ADORO GANHAR DINHEIRO ME DIVERTINDO…

11 de abril de 2017 por
Publicidade

apreciando mais a vida A maioria das pessoas que tem mais contato comigo no dia a dia, eles sempre me perguntam a mesma coisa, de onde vem o seu dinheiro? E então eles especificam a minha vida em detalhes… Eu só vejo você sempre indo à praia, de Bike nova ou carro novo, isso quase que todo dia quando está no Recife, vive sempre viajando nos fim de semana, sempre frequentando os melhores restaurantes, sempre se divertindo, sempre com o seu smartphone de última geração, sem com um novo brinquedinho de criança grande como seus drones, nunca fala em trabalho, bebe a hora que quer, posta fotos na piscina a noite, faz churrasco na praia, vive comemorando alguma coisa, e o mais incrível, parece até um solteiro, tem uma mulher que não o incomoda em nada, não vive ligando nem cobrando coisas, como isso é possível?

Eu fico rindo muito deles e de tudo isso… Primeiro que eu não ligo para o que alguém pensa de mim, eu sou completamente livre disso. E na verdade, eu mesmo relembrei e aceitei em minha vida, que o meu cérebro é só um mecanismo de foco, e esse foco ativa qualquer coisa que eu der atenção, e aquilo que eu escolho dar a minha poderosa atenção não dividida por míseros 69 segundinhos, eu faço isso sempre ser mais na minha vida. Então, o que eu faço é pensar no dinheiro de uma maneira que eu o permita vir a mim, eu já sai dessa vida de correr atrás de dinheiro há muito tempo, agora ele é que vem a mim. E eu sei que ele vem sempre quando eu penso nele e me sinto muito bem…

E eu tenho muitos amigos que provam essa minha tese, ou filosofia de vida. Eles pensam até bem mais em dinheiro do que eu, afinal eles trabalham e querem o seu dinheiro. E eu, como vivo mais na praia eu penso muito mais em belas bundas e coisas divertidas. Mas, alguns desses meus amigos vivem sempre com muitos problemas de dinheiro, justamente porque eles pensam mais em dinheiro ainda se sentindo mal. E qualquer coisa que alguém de a sua poderosa atenção, isso já é um convite a sua essência. Então, quando alguém pensa ou diz que quer dinheiro, mas logo pensa que a grana só poderá vir, se ele trabalhar mais, se esforçar mais, isso acaba fazendo ele se sentir mal, e isso é o mesmo que dizer… “Venha a mim, ausência de dinheiro, o que eu não quero”.