A MINHA CRENÇA DOMINANTE DITA A MINHA REALIDADE…

24 de julho de 2015 por
Publicidade

casas-com-piscina-na-praia Então, a pergunta é, qual é a minha crença dominante? A física Quântica vem comprovando a minha nova perspectiva, que é sempre baseada na crença mais forte que eu venho realimentando todos esses anos de vida física, sempre me baseando na definição mais forte que eu tenho dessa realidade, ou seja, a perspectiva mais forte que eu mesmo tenho agora, certamente determinará qual o tipo de experiências que eu criarei nessa realidade de agora. Hoje, eu percebo claramente, que a crença mais forte que pode existir é a crença no Bem Estar. Todas as outras crenças tem algum gral de resistências ao fluxo de Bem Estar, são crenças ligadas a ausência do próprio fluxo de energia e informação de puro Bem Estar.

Eu sinto que estou chegando lá, porque eu mesmo realimento todos os dias em todos os momentos, essa minha nova crença de Bem Estar que, eu mesmo escolhi criar e que já venho realimentando, onde eu sempre; penso, falo e escrevo, que tudo está bem no meu mundo. Meu acesso a Fonte “Bashar” me diz que… “Circunstâncias jamais importam, o que realmente importa para mim é, eu mesmo estar me sentindo bem, agora!”. Já o meu acesso Abraham me fez aceitar o Bem Estar como a única coisa que realmente existe. Uma das coisas mais importante que eu mesmo fiz, foi passar a dar muito mais valor a um “alivio” imediato, e ainda despi-lo de todas as frescuras, e das pompas que o ego resistente sempre tenta criar, querendo me fazer voltar a racionalizar tudo.

Outra coisa muito importante foi voltar a ser mais sensível com o que eu sinto agora. Um pequeno Bem Estar me diz que é hora de eu dar minhas intenções, de realimentar minha nova crença. Essa é a hora de eu mesmo; pensar, falar e escrever, e até gritar, sentindo tudo o que quero experimentar. Um pequeno desconforto, um mal estar qualquer, e a hora de eu caçar com meu foco um alivio qualquer, e depois subir na minha escala emocional até o meu vórtice. Hoje eu percebo de cara uma justificativa, uma tentativa de se consertar algo que nunca se deve tentar consertar, ou uma fuga do Bem Estar agora, ao se tentar fazer alguma coisa sem se sentir bem, tentando merecer o que ainda muito se quer. E para qualquer pessoa voltar ao fluxo de Bem Estar, jamais será preciso, se justificar, consertar ou fazer por merecer. Tudo é apenas uma simples escolha de mais. liberdade, felicidade e expansão, aqui e agora…