O EGO RESISTENTE É MUITO COMPLICADO…

31 de janeiro de 2017 por
Publicidade

escolas O ego resistente sempre quer complicar mais tudo, ele dá vários significados a tudo, parece uma mulher em relação as cores, dando vários tons para cada cor. O Universo é muito simples, só existe energia e informação de Bem Estar, e pronto, tudo mais é ausência de energia e informação de Bem Estar. Ou eu permito ou eu não permito. A Fonte criou essas infinitas extensões dela mesma, todas com um mecanismo de foco que ativa tudo o que lhe der mais Bem Estar, e ao dar atenção, essa mesma extensão faz isso, o Bem Estar, ser sempre mais, enquanto observado. E a Fonte permitiu com que as extensões apreciassem também a ausência do fluxo de Bem Estar, fazendo não só as extensões, como tudo o que elas mesmas criassem, fossem contrastes bifurcados, com seus dois lados, o do Bem Estar e o lado da falta, tudo apenas para que essas extensões jamais parassem de desejar mais… Mais Bem Estar…

E então, uma extensão qualquer, passou tanto tempo na ausência de Bem Estar, que criou um significado até para ele mesmo, a extensão, a chamou de ego, e depois um ainda mais maluco, criou o super ego, o que é na verdade, só uma extensão resistindo ao fluxo de Bem Estar, que se intitulou EGO, e que ainda vive apenas com uma merreca de informações limitadas que ele mesmo acumulou ao longo dessa jornada, horas se achando o máximo, e horas o coco do cavalo do bandido. O ego resistente usa o sistema de sincronicidade para reforçar essas poucas informações e as transformou em crenças. O que na verdade era só um sistema simples para a extensão apenas não ficar repetindo as mesmas informações mais vezes. E o ego resistente pegou essa sincronia, e usa isso para ser dominante e ainda resistir mais ao fluxo de Bem Estar. O mais engraçado de tudo isso é que ele só teria que fazer isso… Escolher o que quer e permitir o fluxo ou não… E o ego resistente ainda se acha o máximo em ele próprio passar muito mais tempo, estudando e alimentando sua auto escravidão, mesmo sendo ele, a hora que ele quiser; ser ter ou fazer, tudo, porque ele é e nunca deixou de ser, mas, só não se permite ser mais; livre, feliz e expansivo, nessa mesma jornada emocional, vibracional que é a vida.