A LÓGICA E A RACIONALIZAÇÃO…

17 de setembro de 2016 por
Publicidade

duvida Esse é o meio mais fácil de se saber quem mais desenvolveu um EGO resistente. Um ego é simplesmente um conjunto de crenças dominantes, um paradigma, um padrão de pensamentos semelhantes, repetidos muitas e muitas vezes e envolvidos com fortes sentimentos, que se tornaram habituais. E como tudo é; energia, frequência e vibração, o que faz uma crença ser dominante é a sua vibração. Mas, poucas pessoas tem acesso a informação de que, ela mesma pode formatar o seu ego para viver muito melhor, na hora que ela quiser. O maior sofrimento do ser humano, vem justamente dele se habituar com as suas poucas escolhas, usando sempre a sua lógica e a racionalização em tudo e ainda suprimindo ou abrindo mão de sua inerente tríade de Intenções de mais; liberdade, felicidade e expansão.

E é ai que o bicho pega. Eu mesmo, muitas das vezes já quebrei a cara, usando a lógica e a racionalização em vez de seguir a minha emoção. Eu sempre quando me envolvo com algo; pensamentos, pessoas, coisas e eventos, e se estou ligado no que eu estou sentindo, eu sempre sei desde o início que, se eu não estou sentindo mais Bem Estar, agora, aquilo jamais é o que eu estava querendo. Essa intuição deveria ser o suficiente para eu mesmo mudar o meu rumo, ela é um indicador de tudo o que está vindo para mim mais tarde. Afinal, “semelhante atrai semelhantes”. Hoje eu sei muito bem que, as coisas que mais me trouxeram sofrimento, eram as coisas que logo de cara eu já tinha uma resposta vibracional que eu deixei de lado para seguir a lógica e a racionalização do meu ego, naquele momento ainda muito resistente.

Uma crença é uma constância de pensamentos semelhantes, repetidos e repetidos a exaustão. A maioria das pessoas nem percebem, elas ficam ruminando isso o dia todo, em todos os momentos, e são esses mesmos pensamentos que ainda reforçam a sincronicidade que ego usa para se auto realimentar. Então, criar novas crenças é também muito simples. Basta não deixar mais o ego livre, basta não ser mais um observador reagente, o que se tem a fazer é, entupir o ego de mais; pensamentos, pessoas, coisas e eventos, que me trazem mais bons sentimentos, escolher mais o que ativar com o meu foco e só dar mais atenção para aquilo que me retorne mais bons sentimentos. E estarei eu com um padrão de crenças que me trazem tudo aquilo que eu mesmo mais quero… QUAL É A DIFICULDADE DE SE FAZER ISSO?