O AMOR VERDADEIRO…

14 de maio de 2017 por
Publicidade

familia Eu sei que eu realmente amo incondicionalmente, porque eu sempre disse isso; a minha mulher, aos meus filhos, meus netos, parentes e amigos… A minha felicidade só depende de mim e de mais ninguém, eu sou feliz com você e sou feliz sem você, sou feliz acompanhado e sou feliz sozinho, e não importa aonde ou quando, eu sou sempre feliz. “Ainda mais agora, que quem escolhe quem vai estar comigo é a minha gerente, a Lei da Atração”. E o meu ponto de atração é a alegria. A minha felicidade não depende de ninguém e nem de algo. Comigo essa coisa já não cola mais… “Eu fiz isso por você”. Todos fazemos, e tudo que fazemos, é apenas para nós mesmos nos sentir bem.

E eu vivo demonstrando isso ao vivo e a cores, até pela internet. Porque é isso que eu vivo. Eu estou sempre feliz nunca importando o que estou fazendo. Eu pratico pensar mais o que me faz bem, e não importa com o que seja. Eu tenho amigos budistas que insistem em que eu volte as reuniões, e outros de outras religiões, que me querem na deles. Eu tiro o maior sarro disso, eu falo e escrevo que, “depois que eu passei a apreciar mais eu jamais precisei voltar a orar”, e me divirto muito com tudo isso. Eu até digo algo ainda mais chocante para eles, “se até o que eu penso é irrelevante, jamais o que alguém pensa sobre mim, será importante”.

Alguns me odeiam por isso, outros me amam, mas isso não tem nada a ver comigo, isso é apenas uma questão de alinhamento deles com o fluxo de Bem Estar, tudo é ele com ele mesmo. Eu sou feliz não importando o que cada um deles esteja fazendo agora. Eu jamais darei a responsabilidade a alguém, sobre como ou o que eu estou sentindo agora. Então, eu posso ama-los a todos incondicionalmente. A única razão ou motivo que as pessoas realmente ainda tem, para não amar as outras, é que elas ainda estão usando as outras pessoas para justificar, ou as usando como suas desculpas, para elas mesmas ainda não estarem se sentindo bem, no seu natural fluxo de Bem Estar…