essa minha amiga me acompanhou desde o inicio do Orkut. E de tanto ler minhas ideias, foi relembrando como é bom ser muito mais feliz do que ter razão. Isso é uma coisa muito difícil para quem foi doutrinado a dar valor muito mais no lado racional, no lado esquerdo do cérebro, do que nas emoções. E quando eu vejo uma pessoa assim, fazer esse esforço absurdo em tentar mudar, como cooperativo da Lei da Atração eu tenho que lhe dar o que ela está pedindo. No começo é uma guerra, afinal competir é o lema das escolas, quem é o melhor? Como eu não estava nem ai para nada que não fosse a minha alegria, ela ficava com raiva, não tinha como competir. E assim começamos a trocar ideias em vez de tentar um mudar o outro.

A maioria dos professores ainda ganham mal e não estão satisfeitos com a sua realidade, eles desejam e tem sonhos como todo mundo, elas realmente adoram o que fazem, mas ficam perdidos não vendo o reconhecimento e nem as recompensas de que fazem parte do que eles mesmos ensinaram a vida toda aos seus alunos… Estudem muito, se esforcem e serão recompensados com uma vida melhor. E nesses desabafos, ela acabou me contando um grande sonho que ela tinha que era conhecer a Europa. Ela me contou que seu marido tinha conseguido uma vaga numa grande empreiteira, e iria trabalhar 3 anos na Europa, porque lá ninguém mais queria trabalhar como peão de obra. Ele vai e eu não vou conseguir realizar esse meu sonho, dizia ela.

Eu contei para ela algumas historias minhas de quando eu era pequeno, e como ela tinha um filho ainda pequeno, eu usei ele como uma forma dela aceitar brincar de contar uma nova historia melhorada de vida, visando mudar a vida do filho dela, já que ela mesma não acreditava poder mudar a sua. E assim ela começou a pesquisar junto com seu filho lugares especiais pelos países europeus, e os dois ficavam criando passeios imaginários por esses lugares que eles adoravam ver. Isso se tornou um hábito gostoso entre eles. O marido já estava lá, e isso estimulava ainda mais a eles inventarem seus encontros pela Europa.

Os meses se passaram até que um dia numa dessas pesquisas dos dois, eles encontraram um formulário que as pessoas que respondessem ganhariam o direito a concorrer a um cruzeiro pela Europa com tudo pago e mais dinheiro para as compras. Ela não acreditou muito não. Mas, aceitou minha opinião de que isso poderia dar mais emoção as suas historias que eles dois criavam, agora num Navio transatlântico. E nem preciso dizer que eles ganharam e passaram 10 dias, sendo 8 dias e 7 noites num Cruzeiro conhecendo a Europa e se divertindo muito. E mesmo ela ainda continuando a ser uma simples professora no Brasil. Esse foi um dos meus maiores presentes que eu ganhei em toda a minha vida… Gritamos nós três pelo Skype, todos nós estávamos muito felizes…

Adoro ganhar presentes em dinheiro X

- quinta-feira, 23 de outubro de 2014

adoro tudo isso Eu criei uma rede social Vibreleve.com há mais ou menos 4 anos e meio, e uma das coisas que mais agradou a todo mundo que começou a brincar foi o “app” ATTRACTION, um aplicativo que é um jogo capaz de mudar a vida financeira de qualquer pessoa que entenda que a felicidade, a sua vibração em lidar com o tema prosperidade é o que dita a sua realidade, essa que você mesmo vive agora. O Universo não quer saber se isso é uma coisa imaginada, observada ou vivida agora. Ele lhe retorna com mais disso que você mesmo vibra agora. E como só existe uma coisa na vida. Energia e informação de Bem Estar. Tudo mais é ausência ou falta dessa mesma energia. Ou você se sente bem e atrai o que quer, ou você se sente mal e afasta o que mais quer.

Esse jogo foi idealizado pelos Abraham para nos ajudar a mudar nossa vida financeira, para que todos possam voltar a prosperidade e abundância que é a vida. E parar de ficar criando a falta a escassez que apenas é a ausência do que se quer. E isso é uma coisa que é muito fácil de mudar, basta você mesmo estar disposto a voltar a ser feliz antes mesmo de ter tudo aquilo que mais quer. e assim permitir que tudo isso venha até você, ai e agora. Uma das coisas que qualquer um que brinca com esse jogo passa a perceber e até conceber é que, quando alguém recebe o que quer e mesmo que seja uma pessoa estranha, se você se alegra com o que ele realizou, o Universo entende isso, essa sua alegria como um pedido seu… MANDA MAIS DISSO PARA MIM TAMBÉM… E ELE MANDA! SEMPRE!

Eu mesmo vivo ganhando presentes em dinheiro, mesmo com minha rede social ter passado anos sem faturar nada em dinheiro. Tudo por causa da minha alegria em poder compartilhar a alegria de pessoas que vem me contar suas realizações brincando no Attraction, e não são poucas pessoas, são muitas mesmo, e assim todos os dias eu tenho muitos relatos chegando de pessoas que de alguma forma realizaram seus desejos brincando de ser feliz em voltar a pensar mais na sua própria prosperidade e na sua abundância que é a própria vida. E assim mais presentes em dinheiro chegam de infinitas formas em minha própria vida. E as pessoas querem saber, como você vive nas praias do nordeste, e ainda troca de carros de dois em dois anos? Como você consegue sempre estar com dinheiro sobrando para viajar na hora que quer? Como você consegue estar nos melhores restaurantes de onde você está, sem trabalhar duro como todo mundo? Eu nunca te encontrei no seu escritório… Eu só tenho uma só resposta para todas essas perguntas. Eu sigo apenas a minha própria felicidade…