A MAIORIA NUNCA ESTÁ CERTA…

20 de janeiro de 2019 por
Publicidade

Barrabás ou Jesus Eu mesmo, sempre achei a maioria sempre muito limitada e que isso é uma coisa meio irracional. Até nas suas histórias mal contadas, a maioria só fez merda. A maioria escolheu Barrabás e ainda todo ano comemora. A maioria apoiou Hitler. A maioria escolhe o que uma meia dúzia escolheu, para que todo mundo tenha que fazer e até o que querer. A maioria é religiosa. A maioria ainda estuda num mundo quântico. A maioria ainda trabalha duro sem sentir prazer. A maioria aceita ganhar mal. A maioria acredita nas mentiras dos políticos e até nas mídias de massa. A maioria só se dá mal na vida. A maioria é viciada em drogas licitas e ilícitas. A maioria sente uma grande atração para ver mais; violências, crimes, roubos, acidentes, problemas e gente doente ou morrendo, A maioria parece que sente prazer de ver o pior, elas ainda comem vendo suas desgraças…

Mas, a maior destruição que ainda ocorre nesse planeta, segundo Abraham, e também a maior tristeza que também é provocada como resultado disso, nunca foram suas doenças, seus problemas ou desastres naturais, são sempre suas próprias guerras induzidas pelo próprio homem e causadas também pelo homem. E, no entanto, quando os Abraham sentem a vibração das massas envolvidas (não apenas os líderes, mas das massas envolvidas) dentro do conflito, é sempre uma aventura satisfatória. As guerras são criadas porque estão satisfazendo algo dentro de um grande número de pessoas ou não seria assim. Até mesmo as guerras contra tudo que não se quer, dá prazer, para as pessoas verem cada vez mais leis serem criadas, por um bando de políticos que eles chamam de corruptos, que se continuar assim, todos nós ainda seremos criminosos um dia…