O PARADOXO… ESTÁ MAL ou ESTÁ BEM?

14 de junho de 2016 por
Publicidade

acordar feliz 4 Eu crio na minha própria realidade que escolhi estar vibrando. Eu sou mais uma espécie de interprete de vibrações do que qualquer outra coisa, e eu sou tão bom nisso que, as vezes eu traduzo várias vibrações, mesmo sem saber. Eu traduzo vibrações das luzes que eu vejo, eu também ouço algo porque traduzo a vibração do som que eu escuto e por ai vai. Mas, eu também estou constantemente emitindo vibrações, as quais a Lei da Atração está sempre respondendo. E por cauda da Lei da Atração estar sempre respondendo ao meu constante fluxo vibracional, o que estou pensando é sempre o meu ponto vibracional e eu jamais posso ficar desatento ao que penso.

Então, eu quero afetar o que está acontecendo em minha experiência agora, e eu devo saber que eu sou o único responsável por isso, porque só eu tenho o controle sobre o que eu penso. As vezes parece pra mim que meus pensamentos são sempre novos, eu vejo algo e respondo a isso em pensamento, e assim nesse momento até parece que eu não posso realmente controlar meus pensamentos, ou criar a minha própria experiência porque há mais pensamento acontecendo do que eu posso controlar. Eu preciso conscientemente reconhecer o sistema de orientação que existe dentro de mim, que certamente irá me ajudar, a quantificar todas as jornadas vibracionais que eu ainda vou passar. Eu tenho uma espécie de “GPS EMOCIONAL”, que me direciona como se fosse um GPS de carro.

Só que muitas das vezes quando quero ir da doença para a saúde, da falta de dinheiro, para muito dinheiro sobrando. Eu mesmo pareço não ter senso de direção, e isso acontece por eu ainda não estar quantificando minha jornada. E nesse momento eu não estou usando o meu GPS para me ajudar. Esse negócio de alinhamento não é algo que acontece instantaneamente, como o de eu mover algo como minha carteira de dinheiro, de um lugar para outro e dizer, está feito. Mover energia é um processo gradual. Eu devo pegar mais leve comigo mesmo, tentar ser mais esperançoso, falar menos do que está dando errado e falar bem mais do que está dando certo. E agora é que vem o “paradoxo”. Quando parece que as coisas estão ficando piores, elas não estão ficando piores na realidade, é a própria energia do fluxo de Bem Estar que está se movendo bem mais rapidamente, o que significa que as coisas estão melhorando e eu estou mais sensível a isso. E a atitude que eu devo tomar agora é… Estou satisfeito com as coisas e até como elas estão no momento, e ansiosamente feliz por tudo o que ainda está vindo. Eu preciso estar cada vez mais feliz onde estou e até com tudo o que tenho, para que as outras coisas que eu ainda quero, também possam vir…