Arquivo da Categoria ‘Traduções Luciene Lima (Abraham)’

O desejo de controlar o impossível… Crianças felizes

- terça-feira, 3 de agosto de 2010

As crianças de hoje são muito, mas, muito mais inteligentes que seus pais, não existe comparação, depois do lançamento do iPad, enquanto adultos comentavam extasiados o fato de a Apple ter criado um tablet com tela sensível ao toque, uma garotinha de dois anos e meio fazia sucesso no YouTube pela naturalidade com que interagia com o novo gadget (o objeto de desejo/2010 entre os fãs de tecnologia).

A menina do vídeo e aquele seu sobrinho de seis anos que já usa o Messenger são exemplos de como a tecnologia conquista seus usuários cada vez mais cedo enquanto os seus pais foram doutrinados a terem medo de tudo, a se sentir acuado, a ficar na defensiva o tempo todo, cuidado com isso e aquilo, viviam no seu mundinho controlado pelos seus pais e professores, hoje as crianças nascem num mundo de liberdade, felicidade e expansão, tem notebook com banda larga, iPhone e iPad de ultima geração, coisa que a maioria dos seus pais nem conseguem mexer direito, quem dirá entender, os pais que tem estes aparelhos, nem mesmo conseguem tirar proveito de 10% do que cada aparelho novo oferece.
Em vez de dar atenção e conversar com seus filhos, eles tentam controlá-los e isso vai ficar cada vez mais impossível, só fará criar mais distância do seu próprio filho, porque sexo se uma criança quiser ver e saber é só consultar a internet, hoje os iPhones não tem como mais controlar, qualquer um pode fazer uma vídeo conferência, os pais vão pagar caro por software defasados ou inúteis, porque qualquer criança que sabe navegar encontra meios de dar um “baile” nos pais, e vão ver o que querem.
Só existe uma solução para se ver filhos (as) felizes, eduque-os para isso, ninguém pode pensar em algo que teme e atrair isso se estiver pensando em alegria.
Enquanto meus filhos, meus netos forem educados para dar valor a sentir a liberdade, felicidade e a se expandir para todos os lados, só atrairão mais disso, e se eu os ensinar que ao se deparar com algo que os faça se sentir mal, que é hora de voltar a lembrar da felicidade que é o que eles querem e se perguntar, o que eu quero? E deixar pra lá a infelicidade e o medo, eles voltarão a se sentir bem e isto é o mais importante, no mundo de hoje mais gente morre por medo, do que qualquer outra coisa, porque é o que os meios de comunicação vendem para atrair a industria da falsa segurança, a melhor segurança do mundo é viver no mundo da felicidade.
Ou vocês vão querer fazer seus filhos morarem eternamente no mundo louco que vivem Srael x Palestina? O medo só atrai cada vez mais do que você teme.

No desejo, as condições

- sábado, 24 de julho de 2010

Dentro da semente do seu desejo está tudo o que é necessário para que ele floresça para a sua realização.

E a Lei da Atração é o motor que faz o trabalho.

Seu trabalho é apenas dar um terreno fértil de maneira que se expanda.

O seu Bem Estar natural

- sábado, 24 de julho de 2010

O bem é natural

A premissa que muitas pessoas têm é de que o bem não é natural; o bem deve ser exigido ou manipulado ou orquestrado.

E dizemos: o bem É natural!

Ele deve ser pedido, e deve ser esperado – mas o Bem Estar é o único Fluxo que flui.

Filhos

- sábado, 24 de julho de 2010

Desde pequenino

Os pais não querem que seus filhos tomem as decisões erradas, então eles não permitem que os filhos tomem decisões. E então a criança se torna dependente e, então, o pai se ressente disso, e isso se torna uma culpa desde cedo.

Se você está encorajando os filhos a fazerem tudo o que eles possam fazer – e não esmagando a avidez natural que está neles, então podem brilhar e prosperar, e mostrar a você e a eles mesmos quão bons eles são em se adaptar à experiência física – assim todos ganham.

Uma causa momentânea da vida.

- sábado, 24 de julho de 2010

Perceba o caminho

Não se perca no diagnóstico, na medicina, ou nas estatísticas sobre o que os outros estão fazendo em relação a ela. Se você não se sente bem é porque você não está pensando de um modo que permita à Energia do Bem Estar fluir. Você pode estar muito, mas, muito chateado com alguém que você ama e fazer cada músculo em seu corpo mudar.

E você diria “Por que meu corpo se sente desse jeito?”

E dizemos: porque você teve um cabo de guerra vibracional… Pare de olhar para qualquer coisa que não seja seu estado mental e emocional de ser como resposta ao motivo pelo qual você está se sentindo em seu corpo.

Isto tudo é Vibracional – sem exceção! E quando você entende isso, então não importa que diagnóstico já lhe foi dado – não importa – é temporário.

Primeiro, quem você realmente é…

- quinta-feira, 24 de junho de 2010

Você não pode olhar para o que não quer e não se juntar e a perpetuar esta vibração.

Tire sua atenção do que não está em harmonia com quem você é, e sua “nova vibração” se ajustará com quem você realmente é – e então você poderá alavancar outros.

Bata no tambor do jeito certo!

- quinta-feira, 24 de junho de 2010

Não podemos nos focar sobre as fraquezas uns dos outros e evocar forças. Você não pode se focar sobre as coisas que acha que eles estão fazendo de errado e evocar coisas que farão você se sentir melhor. Você tem que bater no tambor do que faz você se sentir bem quando você bate. E quando você fizer isso, você será um forte sinal de influencia que os ajudará a se reconectarem com o que eles são.