O PODER DO PRAZER AO IMAGINAR…

6 de dezembro de 2018 por
Publicidade

DODGE 2 A minha vida toda, isso desde criança pequena, eu já agia um pouco menos e pensava um pouco mais. Eu passava horas visualizando o que eu queria e isso era muito prazeroso e eficiente para eu conseguir tudo o que eu queria. E hoje ter acesso aos Abraham ainda me relembrando isso, é fantástico, porque eles confirmam que eu não tinha mesmo que parar de agir, para procurar fazer tudo em minha mente. E mesmo hoje, basta eu passar pelo menos uns 9 ou 15 minutos, em qualquer parte do dia que eu escolher, mesmo que eu ainda esteja fazendo horas e horas de ação física para ainda manter essas coisas físicas, que eu mesmo reuni ao meu redor, mas sempre ainda disposto à encontrar prazer em algum momento de visão…

E eles me dizem que se eu dispor desses 9 ou 15 minutos, eu mesmo estarei encontrando nesses momentos de mais prazer, o meu “momentum”, o que causará uma focalização dessa Energia dentro de mim, do que o Universo irá prontamente realizar ao meu redor. E realmente eu já tinha percebido que eu sempre fui muito mais produtivo, por causa desses 15 minutinhos de visualização, do que nas minhas 16 horas de ação física, e muitas vezes até se prazer…

Eu me lembro que essas coisas muito malucas, essas coisas que as pessoas ainda chamam de “milagres”, sempre acontecia comigo, depois desses meus momentos de imaginação prazerosa. Eu me lembro de uma época em que eu ainda não tinha o meu primeiro carro, eu vi um advogado passeando em seu Dodge Charge vermelho sangue e teto vinil preto, coisa mais linda, e ele era o defensor público de minha cidade, eu me apaixonei pelo carro que ele só usava para sair nos fins de semana, para dar umas voltas pela cidade, eu trabalhava no Rio e morava em Friburgo, eu aproveitava as 2 e 40 minutos de viagem, sempre escolhendo a cadeira da janela lá no final do ônibus, e ia todos feliz sonhando, até que em poucas semanas depois, eu ganhei tanto dinheiro que, fui no fórum da cidade e comprei o carro desse advogado, o carro dos meus felizes e prazerosos sonhos lúcidos…