QUANDO EMAGRECER É UM TEMA BEM COMPLICADO…

27 de agosto de 2015 por
Publicidade

Grazi Massafera Qualquer tema importante na sua vida, aquele que lhe faz oscilar vibracionalmente, aquele tema que faz você ter emoções muito diferentes em questão de segundos, você deve deixar esse tema de fora da sua equação. Então, vamos lá… O primeiro de tudo é entrar no Bem Estar com qualquer coisa, encontre algo que te faça se sentir bem agora. Se vira, ninguém nasceu caixote. Ai, depois de estar se sentindo bem, você escreve o que quer sobre esse tema, de uma forma muito geral. Jamais tente se justificar, como; eu quero emagrecer para poder colocar um vestido novo. Sem também tentar consertar coisas, eu preciso emagrecer para ir numa festa, isso é resistência pura. Até mesmo fazer alguma coisa para merecer estar magra, como, vou fazer um esforço danado com esse exercício ou fazer essa dieta sem comer tudo aquilo que eu gosto, para estar magra do jeito que eu quero. A maioria das pessoas fazem essas cagadas, todos os dias, mas e dai? Que se dane! O negócio mais importante é o seu agora.

Então, se eu estivesse no seu lugar, depois de estar no meu Bem Estar, eu escreveria algo mais ou menos assim… Não seria bom eu ter meus 90 kg agora? Adoro me sentir leve. Eu me sinto até mais bonito só em estar bem mais feliz agora. E pronto! Ponto final. E colocaria esse papel numa gaveta e nunca mais eu leria isso de novo, ou pensaria em peso de novo, até que, alguém me elogiasse dizendo. Caramba! Você está ótimo. Ou alguém que me pergunte, como você chegou nesse seu corpão esbelto? E só procuraria enquanto isso, apenas pensar em coisas que já me fazem sentir melhor, pode ser de qualquer outro tema. Mas, se algo sobre esse tema emagrecer entrasse novamente na minha mente, eu procuraria um “alivio” imediato, serve qualquer coisa que eu foque e me sinta melhor agora (os peitos bonitos da Grazi Massafera), e depois sairia caçando coisas para eu mesmo apreciar ainda mais…

Quanto aos meus gadgets, a maioria entope o seu smartphone com abobrinhas, coisas idiotas. Eu já parei de querer ser igual. Eu passo horas escolhendo musicas ou vídeos que me fizessem vibrar mais, o meu mais puro Bem Estar. Como a musica do meu primeiro beijo, a do meu primeiro baile “mela cueca”. A do show que eu mais gostei de estar, como o do Genesis no Maracanãzinho. A musica que me recorda o meu primeiro orgasmo, e até aquela que me lembra a minha melhor performance sexual.Tudo sempre ligado as minhas melhores e mais fortes emoções de Bem Estar. A musica que me lembra minha filha ainda pequena, a quela que me lembra minha primeira tacada de muito dinheiro, o vídeo que me lembra do meu cachorro lindo que eu tive. E é só isso que eu iria compartilhar com meus amigos e até comigo mesmo, em momentos em que eu não tenho nada para apreciar, como numa fila de supermercado onde só tem gente feia (gente que não é alegre) e resistente reclamando da vida, na do banco, ou eu tendo de visitar alguém doente. Eu ficaria fazendo todo mundo rir dos meus vídeos de fazer rir mais. Ser feliz antes de tudo é tudo.