ABANDONE A ILUSÃO E SEJA BEM MAIS FELIZ AGORA…

27 de julho de 2015 por
Publicidade

carro que decola na vertical Tudo bem que temos um acordo coletivo para que possamos interagir nessa realidade. Mas, se eu mesmo já não desejo mais; liberdade, felicidade e clareza. As respostas não podem vir, e eu acabo me iludindo e perdendo o bom da vida, que é toda essa viagem emocional de desejar e ver as coisas se desdobrando bem na minha frente, com todos esses componentes cooperativos sendo atraídos e isso é muito divertido e maravilhoso de se apreciar. Eu adoro perceber toda essa clareza que eu tenho hoje, de como tudo realmente funciona, de desejar e ver; mais pensamentos, pessoas, coisas e eventos semelhantes, começarem a se reunir e montar toda esse quebra cabeça, numa maneira bem divertida e muito fácil. É como se eu tivesse vendo todos os dias a experiencia da “dupla fenda”, sendo realizada bem na minha frente, eu desejando e os átomos se agrupando em diferentes; vibrações, frequências e densidades semelhantes, tudo para realizar meus sonhos. Como esse carro helicóptero da foto que decola na vertical… Isso sim é pura liberdade.

E os Abraham me relembra que essa é a verdadeira paciência, é saber o que eu quero e ter a certeza, a clareza de que ele está vindo e realmente desfrutar, todo o desenrolar ao longo do caminho. Porque eu nunca terei tudo o que eu quero agora, nunca esse jogo acaba, isso nunca terá um fim. Então, assim como agora eu posso ser bem mais paciente. Já que eu realmente nunca terei tudo feito e acabado, porque cada vez que eu quiser um novo desejo e receber, eu também receberei uma nova perspectiva, e a partir dai, sempre estarei lançando um novo desejo. Então, a minha vida é um constante desdobramento de novos desejos e, em seguida, um alinhamento constante a esses infinitos desejos. Se eu não tiver essa visão, eu continuo sendo iludido pelos acordos coletivos. Eles dizem para mim; depois que você tiver certa idade, poderá desejar sozinho, depois de acabar os estudos sua vida mudará, ai vem a prós-graduação, doutorado, MBA e outras coisas que eles inventam todos os dias. Mas, sem entender isso, eu não só me iludo com essa falsa premissa, essa falsa esperança de que tudo ou toda a minha felicidade está no fim de algo que eu tenho que fazer, e assim, eu só fico preso com meu foco nos desejos coletivos, e mesmo assim, ainda esperando um desfecho final que nunca virá. E isso é o que frustra a maioria das pessoas. Porque na realidade eu sou uma extensão da Fonte de Bem Estar em eterna expansão; desejando mais, escolhendo mais e colocando o meu foco no que eu quero e expandindo tudo para mais, sempre mais…