A CLAREZA SOBRE O MEU REAL PODER…

10 de janeiro de 2018 por
Publicidade

apreciando mais a vida O poder é apenas uma das várias sensações muito gostosas que compõe o Bem Estar, e é divertido ver que a maioria só a sente mesmo, quando ainda é pequeno, geralmente as crianças usam o seu poder até que os pais ou os mais velhos lhes façam resistir, ou desistir, do seu próprio empoderamento, E quando já se está nessa fase de adulto, só realmente pedindo, vibracionalmente, que se pode recuperar essa sensação de poder, que se pode voltar a ter clareza desse real poder individual que ainda se tem. Todo mundo ainda tem esse poder, só que ainda não usa mais. Mas, ninguém pode me tirar esse poder, só mesmo eu, posso não me permitir mais usar o meu poder…

Uma das coisas mais difíceis de se aceitar é que, “ninguém pode fazer nada de “ruim” para mim”. As pessoas riem quando falo isso. Mas, a verdade é que ninguém pode afirmar nada em minha experiência. Tudo, sem exceção, vem apenas pelo meu próprio convite individual. Isso só é meio complicado, para quem ainda não entendeu direito, como que é o verdadeiro processo de se perguntar. E a coisa funciona sempre assim. Sempre quando eu dou “algo” da minha atenção, isso quer dizer, um ou mais, ou todos os meus cinco sentidos, mais a minha imaginação ou visualização, tudo isso faz parte da minha poderosa atenção.

E se essa atenção não dividida se torna agora, a minha vibração dominante sobre esse assunto, isso sim é a minha pergunta. O que mostra bem claro que a criação deliberada é bem mais sobre eu permitir deliberadamente, ou seja uma vibração minha deliberada, fui eu quem escolhi sentir isso. E é só olhar a minha volta e ver que a maioria ainda iludida, ainda pensa que o seu pedido é olhar para o mundo e dizer, coisas como elas ainda dizem… “Ah, há coisas que são boas que eu quero criar ou atrair para minha experiência, e há coisas ruins que eu não quero criar ou atrair para a minha experiência. Completamente perdidas…