RELEMBRANDO COM AS HISTORIAS DOS OUTROS…

11 de maio de 2016 por
Publicidade

repetição_ Os Abraham, contam essa historia que nos mostra claramente o que está semelhantemente acontecendo, aqui e agora no Brasil. Um homem, palestino ainda muito jovem, foi encontrado em Israel; ele ainda tinha uma bomba amarrada a ele. Porque quando ele detonou o artefato, não houve uma detonação completa e só ele apenas foi ferido. E ele não obteve os resultados triunfantes que ele estava procurando, ele não se explodiu e nem mesmo as pessoas que estavam ao redor dele. E assim ele foi capturado pelos soldados. E quando um jornalista lhe perguntou, me diz o por que de você tentar fazer isso? Ele disse: “Eles mataram o meu amigo e eu queria morrer”. Em outras palavras, era uma coisa tão simples: “Eles mataram o meu amigo e eu queria apenas morrer”. Pensamos que só essas palavras puras e simples, já falam muito mais claramente do que todas as outras palavras que já foram ditas, sobre qualquer coisa semelhante a isso. É esse sentimento que as pessoas tem, você fez isso comigo, então eu vou fazer isso para você, então você vai fazer isso para mim, e então eu vou fazer isso para você. E o que acontece na medida em que só isso é o normal? Isso só fica; maior e maior e maior. E ninguém nunca vence. Não há nenhum triunfo que venha de coisas semelhantes a mais disso. Israel e Palestina, exemplos vivos disso. Aqui, no Brasil, milhões e milhões de pessoas sem se sentir bem, empresas fechando, muitos sem dinheiro até para sobreviver, mas muitos querendo fazer com eles o mesmo que eles ainda acham, que são os outros estão fazendo isso com eles. Um circulo vicioso…