OS MEUS MELHORES MOMENTOS…

14 de julho de 2017 por
Publicidade

Eu-realizado-e-feliz Acordei tendo insights, eu dormi vendo um vídeo dos Abraham sobre, os sinais de que a manifestação está próxima, onde eu sinto que isso é o próximo passo mais lógico. Então, eles me recordam sobre o que é se ter expectativas, e o momento certo para isso. E até o momento certo para; um cochilo, relaxar ou meditar. Onde eu possa sentir com muito mais clareza, para onde ou, qual é a direção em que esse impulso está me levando. Se o momentum ou o impulso é em direção as coisas que eu quero. E para esse momento existir eu mesmo preciso acreditar que, o que eu desejo já existe em minha realidade vibracional, e que está sempre me chamando. E é nesse exato momento que eu aceito que já existe essa realidade vibracional que eu quero. Eu só tenho que me lembrar que a Fonte está sempre me chamando pelo caminho de menor resistência para completar a realização do que eu quero.

Então, se eu sinto pensamentos que me façam sentir melhor, eu estou mais perto de qualquer coisa que já possa se manifestar, essa é a mais curta distância de onde eu estou, para onde a manifestação do que eu quero está, mesmo ainda na ausência do desejo. E eu preciso sentir isso primeiro, toda essa alegria incondicional, essa minha expectativa positiva incondicional. O meu desejo ainda está lá, mas eu já sinto a alegria de ter ele aqui comigo. Porque quando essa felicidade já existe, isso tem que mudar para a completa manifestação. E fazendo uma busca sobre as muitas manifestações de desejos em minha vida, que já se realizaram, eu me recordo de que sempre que ouve grandes mudanças, as coisas a princípio pareciam piorar, não que isso seja preciso acontecer, eu só sinto mais o que sempre está acontecendo, por eu estar mais sensível as minhas emoções. E sempre quando eu desejo mais, mais forte é o fluxo de Bem Estar, e na mesma proporção é também criada a ausência desse mesmo Bem Estar. É só eu não ficar focado no que eu não quero que eu volto ao meu Bem Estar e permito a manifestação que nunca esteve tão próxima.