MAIS CONSCIENTE SOBRE A MINHA VIBRAÇÃO…

24 de fevereiro de 2018 por
Publicidade

DINHEIRO (2) Eu sou um ser totalmente vibracional, sou pura energia que vibra, porém, o ego limitado que é o que toda extensão da Fonte usa como sua identidade, sempre definiu tudo e não faria diferente com a sua própria vibração que ele mesmo sente. Então, ele definiu a vibração e a diminuição dessa mesma energia vibrante, como emoções e ainda criou suas nuances ou suas frequências, usando suas sincronicidades, tanto as resistentes quanto as permissivas, do Bem Estar à menor ausência de vibração que ele próprio suportaria, para ainda permanecer nesse mundo físico, que é o medo ou a depressão…

A verdade é que a vibração que eu sinto agora, é sempre uma mistura, é uma relação de onde eu mesmo estou agora com a variação vibracional de onde eu ainda quero estar. E se eu mesmo me pego fora desse equilíbrio vibracional, só existem duas maneiras de me alinhar, ou eu elevo a minha expectativa para combinar com o meu desejo ou eu mesmo diminuo o meu desejo para combinar com a minha expectativa de agora.

E é isso que os Abraham chamam de “ser mais geral”. Eu adoro usar o exemplo do desejo por muito dinheiro, que é um desejo que quase todo mundo tem. Eu mesmo já fiquei fora de equilíbrio com esse meu desejo, eu especificava por demais o que eu queria e para o que eu queria, e mantinha minha expectativa ainda pequena. E o jeito foi eu apenas especificar mais as minhas emoções, essas que eu quero sentir já com o dinheiro, alinhando mais o meu desejo “Bem Estar”, com o objeto do desejo que é o dinheiro sobrando facilmente em minha vida…