COMO EU AFETO O MUNDO?

27 de agosto de 2015 por
Publicidade

física quântica 2 Eu afeto o mundo sempre quando eu mesmo alcanço uma vibração, que trás sinais semelhantes de volta para mim, aqui e agora. É assim que eu sou o criador de tudo. Jamais é o meu pensamento que afeta o mundo, fazendo as coisas mudarem, assim como nunca é o que eu escrevo, falo ou faço. Sempre é o que eu vibro agora. O ego pensa que é o que ele pensa que vai afetar o mundo lá fora. A coisa acontece sempre aqui dentro de mim. É a minha sensação do retorno da minha própria vibração emitida, o que muda o mundo a minha volta. É maravilhoso sentir o Bem Estar com essa coisa simples que os Abraham sempre me relembra a cada momento… “Eu sou sempre novo agora”. Tudo a minha volta é sempre diferente, nunca é como já foi antes. Nunca existiu karma, eu sou um núcleo que atrai de volta agora, apenas o que eu mesmo emito vibrando agora. Eu jamais atraio qualquer coisa por uma emoção que eu senti antes do agora. Tudo é no agora. São as coisas que se atualizam em torno de mim, sempre quando eu atraio vibrando agora, diferentes componentes do pensamento. Então, tudo tem de ser novo a cada momento. Isso é o que é a expansão.

E como eu estou focado agora nesse ser físico, humano, nessa experiência de ponta, eu sou a linha de ponta do pensamento, eu sou uma extensão da Fonte de Bem Estar em eterna expansão. Sou eu quem escolho a combinação de pensamentos e sentimentos, sou eu quem estou oferecendo um novo sinal agora, e que nunca foi oferecido antes. E assim, o Universo deve ceder exclusivamente para mim, o que isso provoca agora. Ele tem de me oferecer uma vibração que talvez alguém em outro lugar está combinando com a minha. Se eles forem semelhantes, eles certamente virão em minha experiência para o tempo em que ainda estamos combinando. A combinação é feita com a minha vibração de agora. Nunca é a de ontem, nem mesmo é o resultado do que eu senti no mês passado, quem dirá de uma vida passada. Tudo é resultado apenas do meu ponto de atração atual.