AS DESCULPAS QUE EU ARRUMAVA, PARA NÃO ESTAR NO MEU BEM ESTAR…

5 de agosto de 2015 por
Publicidade

Ivete Eu sempre largava o meu Bem Estar de lado e ficava quase que possesso, em apenas ouvir sobre qualquer tipo de religião, e na verdade isso não me levava a lugar algum, porque em cada lado do mundo tem uma religião diferente, cada pessoa tem uma crença diferente, e essa coisa de querer que todos tenham uma só crença ou que não tenha nenhuma, é a coisa que mais matou e ainda mata muita gente até hoje, isso em toda a historia da humanidade, e essa coisa louca, só fez crescer ainda mais o numero de seitas e crendices. Antes eu ficava com raiva de ver alguém vendendo uma vassoura ungida por mil reais para pessoas que eu achava humildes, hoje eu me divirto muito.

E não é só na religião não… Nós somos tão livres que, podemos até escolher ser escravos dessas pequenas crenças resistentes que escolhemos assumir ou as que criamos para nós mesmos. E depois então de conceber a física Quântica, onde diz que tudo, inclusive meu corpo é energia e informação ao mesmo tempo, e eu sou o observador que comando todas essas energias, que os átomos sempre dão a forma exata a tudo que eu pensar, então, hoje eu tenho a certeza que não tem como alguém estar errado, cada um cria a coisa que quer, os átomos tem de dar a forma exata ao que ele está pensando, fim de brigas ou discussões. A única coisa que eu preciso estar atento é sobre eu mesmo estar deixando o natural fluxo de Bem Estar, fluindo por mim, agora. E só começar qualquer coisa nessa vida, e é qualquer coisa mesmo, até um pequeno cochilo, de dentro do meu próprio vórtice criativo.

Isso é além de muito engraçado, é tão louco que acaba sendo muito mais divertido só de pensar. Enquanto tem gente que acredita que tem que dar um duro danado trabalhando suado para poder sobreviver, sem se divertir, do mesmo jeito, tem gente do seu lado que acredita não precisa fazer absolutamente nada, apenas se sente bem e pensa no que quer e se diverte mais com tudo o que faz, completamente diferente daquelas pessoas que acreditam que tem que dar muito duro, e que vão a luta fazendo as coisas acontecerem do seu jeito, alguns trabalham tirando minérios da terra, outros transformando isso em chapas, outros em peças, tudo para que todos estejam completamente certos na sua forma de pensar… Isso é muito divertido, o cara poderia ter a vida que ele quisesse ter, só em estar alegre e sentindo a alegria de sentir muito mais feliz com tudo isso, mas ele mesmo prefere não ficar alegre na maior parte dos seus momentos, todo o tempo, para depois ter de gastar o pouco que ele ganha na vida trabalhando, para ter umas poucas horas de alegria, com aqueles poucos que ainda não trabalham, que só se divertem, e que ainda são os seus maiores ídolos, pessoas de sucesso que eles mesmos agora as acham especiais…