O MOMENTO DA PERMISSÃO…

17 de abril de 2017 por
Publicidade

permissão do ego O meu momento da permissão é completamente emocional, é totalmente vibracional. Eu permito o Universo me entregar tudo o que já desejei, vibrando mais, sempre ao me sentir muito feliz, ao estar relaxando mais e apreciando ainda mais a vida e tudo o que ela tem de bom. Então, assim, eu me permito; um bom relacionamento, uma família saudável e feliz, muito dinheiro sobrando, mais brinquedinhos de criança grande, mais carros sempre novos, muitas viagens, muitas festas mais e muito mais comemorações. E tudo fica sempre melhor…

Mas, se eu bobear e em algum momento voltar a ser um observador reagente, eu também permito o ego me entregar, tudo mais do que já é, me sentindo mal ou desconfortável com qualquer coisa que apareça. Então, é ai que entra a tal da nefasta “gratidão”… Estou, com um relacionamento ruim e vem alguém ou vou atrás de algum especialista para tentar resolver, o que só vai se tornar mais. Ou estou sem dinheiro para algumas coisas e aparece alguém que quer me ajudar financeiramente ou com material, o que vai me fazer ser grato e nem pensar mais, em voltar a ser o criador deliberado e consciente que sou. Muita gente ganham muitas coisas e perdem rapidamente tudo a seguir, exatamente por isso…

Mas, o mais importante é, mesmo que alguém receba algo, em um momento que ela não estava se permitindo o Bem Estar, ela mesma pode escolher mudar o seu próprio ponto de atração e voltar a se permitir mais… E já não é preciso mais, perder nada que ganhou ou voltar a ficar sem o que ganhou do próprio ego. Mas, ela tem que parar imediatamente de agradecer ou querer se justificar por ter ficado sem ter aquilo que ganhou por algum momento, e parar de pensar no que já é. Ela deve passar apenas a apreciar mais isso e voltar a desejar mais, a vida que ela mesma gostaria que fosse agora… Somos todos nós novos agora. Tudo o que existe é o agora e o Bem Estar, o resto é só uma ilusão passageira e uma ausência momentânea de puro Bem Estar.